O que fazer em Cascais: 10 atrações em bate e volta de Lisboa



Cascais é um cidade próxima a Lisboa que ganhou fama por conjugar praias, atrações históricas e facilidade de acesso – são apenas 30 minutos de carro ou trem desde a capital portuguesa, condição perfeita para um bate e volta. Visitamos a cidade em meados de junho/2018, final da primavera e início do verão na Europa, e vamos mostrar aqui nosso roteiro de 1 dia de passeio, para você saber o que fazer em Cascais e conhecer as principais atrações da cidade.

Por sua localização territorial, Cascais já foi ponto estratégico de defesa do reino português. Séculos depois virou cidade de veraneio dos reis Portugueses. Atualmente é um destino muito procurado por turistas e pelas classes mais abastadas de Portugal – Estoril, a cidade vizinha, chegou inclusive a sediar uma das etapas de Fórmula 1 (curiosidade: em 1985, Ayrton Senna obteve em Estoril sua primeira pole e vitória na carreira).

O que fazer em Cascais | 10 atrações imperdíveis

Centro histórico

Se você for de trem até Cascais (nós fomos assim, mais detalhes de como chegar ao final desta matéria), o desembarque é feito no centro histórico e ao lado das principais praias da cidade.

Dica: inicie seu passeio pela rua Frederico Arouca, ela é bem fotogênica, cheia de lojinhas e é a espinha dorsal do centro histórico de Cascais – liga a Praia da Conceição à Alameda Combatentes da Grande Guerra.

Ao final da rua Frederico Arouca você encontra a praça central, a prefeitura da cidade e a praia da Ribeira:

Na praia da Ribeira ficam ancorados muitos barcos pesqueiros (daí a praia ser conhecida também como praia dos pescadores).

Na areia da praia vimos uma bela escultura que representava a cidade de Cascais:

Praias de Cascais

Uma das opções do que fazer em Cascais é pegar praia – afinal, a cidade é um balneário! Confesso que não fomos lá com este intuito, mas cito o passeio aqui porque cada pessoa um tem um gosto e suas preferências de passeio.

No nosso caso, consideramos não pegar praia em Cascais por dois motivos:

  • As praias em Cascais tem água fria – sim, isso mesmo, mesmo no verão a água por lá é fria (isso vale para toda a Europa, pegamos praia na Espanha, França, Croácia, Grécia, tudo gelado!!). Nem se compara às águas quentinhas do Nordeste Brasileiro, Maldivas, Ilhas Maurício, etc.
  • Nosso roteiro do que fazer em Cascais incluía outras atrações, e não queríamos visitá-las “melados” de sal do mar. Além disso, estávamos com máquina fotográfica, celular, carteira… coisas que, se você deixa na areia e entra no mar, não consegue relaxar…

Como disse, qual passeio fazer é uma escolha pessoal e que depende do gosto de cada um. Vimos algumas pessoas sentadas na areia da praia, vestidas de roupa, com calça e camisa, algumas até com sua mala de viagem, aproveitando o momento com a natureza e a água do mar.

A região de Cascais / Estoril tem ao todo 10 praias. Segue abaixo as 4 melhores e mais famosas praias do litoral de Cascais:

Praia da Conceição: é a praia em frente da cidade de Cascais, tem uma faixa bem grande de areia. Se vier de trem, ao sair de estação, caminhe rumo ao litoral e vire à esquerda na rua Frederico Arouca, que você dará de cara com a praia da Conceição.

Praia da Conceição em Cascais

Praia da Conceição em Cascais

Praia da Rainha: apesar de minúscula, é ao meu ver a praia mais bonita de Cascais. O mar é piscininha, sem ondas. Para chegar até ela, siga pela rua Frederico Arouca no outro sentido (da prefeitura).

O que fazer em Cascais Praia da Rainha

Praia da Rainha em Cascais

Praia do Guincho: Praia com ondas, preferida dos surfistas, é uma das praias mais famosas da região. Tem uma faixa de areia gigante,  mas em termos de beleza perde (ao meu ver) para a praia da Rainha e Conceição. Fica um pouco longe do centrinho de Cascais (7km), o que dificulta o acesso a pé, mas dá para ir tranquilamente de carro (15min) ou bicicleta.

Fonte da Imagem: wikipedia

Praia do Tamariz: Esta praia já fica na cidade do Estoril, vizinha de Cascais. Similar as praias em Cascais, tem águas calmas e sem ondas. O acesso é exclusivo a pé, e se vier de trem de Lisboa, desça na estação do Estoril, duas antes de Cascais, que você dá de cara com a praia do Tamariz. Depois siga caminhando (1,7 km) pela orla até Cascais ou pegue o próximo trem.

Foto de Allan Rouiller – Fonte: Wikipedia

Cidadela

Cascais tinha um posição estratégica na defesa de Lisboa, e isso foi particularmente importante a partir do século XIV, período de forte desenvolvimento ultramarino de Portugal. A prosperidade trouxe consigo o risco de invasões, em especial dos espanhóis. A construção da Cidadela acontece neste contexto.

Séculos depois, após a decadência ultramarina de Portugal, a cidadela perde sua função de defesa. Uma parte dela foi transformada em palácio real. O conjunto atual da Cidadela engloba as seguintes atrações turísticas:

  • Palácio da Cidadela
  • Torre de Santo Antônio de Cascais
  • Fortaleza da Nossa Senhora da Luz

Palácio da Cidadela

A partir de 1870, os reis portugueses transformaram a casa do governador de Cascais, situada no interior da Cidadela, em um Palácio Real e passaram a usá-la como residência de veraneio.

O que fazer em Cascais - Palácio da Cidadela

Palácio da Cidadela

A visitação interna do Palácio da Cidadela foi aberta ao público apenas em 2011, custa 4 euros por pessoa. Para quem tiver interesse em visitá-la por dentro, mais informações aqui.

Fortaleza da Nossa Senhora da Luz e Torre de Santo Antônio

É a parte mais alta e impressionante da muralha da Cidadela. O acesso é pelo portão da foto abaixo. Para quem vem do centrinho de Cascais, fica no caminho para a Marina.

Marina de Cascais

Região de onde partem passeios de barco, fica ao lado da muralha da Cidadela, em frente à Fortaleza Nossa Senhora da Luz e Torre de Santo Antônio (parte da torre aparece na foto abaixo).

O que fazer em Cascais - Muralhas da Cidadela

Dica: Na região da Marina há também restaurantes e uma loja com aluguel de bicicleta (marquei no mapa ao final do post para quem tiver interesse). Alugar uma bike é uma boa opção para quem for até a praia do Guincho, são 20km ida e volta, partindo deste ponto – tem ciclovia por todo o trajeto até lá.

Museu Condes de Castro Guimarães

Construído no século XIX, foi adquirido no início do século XX pelo conde de Castro Guimarães. O museu reúne as peças de arte colecionadas pelo conde. O prédio é bem fotogênico, você irá passar por ele no caminho para a Boca do Inferno. Entrada custa 4 euros por pessoa. Para dias e horários de funcionamento, clique qui.

Farol Museu de Santa Marta

Outro lugar fotogênico que fica no caminho para a Boca do Inferno. Vale uma parada para admirar o Farol Museu de Santa Marta, e a pontezinha de pedra de onde tiramos a foto abaixo:

O que fazer em Cascais

Entrada custa 4 euros por pessoa. Para dias e horários de funcionamento, clique qui.

Achamos a água do rio bem transparente e cristalina. Ficamos lá por alguns minutos… admirando os peixes nadando naquela água tão limpa.

Há outros museus na cidade (nós não visitamos), cito aqui caso tenham interesse:

Casa das Histórias Paula Rego: dedicado a obra de Paula Rego, informações aqui.

Museu do Mar Rei D. Carlos: museu sobre naufrágios e biodiversidade marinha, informações aqui.

Boca do Inferno

A boca do inferno fica na parte do litoral onde há formação de Falésias. O constante impacto das ondas mar provoca erosão interna e formação de cavernas. A “Boca do Inferno” é o que sobrou do colapso de uma destas cavernas:

O que fazer em Cascais - Boca do Inferno

Mirante da Boca do Inferno

A boca do inferno:

Como chegar: a pé ou de bicicleta, são 1,5 km desde a Cidadela/Marina. Tem uma calçada ao longo de todo e trajeto e também uma ciclovia (que se estende até a praia do Guincho).

Ruelas de Cascais

Quando voltamos da Boca do Inferno, fizemos um passeio bem legal pelas ruazinhas que ficam entre a prefeitura e a cidadela, ali estão muitos bares e restaurantes da cidade, pequenos hotéis e pousadas.

Fizemos um lanche por ali e tomamos um suco, ótimo para recarregar as baterias! Para quem gosta de fotografia, é também um belo passeio:

Mapa das atrações turísticas de Cascais

Marquei no mapa abaixo todas as atrações que citamos nesta matéria, praias, museus, cidadela, estações de trem, restaurantes, etc:

Como chegar em Cascais

De carro: desde Lisboa, são 30 km, por volta de 30 minutos de viagem.

De Trem: de 30 a 35 min de viagem, preço de €2,25 por pessoa – super barato! Em Lisboa, vá até a estação de trens Cais do Sodré, tem conexão com o metrô. Dali partem os trens da CP (comboios de Portugal) para Cascais.

Pegue o trem da linha “Cais do Sodré – Cascais” – é muito fácil, pois Cascais é a estação terminal. Há várias saídas por dia, em geral de 10 a 20 min de intervalo. Como a oferta de trens é grande, compramos o bilhete na hora (mas dá para comprar também pela internet caso prefira, no site da CP). Para horários de partida dos trens clique aqui ou consulte direto o site da CP.

Dica: Vá de trem, é tão rápido quanto ir de carro e muito, mas muito mais barato!

Para quem vai passar por Lisboa, temos uma matéria super completa sobre o que fazer por lá, com 30 atrações e passeios, vale a pena conferir:

Para ver todas as nossas dicas e matérias sobre Portugal, clique aqui.

Vou ficando por aqui. E você, já visitou Cascais? Deixe aqui suas dicas e comentários.

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *