O que fazer em Madri: Roteiro de 3, 4, 5 ou mais dias na cidade



Hoje no blog mostro um panorama dos nossos dias em Madri, na Espanha, com o que fazer na cidade, as principais atrações e pontos turísticos, dicas de onde comer gastando pouco e onde se hospedar. Você então poderá escolher dentre as atrações visitadas e montar seu próprio roteiro de viagem com o tempo que tem disponível, seja 3, 4, 5 ou mais dias. Visitamos a cidade na virada da primavera para o verão, mês de junho, e pegamos dias quentes e secos (em Madri chove pouco) e manhãs e noites frescas.

Vista panorâmica de Madri

Vista panorâmica de Madri

O que fazer em Madri

Para começar, tenho que admitir que Madri não está entre as minhas cidades preferidas na Europa (como Viena, Berlim, Estocolmo…), mas de forma alguma isso vai comprometer minha descrição do roteiro, com comentários das atrações que eu gostei e também do que não curti tanto. Mas a cidade combinou comigo em um aspecto: a vida noturna é bem agitada. Não que eu goste exatamente de vida noturna agitada, mas o fato é que em um lugar assim, quem está visitando a cidade dorme mais tarde e acorda mais tarde – e isso sim combina com minha personalidade. O fato é que as pessoas ficam na rua até mais tarde, você tem opções de restaurantes e bares que ficam cheios de gente e abertos até tarde da noite, às vezes passando à madrugada.

DIA 1 em Madri

Vamos começar nosso roteiro pelo marco zero da cidade, Puerta del Sol, uma região bem muvucada e com cara de centro de cidade mesmo. Não vi nada de muito  interessante na praça e nos arredores – exceto que por ali você pode comprar um chip de celular nas lojas de telefonia móvel. Veja mais detalhes de como comprar chip de celular na Espanha para ter internet em sua viagem clicando aqui. De qualquer forma, esse foi o ponto inicial do nosso roteiro. Por ali tem uma estátua de bronze do urso símbolo de Madri, tentando alcançar os frutos do madroño.

Puerta del Sol: marco zero em Madri

Puerta del Sol: marco zero em Madri

Deste ponto nosso roteiro segue pela Calle de Postas até a Plaza Mayor, essa sim impressionante – hoje cheia de restaurantes, cafés e souvenirs, a praça do século XVII já foi palco de touradas, cortejos e julgamentos e execuções da Inquisição! Muito interessante. Nós resolvemos almoçar por ali por ser bem barato – um prato simples com frango e fritas ou uma massa mais um refri e sobremesa em média 11 a 15 EUR por pessoa.

Matou a fome, mas os restaurantes da Plaza Mayor são bem pega-turista mesmo. Mas como queríamos gastar pouco, foi o suficiente. Apenas cuidado com os personagens que ficam querendo tirar fotos com você, depois querem te cobrar uma grana. Na verdade são bem toscos e geralmente imigrantes ilegais. Vimos vários em Madri, alguns sendo enquadrados pela polícia…estava bem parecido com a situação atual da Times Square em NY.

Nos arredores da Puerta del Sol e Plaza Mayor, está a San Ginés Chocolateria, desde 1894 –  o chocolate quente com churros mais famoso da cidade. O Mercado de San Miguel também é ótima opção gourmet, ao lado da Plaza Mayor, tem tapas, tortillas, azeitonas e outros aperitivos para quem está com fome!

IMG_1293

Depois visitamos o Palácio Real e a Catedral de  Almudena. No caminho passamos pela Plaza Isabel II e Plaza Oriente. Infelizmente o palácio estava fechado devido a eventos oficiais, então ficamos somente admirando externamente. A Catedral entramos e conhecemos seu interior. Nas redondezas, ainda visitamos os Jardines de Sabatini.

IMG_1324

O que fazer em Madri: o Palácio Real é uma das principais atrações da cidade!

O que fazer em Madri: o Palácio Real é uma das principais atrações da cidade!

IMG_1358

IMG_1374

À noite, fomos conhecer a Gran Vía, uma das mais importantes avenidas da cidade. Jantamos por ali e voltamos para o hotel. Sinceramente não achei muito legal essa parte da cidade. Como estava mais tarde, achei a região mal frequentada, mas se quiser fazer compras ali há muitas lojas e restaurantes baratos tipo fast food. Voltamos outro dia durante o dia, e realmente achamos a região um pouco “decadente”.

GOPR1308

IMG_1187

DIA 2 em Madri

Um dos parques mais legais da Europa, o Parque del Retiro, não pode faltar no seu roteiro, principalmente se tiver um sábado ou domingo de sol na cidade. Eu adorei. Estava tendo feira do livro, então acho que estava mais cheio do que o normal. Muita atividades inclusive para crianças. Caminhada, bike, piquinique, pedalinhos, músicos tocando em troca de uma contibuição, enfim. Ele ficava bem próximo ao nosso hotel, fomos andando. Passamos metade de um dia la, é enorme.

IMG_1055

Parque del Retiro em Madri

Parque del Retiro em Madri

IMG_1092_2

Voltamos para o hotel para descansar um pouco e o restante do dia passamos no Museu Reina Sofia, onde está o famoso quadro Guernica, de Pablo Picasso. Há outros excelentes museus na cidade (Museu del Prado e Museu Thyssen-Bornemisza), mas com o tempo disponível escolhemos este para visitar. Há muita obras interessantes e famosas e claro, a loja do museu dá vontade de comprar tudo! Quando chegamos à sala onde está Guernica, dividimos o espaço com dezenas de crianças que estavam em excursão escolar.

Passeio imperdível em Madri: ver o quadro Guernica, de Picasso!

Passeio imperdível em Madri: ver o quadro Guernica, de Picasso!

Outras obras que visitamos no Museu incluem Picasso, Dalí e Miró. Não posso deixar de comentar que as instalações do museu estão impecáveis e o prédio é super moderno e clean. Gostamos muito.

IMG_1113

DIA 3 em Madri

Nesse dia resolvemos ir caminhando do hotel até a Plaza de Cibeles, onde uma bonita fonte (Fuente de Cibeles) fica no meio da rotatória de encontro das importantes avenidas Calle de Alcalá com a Paseo del Prado. Nas proximidades, há 2 locais onde você pode ver Madri do alto. Eu que adoro vistas panorâmicas, testei os 2 – O Círculo de Belas Artes, pagando3 EUR e o Palácio de Cibeles, também 2 EUR a entrada.

IMG_1250_2

IMG_4408

Entre um passeio e outro… protesto nas ruas de Madri…todos os países têm seus problemas…

Nem tudo são flores em viagens: muitas vezes nos deparamos com os problemas do país!

Nem tudo são flores em viagens: muitas vezes nos deparamos com os problemas do país!

IMG_1274

IMG_1281

Depois de pegar o metrô fomos até a Plaza España (que não achei muito  interessante) de onde seguimos caminhando para visitar o Templo de Debod (fechado às segundas), um presente do Egito à Espanha. Muito bonito, pena que no dia ia ter um evento e ele estava cheio de panos, cadeiras e tudo mais ao redor! Atrapalhou um pouco as fotos, mas faz parte. Perto do templo, uma deliciosa área verde para caminhadas e vistas do Palácio Real.

Parques e Praças em Madri: fontes, plantas e monumentos

Parques e Praças em Madri: fontes, plantas e monumentos

IMG_1998

IMG_1995

Templo de Debod: nossa foto x uma foto do wikipedia ou… Realidade x Expectativa… acontece!

IMG_1992

créditos da imagem: Wikipedia – http://www.flickr.com/photos/jiuguangw/8020971372/

640px-Templo_de_Debod_in_Madrid

Para quem se interessar por compras e shoppings em Madri, além das lojas na Gran Vía, encontra-se a 40 minutos de metrô do centro da cidade um shopping center enorme, Parque Sur: lojas como Fnac, MediaMarkt, Apple Store, Hollister, etc. Tem praça de alimentação com várias opções. Fomos no último dia antes de voltar para o Brasil, depois de 1 semana estávamos com tempo sobrando.

IMG_1305

Para os fanáticos por futebol, sinto informar, mas não visitamos o Santiago Bernabeu, estádio do Real Madrid. Mas o acesso é fácil: de metrô, e desça na estação Santiago Bernabeu, é bico!) Mas mesmo aqueles que não se empolgarem em ir até lá, tem lojas oficiais do clube espalhadas pela cidade: na Puerta del Sol (Calle Carmen 3) e Gran Vía, 31.

GOPR1410

Onde comer bem e barato em Madri?

Claro que para visitar todas essas atrações acima, andar de lá pra cá o dia inteiro, nós tínhamos pouco tempo para comer. Como o café da manhã em Madri estava incluído na diária do nosso hotel, nós caprichávamos no breakfast e geralmente só fazíamos um lanche durante o dia e jantávamos à noite ou vice-versa. Como essa viagem durou 1 mês e Madri foi nossa última parada, queríamos gastar menos nas refeições já que esbanjamos muito na Riviera Francesa !!

Em Madri fizemos como em Barcelona e comemos muita tranqueira…as tapas são viciantes mas sabe como é, muita fritura e coisa gorda!

Perto do nosso hotel (que ficava na Calle Prado), achamos um restaurante/café/pizzaria bem simples e barato, Pizzeria Cervantes. Por 40 EUR para 2 pessoas, veio uma entrada com pães, comemos 2 milanesas, eu pedi água e meu marido uma sangria. Ainda comemos 2 bolos de chocolate de sobremesa. Comida caseira, estava tudo ótimo.

IMG_1016_2

IMG_1017_2

Na região da Gran Vía passamos algumas vezes durante nossa estada em Madri, lá fomos no Pans & Company, onde tem um menú com itens fast food a 1EUR cada, no TGI Friday’s e no National Geographic Cafe (que tem uma loja com artigos e livros bem legal).

Por 45 EUR para 2 pessoas, no National Geographic Cafe: Lomo Saltado apimentado com fritas e arroz branco, pães de entrada e 2 drinks.

IMG_4442

Para comer Tapas, ainda fomos uma das noites no Lizarran: Cada tapa (dentre dezenas de opções) varia de 3 EUR a 10 EUR:

IMG_4402

Outro restaurante que ficava a uma walking distance do nosso hotel era a Taberna El Buo – Vineria e Restaurante. Gastamos 33 EUR em 2 pessoas para 2 pizzas, de entrada escolhemos um tipo de tapa, 1 água mineral para mim e 1 cerveja para meu marido.

IMG_4423

Onde ficar ?

Onde ficar em Madri, a melhor região para se hospedar… são sempre perguntas que fazem a respeito da cidade. Quando fomos, ficamos no Ibis Styles Madri Prado – 6 noites por 671 EUR. O melhor disso tudo é que tínhamos vouchers do Le Club Accor então pagamos somente 31 EUR. O hotel tem um design legal, o quarto é grande estiloso e é muito bem localizado. Perto do Parque del Retiro, Museus, Plaza Cibeles e de estação do metrô. Tem muitos restaurantes e bares no arredores. O quarto era um pouco barulhento por conta disso. Se for, peça um quarto mais silencioso. Para nós, não chegou a ponto de incomodar. O café da manhã éstá incluído na diária e wi-fi é livre e gratuito no quarto e lobby.

GOPR1233

IMG_4382

Se você gostou do hotel Ibis Styles Madrid Prado, clique aqui e reserve com a melhor tarifa.

Como se locomover?

Madri tem muitas atrações e a maior parte delas é facilmente acessada com transporte público. Usamos o metrô para tudo. Os trens são um pouco mais antigos  e estão sempre cheios, mas o lado bom é que não pegamos nenhum atraso, pane ou interrupção na nossa viagem inteira (ficamos 1 semana hospedados em Madri). Vimos muitos ônibus e táxis também , mas não chegamos a usar. Apenas tome cuidado pois nas cidades da Espanha está aumentando muito o número de casos de furtos – batedores de carteira agem em todos os lugares turísticos, principalmente onde tem muita aglomeração e nos trens de metrô.

Estação de Metrô em Madri

Estação de Metrô em Madri

Abaixo, marquei em um mapa do google todas as atrações turísticas que visitamos em Madri:

Para além do roteiro básico de 3 dias, tem 4, 5 ou mais dias? Conheça cidades incríveis em bate-volta de Madri!

Em termos de cidade e passeio, achei os bate-volta de Madri mais interessantes do que visitar a cidade em si. Infelizmente não conseguimos visitar Aranjuez e El Escorial por falta de mais dias, mas você pode conferir aqui no blog nossas matérias completas para estes passeios bate e volta de Madri:

Tem dicas de Madri ou de bate-volta? Deixe nas caixas de comentários!

Para conseguir as melhores tarifas nos hotéis, reserve através de nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *