O que fazer em Split, na Croácia: principais atrações em roteiro de 1 ou 2 dias 1



Neste post mostro nosso roteiro para 1 ou 2 dias em Split, na Croácia. A cidade, que cresceu ao redor do Palácio de Diocleciano – a principal atração da cidade,  hoje atrai uma multidão de turistas, principalmente no verão. Do porto de Split partem barcos para todo o litoral da Croácia: Bol, Dubrovnik, Hvar, Korkula, etc, etc. Split é a segunda maior cidade na Croácia (e nem é tão grande assim, tem menos de 200 mil habitantes). Mas como a maioria das atrações está dentro da área do palácio de Diocleciano ou ao redor dele, um dia de passeio é suficiente para conhece-las. Se tiver um segundo dia, como nós, dá para fazer um bate e volta até Trogir, cidade vizinha de Split.

O que ver e fazer em Split

Riva / Promenade:  é um calçadão a beira mar, mas sem praia, com muitas barraquinhas de souvenirs e restaurantes. Pode-se caminhar e descansar nos seus banquinhos.

IMG_9635

IMG_9642

IMG_9632

Daí também partem vários passeios de barco e tours, que podem ser contratados nesses pequenos quiosques:

IMG_9638

Marjan: é um parque é frequentado pelos moradores de Split para passear, fazer exercícios, andar de bicicleta ou mesmo fugir de nós turistas(!), que nos meses de julho e agosto lotamos a cidade. Para ver o mapa do parque, clique aqui. Tem um mirante muito legal da cidade de Split, é para lá que vamos:

IMG_9652

Como chegar: partindo da Riva (promenade), são 600m, 15 minutos de caminhada + trechos com degraus. É a trilha em azul que eu marquei no mapa ao final deste post. Do mirante, temos uma visão panorâmica de Split, vale a pena a caminhada. No local ainda tem um restaurante, que serve água, drinks e pratos rápidos.

IMG_9670

IMG_9655

A torre (campanário) da Catedral de São Duje (São Dômnio), onde também há um mirante, vista do Marjan:

IMG_9662

De volta a Split, a bela rua Marmontova, cheia de lojas para quem quiser fazer compras:

IMG_9682

Viramos a direita logo a frente e seguimos até o Iron Gate.

IMG_9684

Narodni Trg (praça do povo): aí há vários restaurantes, ideal para quem quiser almoçar ou jantar:

DCIM\100GOPRO

IMG_9692

Iron Gate: um dos 4 portões que davam acesso ao palácio de Diocleciano.

IMG_9694

Pausa para um sorvete!!

DCIM\100GOPRO

Peristil: Fica bem no centro do palácio, no caminho que liga os 4 portões Iron Gate, Bronze Gate, Silver Gate e Gold Gate. Na foto abaixo, a Catedral de São Duje (São Dômnio) e sua torre / campanário com um mirante no alto. Dentro da catedral está o mausoléu do Imperador Diocleciano.

DCIM\100GOPRO

Por conta de seu centro histórico e ruínas romanas, Split foi eleita em 1979 Patrimônio Mundial da Unesco.

IMG_9703

Achamos uma sombra ao lado das colunas romanas. Era julho, o sol estava de rachar e as temperaturas subindo, assim como a sensação térmica! Então pausa para um descanso, antes de subir na torre da igreja!

DCIM\100GOPRO

Os tickets para a torre /campanário da Catedral de São Duje (St. Domnius Bell Tower):

IMG_9708

Por dentro…

DCIM\100GOPRO

Lá em cima, no  mirante:

DCIM\100GOPRO

A vista é bem bonita… a colina verde ao fundo é o parque Marjan, onde fomos:

IMG_97161

A cidade de Split para além das fronteiras do palácio:

IMG_9713

Abaixo, o porto de Split, de onde partem os ferry boats com destino à Bol, Hvar, Dubrovnik, etc. Os barcos são operados pela empresa Jadrolinija (veja todos os destinos aqui). Do lado esquerdo da foto, ao lado do porto, fica a rodoviária de Split e a estação de trem.

IMG_9712

Reparem nos arcos romanos na foto acima. Seriam os mesmos da reconstrução pintada em 1912 pelo arqueólogo e arquiteto francês Ernest Hébrard (fonte wikipedia) ?

reconstrução palacio

Descemos da torre e continuamos nossa caminhada pelas ruelas estreitas do centro histórico, onde há várias lojas de souvenirs, pequenas lanchonetes, e lojas de arte (quadros, roupas, objetos artesanais).

IMG_9733    IMG_9742

O Vestibulo: acredita-se que seria o “hall de entrada” para a parte residencial do palácio. Verdade ou não, tem uma acústica muito boa, e hoje alguns músicos usam o vestíbulo para divulgar seu trabalho:

DCIM\100GOPRO

A torre e Catedral de São Dômnio vista do triclinium – a “sala de jantar” do imperador, e mais ruínas ao lado…  Split cresceu assim, sobre as ruínas do palácio de Diocleciano.

IMG_9730    DCIM\100GOPRO

A Erika gostou das primaveras, todas floridas:

IMG_9729

Sub estruturas: como diz o nome, ficavam em baixo do Palácio de Diocleciano. O Hall central (foto abaixo) é atualmente ocupado com stands de pequenas lojas, e liga o Peristil com o Riva. Na época de Diocleciano, era o “armazém” do Palácio. Sua arquitetura bem preservada imita os aposentos do imperador. Algumas cenas da série Game of Thrones foram filmadas aí:

DCIM\100GOPRO

Golden Gate:

DCIM\100GOPRO

Do lado de fora, a pracinha com uma barraquinhas vendendo artesanato, souvenirs e pinturas, e a estátua enorme do bispo Gregorius Ninnius, que opôs-se ao Papa no século X e conseguiu introduzir a língua nacional nas missas e serviços religiosos:

IMG_9751

Silver Gate:

DCIM\100GOPRO

Passamos na Promenade (Riva) todos os dias para almoçar e jantar.  Há vários restaurantes para os mais variados bolsos. Mas com $20 EUR por pessoa você faz uma refeição completa. Achamos a comida na Croácia mais barata do que em países como França e Itália.

DCIM\100GOPRO

IMG_9774

Split fica ainda mais bonita no fim de tarde :

IMG_9807

O Peristil recebe uma iluminação especial, e muitos turistas ficam nos restaurantes dos arredores até tarde. Na primeira noite na cidade, ficamos sentados nos degraus assistindo a uma apresentação de música ao vivo.

DCIM\100GOPRO

DCIM\100GOPRO

Dia 2: Se você tiver um segundo dia em Split, dá para ir tranquilamente até Trogir, que fica a 40 minutos de ônibus. Para mais informações, leia nossa matéria específica aqui no blog: o que fazer em Trogir: roteiro de 1 dia em bate e volta de Split.

IMG_0171

[Cidade de Trogir vista do alto do Kamerlengo]

Mapa de Split com as atrações turísticas citadas no post

Quando ir

Como nosso roteiro pela Croácia incluía praias em Zlatni Rat e Dubrovnik, nós fomos em julho, em pleno verão, quando as temperaturas são mais altas e podemos aproveitar as praias. O verão ainda oferece dias mais longos e proveitosos, quando estivemos lá anoitecia somente às 20:30. Split pode ser visitada durante o ano todo, mas no verão fica bem cheio e lotado por ela servir de ponto de partida para viagens às ilhas e praias badaladas, como Zlatni Rat e Hvar. De maio a setembro, as temperaturas são mais altas e a cidade fica mais viva, enquanto no inverno além do frio tem mais chuvas. Sinceramente, acho que a Croácia não combina com viagem no inverno europeu.

image

image

Fonte e mais informações em: Holiday-weather

Onde se hospedar

quando começamos a pesquisar hotéis em Split, procuramos os localizados dentro do palácio de Diocleciano. No entanto, como era alta temporada, os que gostamos estavam lotados. Acabamos reservando no hotel Luxe, fora da área do palácio, mas ainda assim super bem localizado, gostamos bastante. Veja nosso review completo aqui.

Para pesquisar hotéis em Split com as melhores tarifas, reserve através de nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

E você, já visitou Split? Deixe sua opinião aqui na caixa de comentários.

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “O que fazer em Split, na Croácia: principais atrações em roteiro de 1 ou 2 dias