Visita ao Palácio de Verão em Pequim (Summer Palace)



Na matéria de hoje mostramos como visitar o Palácio de Verão em Pequim. Nós fomos no final do mês de outubro, e fizemos um passeio bem agradável pelo Palácio e toda a área verde do parque ao seu redor. Passeamos de barco pelo lago e exploramos os belíssimos pavilhões, templos e corredores cuidadosamente decorados com a impressionante arquitetura chinesa – vamos mostra tudo isso aqui. Vamos mostrar também como chegar até o Palácio de Verão usando o metrô de Pequim.

O Palácio de Verão foi utilizado pelas dinastias chinesas nos séculos XVIII e XIX como área de descanso e lazer. Foi aberto ao público apenas em 1924, e em 1998 declarado (merecidamente) Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Atualmente é frequentado tanto por turistas quanto pela população local, com certeza um passeio que vale muito a pena fazer em sua estadia em Pequim.

Palácio de Verão em Pequim

O Palácio de Verão em Pequim

A história do Palácio de Verão é quase milenar (como tudo na China!), mas paradoxalmente quase tudo o que aí existe é recente:

  • Necessidade de irrigação: A colina da foto acima, hoje denominada colina da longevidade, não existia 800 anos atrás. Surgiu de um projeto das dinastias chinesas de aumentar os reservatórios de água da cidade de Pequim, para melhorar a irrigação das plantações e abastecimento de água potável da cidade. Cavaram o lago Kunming e da terra retirada fizeram a colina da longevidade! Esta foi a etapa da “construção”.
  • Reconstrução após as guerras: Em 1960, durante a guerra do Ópio, os templos, pavilhões e corredores, todos feitos de madeira, foram completamente incendiados e reduzidos a cinzas pelas tropas inglesas e francesas. Em 1880 os chineses reconstruíram tudo. Em 1900 veio a segunda destruição total do lugar com a guerra dos Boxers. Mas os chineses reconstruíram tudo de novo. Muitas destas construções tem ligações simbólicas com outras regiões na China. Veremos isto mais adiante.

O que ver e fazer no Palácio de Verão

Depois de passar pela bilheteria, você irá se deparar com a primeira atração do Palácio de Verão: uma réplica dos canais de Suzhou em tamanho real, dentro do parque, muto bacana! Nós visitamos a cidade de Suzhou de verdade também, quem quiser ver nossa matéria específica deste passeio clique aqui.

T4i_2298

Em nossa visita ao Palácio de Verão vimos muitos moradores de Pequim praticando atividades esportivas, muitos da terceira idade. Nas rodinhas com peteca, não usavam as mãos, mas os pés… e a peteca não caia, era impressionante! Seja qual for a idade, os chineses são sempre muito animados.

Estas cenas vimos se repetir nos outros parques (Bei hai e Templo do sol) que visitamos na cidade Pequim. Acredito que a maioria nesses grupos são de aposentados, se reúnem e praticam atividades esportivas em conjunto, e o ponto de encontro são os parques! É bonito vê-los jogando cartas, peteca, dançando ou simplesmente passeando como nós.

Depois daí, o caminho é subir a colina da longevidade, para chegar ao lago Kunming do outro lado – são muitos degraus…

… e não tem elevador nem escada rolante! Para quem tem dificuldade de locomoção, não vá pelo acesso norte (por onde entramos), existe outro acesso ao Palácio de Verão pelo lado leste do parque (próximo à ponte dos 17 arcos), em um local plano e sem escadas.

Figuras míticas nos telhados dos templos: os telhados dos templos são uma atração a parte. Além de muito bonitos e bem decorados, note que nos cantos há um conjunto de figuras em formato de fila:

T4i_23101

Essas figuras são míticas na China e estão repletas de simbolismo: o último da fila – à direita na foto acima, é sempre um dragão, ele representa a autoridade do Estado. Entre o primeiro e o último da fila, aparecem figuras bestiais com função de proteção, geralmente em número impar. Quanto mais delas existirem, tanto mais importante é o lugar que elas protegem. Já o primeiro homem da fila – à esquerda na foto acima, li no wikipedia que seria o imperador sentado em uma fênix… representaria ele a imortalidade do poder do imperador ? Seja lá o que for, são super interessantes, não deixe de observar os telhados. Fica aí a dica!

Continuamos a caminhada e chegamos do outro lado da colina da longevidade, onde fica o Templo da Virtude Budista e de onde saem os passeios de barco do lago Kunming:

T4i_2568

A bela torre do templo da Virtude Budista em detalhes:

templo da Virtude Budista

Do outro lado do lago, há 1 km distância já dava para avistar a ponte dos 17 arcos:

T4i_2336

Mas o que é toda esta “neblina”da foto acima? Chama-se smog mistura de fumaça (smoke) e neblina (fog), resultado da intensa atividade industrial chinesa, fortemente dependente da queima de carvão.

Sobre a poluição do ar em Pequim: neste dia que visitamos o Palácio de Verão, a poluição do ar piorou consideravelmente – o nível de poluentes medido pelo air quality index chegava a 150. Nas fotografias de atrações mais próximos (como na torre do Templo da Virtude Budista) a smog fica quase imperceptível, mas no caso da foto da ponte, que estava a 1 km de distância (tirada com uma lente telescópica), o acúmulo de poluentes na atmosfera é notável.

Para saber mais sobre como a poluição do ar pode afetar sua viagem a China, recomendamos fortemente a leitura de nossa matéria específica aqui no site:

Seguindo com o passeio pelo Palácio de Verão, visitamos na sequência o templo Hall of Fragrant Splendor. Construído pela primeira vez em 1886, foi destruído pelas guerras e depois reconstruído no século XX:

T4i_2425

Repare novamente nos telhados:

figuras míticas chineses no topo dos telhados dos templos

No templo do Hall of Fragrant Explendor há 7 figuras míticas. Portanto este já é um templo “mais importante” do que aquele outro que mostramos no começo da matéria.

IMG_15772

Que lugar bonito!

Passeio de barco no Palácio de Verão: se quiser fazer um passeio de barco (nós adoramos), siga em direção ao gate of dispelling clouds, de onde saem os barcos neste trecho do Lago Kumming. No caminho, passamos por este belo corredor – é impressionante como tudo é decorado Palácio de Verão:

T4i_23551

Chegando no Gate of Dispelling Clouds:

Gate of Dispelling Clouds no Palácio de Verão

Como citei, deste ponto saem passeios de barco que passam por várias atrações no (enorme) parque do Palácio de Verão. Escolhemos o pleasure boat route, com destino a South Lake Island, somente ida,  custou 15 yuans cada. Também é possível ir a pé margeando o lago.

passeios barco lago Kumming Palácio de Verão Pequim

Rotas dos passeios de barco pelo lago Kumming, no Palácio de Verão

É na south lake island que fica a famosa ponte dos 17 arcos. Compramos o ticket e fomos para nosso barco:

IMG_1609

Cada barco tem uma decoração diferente, todos muito bonitos. O nosso era um desse tipo, com cabeça de dragão:

Passeio de barco no Lago Kumming - Palácio de Verão em Pequim

Do passeio de barco, avistamos bem longe a belíssima Jade Belt Bridge (há outros barcos que fazem essa rota):

Jade Belt Bridge

Mais um barco cruzando as águas do lago Kunming:

IMG_24622

A foto acima está em 50 tons de cinza – e detalhe, não foi editada, estava assim mesmo por conta da poluição do ar na China – um problema sério nos dias de hoje em Pequim.

Chegamos na South Lake Island, onde fica a Ponte dos 17 Arcos:

T4i_2517

Do outro lado, mais uma bela atração no Palácio de Verão, o Spacious Pavillon:

O Spacious Pavillon e Ponte dos 7 arcos no Palácio de Verão

Próximo daqui fica a entrada Leste do Parque (para quem não quiser subir as escadarias da Colina da Longevidade). Daqui também saem barcos para outras regiões do Palácio de Verão. A Erika achou este mapa aí de baixo, com todas as informações que precisávamos em inglês! Compramos um ticket e lá fomos nós passear de barco de novo!

T4i_2548

Mas antes, uma pausa para recarregar as baterias! Encontramos uma barraquinha vendendo crepe chinês, com uma salsicha dentro, e resolvemos experimentar:

iPhone5_1462_2

Daí seguimos de barco para outro local na Colina da Longevidade, com destino a mais uma atração no Palácio de Verão: o Marble Boat.

Marble Boat no Palácio de Verão, em Pequim.

Marble Boat no Palácio de Verão, em Pequim.

Esta foi a última atração que visitamos no Palácio de Verão. Daí, subimos a colina da longevidade tudo de novo para sair do parque… acho que a chamam desse nome porque quem sobe esse morro todo dia só pode viver muito!

T4i_25911

Algumas curiosidades de nosso passeio:

  • Imagem de Mao Tsé: Nas barraquinhas de artesanato local notamos que muitos objetos tinham uma foto de Mao Tsé Tung, você irá notar que ele está em todo lugar em Pequim!!
  • Monges: Você verá alguns monges caminhando pelo parque. Apesar da China ser um país majoritariamente ateu, o Budismo, Confucionismo e Taoismo são as três grandes correntes de pensamente presentes no país. Ao cruzar com um monge, haja com respeito – e se quiser fotografar, faça-o de longe, sem incomodar ou importunar o monge;
  • Idioma: A barreira do idioma não foi um problema para a realização deste passeio por conta própria;
  • Poluição do Ar: A poluição do ar atrapalhou um pouco as fotografias, mas não comprometeu o passeio. Até porque este foi um dia “comum” de poluição do ar em Pequim – pegamos dias piores por, e que exigem uso de máscara. Para saber quais precauções tomar, quando deve se usar a máscara, que tipo de máscara comprar, e outras dicas, consulte nossa matéria específica sobre poluição na China aqui no blog.

Como chegar

O lugar é facilmente acessível pela linha 4 do metrô de Pequim, desça na estação Beigongmen, utilize a saída C2.

IMG_1658

Em menos de 200 metros chegará na entrada norte do Palácio de Verão:

T4i_2287

A bilheteria fica logo ao lado. Com informações nos painéis tanto em mandarim quanto em Inglês, foi bem fácil comprar os ingressos, sem maiores dificuldades por conta da língua.

IMG_2288

Para ver todas as nossas matérias e relação de passeios para fazer em Pequim, clique aqui.

Para procurar os melhores preços de hotéis e reservar, pesquise em nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

Até a próxima trip!!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *