O que fazer em Pisa: vale a pena a visita?



Visitamos a cidade de Pisa em um rápido bate e volta de Florença. A Torre, que ganhou sua fama pelo erro de engenharia que a deixou inclinada, foi construída durante a Idade Média, há cerca de 800 anos. Graças a frequentes trabalhos de restauração e reforços de engenharia, ainda permanece em pé e bem torta!  Vou contar aqui no blog como é o passeio até os cartões postais da cidade – Torre de Pisa, Batistero e Duomo, a impressão que tivemos do passeio, se vale a pena a visita, e todos os detalhes de como chegar até lá.

Duomo e Torre de Pisa

Duomo e Torre de Pisa

O que fazer em Pisa

A grande atração turística da cidade de Pisa é sua torre inclinada. No local também ficam o Duomo, o Batistero, praça dos Milagres e o campo Santo, todos tombados pela Unesco. As obras em si estão muito bem conservadas, se levarmos em conta que as construções foram iniciadas no século XI.

Batistero de Pisa

Batistero de Pisa

Duomo ou Catedral de Pisa

Duomo ou Catedral de Pisa

E a belíssima torre inclinada de Pisa:

T4i2015 - 0161

Nós passeamos apenas a área externa dos monumentos. Para quem quiser visitá-los internamente, consulte as informações detalhadas de horários de visitação e valor dos tickets no site oficial clicando aqui. No caso da torre, também é possível subir até o topo dela. Nós preferimos ficar em baixo mesmo, afinal, é o melhor lugar para ver a inclinação da torre.

DCIM\100GOPRO

O mirante no alto da Torre de Pisa:

T4i2015 - 0157

Como chegar em Pisa

Para quem está hospedado em Florença – nosso caso – é bem fácil fazer um bate e volta de trem até Pisa. Os bilhetes podem ser comprados direto na estação Santa Maria Novella, que fica bem no centro turístico de Florença. A viagem até a estação de trem de Pisa (Pisa Centrale) dura por volta de de 1 hora. Fomos de classe econômica, mas como trem foi super vazio, a viagem foi bem tranquila e confortável:

T4i2015 - 0164

Antes de embarcar, não esqueça de validar seu ticket nessas maquininhas verdes. É só inserir o bilhete que a máquina o autentica. Se seu ticket não estiver devidamente validado, pode receber uma multa por isso:

T4i2015 - 0163

A frequência dos trens varia no geral de 4 a 2 trens por hora. Para se programar, consulte os horários e preços dos trens no site oficial da trenitalia, clicando aqui.

Para quem fizer a rota Roma – Genova de trem, saiba que Pisa é uma das paradas, e que há serviço de lockers na estação Pisa Centrale. Para informações atualizadas consulte este link aqui.

Ao chegar na estação de trem, você pode pegar um taxi ou um ônibus até a torre de Pisa. Nós fomos de ônibus, é super fácil. Ao sair da estação Pisa Centrale, o ponto de ônibus fica lodo a sua direita, procure onde está escrito “LAM ROSSA”, que em italiano significa linha LAM VERMELHA. Esse ônibus também passa pelo aeroporto, então só preste atenção para entrar no que vai sentido da Torre de Pisa. Se ficar em dúvida, pergunte ao motorista! Mais informações sobre esta linha, clique aqui e aqui.

Outro passeio que muita gente faz é combinar a visita de Pisa com Lucca. Nós até tentamos. Depois que terminamos a visitação da Torre, ainda era meio dia, então fomos até a estação S.Rossore, que fica a 600 metros de caminhada da Torre de Pisa. O trem que leva a Lucca também passa por ali. Mas não tinha uma alma viva na estação, apenas uma máquina de auto atendimento, em italiano, e que informava um horário ruim para o próximo trem. Enfim, desistimos, pegamos um taxi e voltamos para Pisa Centrale, e de lá seguimos para Florença, ainda tínhamos outras atrações a visitar por lá.

Vale a pena visitar Pisa ?

Se você considerar apenas as atrações turísticas que visitamos – Torre inclinada, Duomo e  Batistero – como obras do final da Idade Média, realmente impressiona o fato de estarem ali há mais de 800 anos. Foram declaradas em 1987 patrimônio Mundial da Unesco, e além do valor histórico, são muito bonitas e estão em excelente estado de conservação. Enquanto cartões postais da cidade, justificam a visita a Pisa.

Porém, fora o circuito dos “cartões postais”, achamos a cidade de Pisa pouco convidativa em termos turísticos. Não vimos muito mais o que fazer por lá. O entorno da área tombada está cheio de camelôs, e o passeio pela centro histórico nem se compara ao de outras cidades na Toscana, como Siena ou San Gimignano, cujos passeios são muito mais agradáveis. Se quiser saber mais, confira os links abaixo:

Até a Próxima Trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *