O que fazer em Estocolmo: Roteiro de 4 dias na cidade 8



Hoje no blog conto como foi nossa viagem para Estocolmo, na Suécia. Vou dar dicas de passeios e o que fazer por lá, onde comer, como se locomover na cidade e nossa dica de hotel bom e barato. Este roteiro de viagem é um resumo do que fizemos em 4 dias inteiros na cidade e em mais 2 metades de dia (ficamos 5 noites). Estocolmo é uma cidade com um astral muito bom, ficaria mais tempo se eu tivesse! Esse roteiro também pode servir para 3 dias bem intensos ou mesmo para viagens mais longas e sossegadas, com menos atividades por dia.

T4i2015 - 1405

Viajamos no mês de maio (primavera) e demos sorte com o tempo porque pegamos dias lindos de céu azul, mas estava um frio que parecia o inverno aqui no Brasil, pegamos no máximo 16ºC, e mínimas de 8ºC e 9ºC…quando batia um vento então…quase quebrava nossos ossos 😀

O engraçado é que quando eu falei para algumas pessoas que ia para Estocolmo nas férias, as pessoas ficavam com uma cara tipo “o que tem para fazer lá?” Eu gosto de conhecer lugares diferentes, cidades diferentes, além do fato de os países nórdicos me atraírem pelo seu ótimo IDH, sociedades mais igualitárias, cultura diferente do restante da Europa, pessoas bonitas (sim, porque vamos combinar que nunca vi tanta gente loira e bonita em um lugar só!)…no fim eu queria saber o que tinha de especial nessa cidade. O fato é que realmente Estocolmo não tem aqueles pontos turísticos famosos, mas o charme da cidade é o seu conjunto, as pessoas simpáticas e alegres, os  vários parques, um lugar civilizado e seguro..e com água para todos os lados 😀

Na verdade, nem eu sabia ou ouvia muita coisa da Suécia além da Volvo, Ikea, H&M, Ericsson e do grupo ABBA que meu pai gosta 😀 Voltei muito contente com os dias que passamos lá, virou uma das minhas cidades favoritas na Europa, junto com Viena e Berlim. O país ingressou na União Européia mas não aderiu ao Euro, então se vai a turismo saiba que a moeda que vai usar é a coroa sueca (SEK). Aqui no Brasil será difícil encontrar e mesmo assim será com uma cotação bem desvantajosa, leve euros ou dólar e troque por lá! Para praticamente tudo usamos cartão de crédito, então trocamos pouco dinheiro em espécie.

T4i2015 - 1584

O que ver e fazer em Estocolmo?

Bom como já mencionei anteriormente, Estocolmo é uma cidade que vale a visita pelo conjunto da obra, não pela atração turística A ou B ou algum cartão postal. A geografia da cidade é bem peculiar, são várias ilhas e ilhotas que formam a cidade, sendo que elas se conectam pelas mais de 50 pontes existentes. É uma cidade bem plana, cheia de canais, com muito verde. A cidade fica em uma região de encontro do Lago Mälaren com o mar Báltico. Visitamos alguns pontos importantes da cidade (não exatamente pontos turísticos 😀 ) e vou dar todas as dicas e detalhar nossos passeios.

Alugar bike e explorar os pontos turísticos

Essa viagem para Estocolmo fizemos em conjunto com uma viagem à Copenhague, na Dinamarca. Eu esperava andar de bike nesta última, mas não sabia que o sistema de aluguel de bikes em Estocolmo era tão fácil e eficiente, com estações espalhadas por todas a cidade, ciclovias por toda parte, foi uma surpresa mega positiva pois amo bikes e explorar a cidade com elas foi demais.  Além de algumas lojas onde é possível alugar as bicicletas, tem o sistema da cidade, o CityBikes, que funciona com um cartão que pode ser adquirido nas lojas 7-Eleven, Pressbyran, Sergels Torg, dentre outros locais (pode pedir ajuda no concierge do seu hotel). Darei mais detalhes adiante!

IMG_9582

O fato é que no esquema bike + metrô + caminhada visitamos vários pontos de interesse, a cidade é bem bike-friendly 😀 nos adaptamos rapidamente! Começamos no Parlamento da Suécia parando rapidamente para tirar algumas fotos e seguimos até Kungstradgarden, onde as flores e jardins me chamaram a atenção…

T4i2015 - 1359

IMG_9381

T4i2015 - 1336

IMG_9554

Passamos em uma região com várias lojas e centros de compras, como o shopping Gallerian, e chegamos à Sergels Torg, região central com muitas lojas, comércio em geral, cafés e cinema, onde devolvemos nossa bike e pegamos o metrô na estação T-Centralen.

T4i2015 - 1638

T4i2015 - 1639

T4i2015 - 1474

Em outro dia, pedalamos por Slussen, em Sodermalm, onde fomos ao Katarinahissen, um elevador que leva a um mirante da cidade. Subimos e passamos por um barzinho / restaurante (que estava lotado), Erik’s Gondolen.

T4i2015 - 1454

T4i2015 - 1457

T4i2015 - 1462

T4i2015 - 1463

T4i2015 - 1466

DCIM\100GOPRO

Em Södermalm tem o museu Fotografiska, que infelizmente não consegui ir mas que li muito bem a respeito. Fica para uma próxima trip para Estocolmo. Depois ainda continuamos pedalando e paramos para um lanche em um café com vista para a cidade. (Fjällgatans Kaffestuga).

T4i2015 - 1740

T4i2015 - 1469

T4i2015 - 1470

T4i2015 - 1423

Mais uma pedalada até a Prefeitura de Estocolmo (stadshuset), onde fizemos a visita interna e guiada. Fizemos o tour em inglês e foram contadas várias curiosidades, vale a pena. Compramos na hora o ticket e também agendamos um horário para subir a torre de 106m para ter uma vista panorâmica de Estocolmo. Curiosidade: É aqui que todos os anos se realiza a cerimônia do Prêmio Nobel, à exceção do Nobel da Paz cuja entrega é realizada em Oslo, na Noruega.

DCIM\100GOPRO

DCIM\100GOPRO

DCIM\100GOPRO

T4i2015 - 1501

DCIM\100GOPRO

Aparelho de jantar do banquete do Prêmio Nobel…

T4i2015 - 1525

T4i2015 - 1528

T4i2015 - 1551

T4i2015 - 1558

T4i2015 - 1557

Lembre-se de comprar um potinho desses chocolates fudge…muito bom! Vende na lojinha de souvenir da prefeitura.

IMG_9508

Depois ainda ficamos nos jardins, onde muitos moradores faziam picnic ou simplesmente estavam ali tomando um sol de boa…

T4i2015 - 1581

T4i2015 - 1580

T4i2015 - 1542

T4i2015 - 1535

T4i2015 - 1570

Outro bom lugar que eu curti para ficar relaxando do jeito sueco, tomando um solzinho e vendo a vida passar: na “promenade” perto do Grand Hotel Stockholm e do National Museum. No dia em que ficamos lá, tinha um povo fazendo aula de parkour, e muitos turistas devido à proximidade com um terminal de barcos.

T4i2015 - 1410

IMG_9430

E também gostei do Ralambshovsparken, fomos até la pedalando, ciclovia perfeita, toda arborizada e o parque em si tem uma vibe ótima.

IMG_9550

IMG_9536

IMG_9531

Vasa Museum e outros museus

Separe ao menos 1 dia para explorar a “Ilha dos Museus”,  Djurgarden, onde estão os museus Skansen e Junibacken (infantil), Museu Nórdico, SpritMuseum,  Museu do grupo ABBA, etc. A cidade de Estocolmo possui dezenas de museus de tudo quanto é tema! Primeiro demos uma volta completa pelha ilhota Skeppsholmen de bike, onde está o Moderna Museet, com obras espalhadas ao ar livre. Depois seguimos de bike para a Ilha de Museus. Na volta pegamos um ônibus.

T4i2015 - 1398

T4i2015 - 1597

T4i2015 - 1598

DCIM\100GOPRO

DCIM\100GOPRO

DCIM\100GOPRO

DCIM\100GOPRO

Mas em minha opinião, o museu mais visitado, turístico e interessante de Djurgarden é o Vasa Museum! A história do navio de guerra é muito curiosa! Construído em 2 anos para atender as ambições políticas do Rei Gustav Adolf II, ele afundou em sua viagem inaugural, por falhas no projeto. Mais de 300 anos depois, foi resgatado com seu casco intacto, e também muitos objetos de pessoas que estavam a bordo. Hoje está tudo no museu, que não é muito grande. Em 2:30h dá para fazer uma visita completa e conhecer as curiosidades e a história. Dica: no Museu Vasa tem um restaurante/café muito bom, com pratos quentes, lanches e doces. Comemos uma torta de chocolate muito boa. A loja de souvenirs também tem várias coisas legais 🙂

T4i2015 - 1605

DCIM\100GOPRO

Existe uma seção interativa no museu – “Face the World” – em que você tira uma foto marcando seu país de origem e ela aparece no telão do museu e no site do Vasa Museum. 😀 Eu e meu marido na foto em destaque!

IMG_9627

O Parque de diversões Gruna Lund Tivoli também fica na ilha dos Museus – uma boa pedida se você estiver com crianças ou adolescentes!

T4i2015 - 1739

Gamla Stan – Old Town

Gamla Stan é a parte mais antiga da cidade, a cidade velha. São várias ruelas medievais (séc XIII) que hoje abrigam museus, lojinhas, restaurantes em um bairro que atrai muitos turistas, principalmente em Stortorget – a praça principal.

DCIM\100GOPRO

Por ali também está o Museu Nobel. Sentamos ali na escadaria e tomamos um sorvete. Havia muitas pessoas aproveitando o sol, já que na Suécia ele não aparece sempre!

T4i2015 - 1439

T4i2015 - 1436

Depois caminhamos nas ruelas ao redor da praça, e almoçamos ali na old city mesmo.

T4i2015 - 1433

T4i2015 - 1444

T4i2015 - 1443

A orla da ilha de Gamla Stan é bem bonita – é a região de Skeppsbron:

T4i2015 - 1382

T4i2015 - 1383

Símbolos da Monarquia Sueca em Estocolmo

O sistema de governo atual na Suécia é a Democracia Parlamentarista, mas o país conserva sua Monarquia –  no site oficial da Suécia, eles explicam: “ A Suécia é uma das mais estáveis e igualitárias democracias do mundo, com uma monarquia que tem fortes raízes e apoio público”. O Rei não possui participação nem poder no âmbito político. As obrigações do Rei atual, Carl XVI Gustaf, se resumem a cerimoniais, eventos oficiais  e obviamente, seu papel como um embaixador do país. Ele é o Chefe de Estado.

Alguns dos passeios em Estocolmo remetem a essa parte da cultura e da história Sueca, como o Palácio Real, a residência oficial – vale a visita interna para conhecer os ambientes dentro do enorme edifício.

T4i2015 - 1412

Mais do Palácio Real, em detalhes:

T4i2015 - 1375

T4i2015 - 1370

T4i2015 - 1364

A ponte das coroas douradas, Skeppsholmsbron, é muito procurada por turistas para fotos! As bonitas coroas adornam as grades da ponte.

T4i2015 - 1389

T4i2015 - 1402

E com o Palácio real de fundo:

T4i2015 - 1392

Outro passeio que vale a pena é a visita ao Palácio de Drottningholm, a residência permanente do Rei e da Rainha da Suécia. Construído no séc. XVI, desde 1991 é Patrimônio Mundial da Unesco! Pensamos em ir de bike, pois há ciclovia do centro de Estocolmo até lá, mas achamos que nos tomaria o dia inteiro e resolvemos ir de metrô (estação T-Brommaplan) e depois ônibus (nr. 177). Gostamos bastante – um lugar bonito, jardins impecáveis e a visita ao interior não é demorada, é um passeio de meio dia. Ainda pegamos a troca da guarda no horário da nossa visita.

IMG_9677

T4i2015 - 1652

T4i2015 - 1656

T4i2015 - 1671DCIM\100GOPRO

T4i2015 - 1697

T4i2015 - 1731

Onde comer em Estocolmo?

Há vários restaurantes na rua comercial Drottningattan, perto da Sergels Torg e da Hamngatan tem vários fast foods e restaurantes de rede e na ilha de Södermalm também tem várias opções de cafés e restaurantes. O fato é que os países nórdicos foram o final de uma viagem de 30 dias pela Europa então quisemos economizar um pouco. Ao menos metade das nossas refeições compramos no mercado Coop (tinha smoothies, saladas, sanduíches naturais, chocolates) ou no Hemköp Odenplan, ambos perto do hotel.

Comemos nos TGI Friday’s, no Hard Rock Cafe e no MAX (uma lanchonete com preço bom, tipo MC Donald’s), além de almoçar no Texas Longhorn Steakhouse em Gamla Stan. Visitamos também o mercado Saluhall, que vende produtos frescos e também refeições.

Salmão com purê e cogumelos do Friday’s..

IMG_9567

Fachada do Hard Rock Cafe Estocolmo…

DCIM\100GOPRO

Lanche do MAX

IMG_9364

Steakhouse na cidade velha…

DCIM\100GOPRO

IMG_9448

IMG_9449

compras no supermercado…

IMG_9368

No mercado Saluhall, comemos almôndegas suecas com batatas cozidas. Lá tem vários produtos típicos e diferentes.

DCIM\100GOPRO

IMG_9714

Como se locomover em Estocolmo? Transporte público

Nem preciso dizer que a cidade é mega civilizada e com uma baita estrutura. Utilizamos bikes, metrô (T-Bana), muita caminhada e ônibus. Para a bike, compramos um cartão (na loja de conveniência 7-eleven) que nos dava direto a 3 dias de uso. Tem como comprar para mais tempo também, acesse o site da CityBikes clicando aqui e planeje sua viagem. Com estações espalhadas pela cidade, fica fácil se organizar e usar a bike para tudo. Eles ainda tem um app para celular (que no iPhone funcionou bem) para dizer quais estações tem vagas para parar a bike, quais tem ou não bikes disponíveis, etc.

T4i2015 - 1481

É só seguir as instruções da máquina, passar seu cartão e pegar a bike com o número indicado!

T4i2015 - 1480

O cartão…frente e verso…

IMG_9587

As ciclovias são bem demarcadas, perfeito! Muita gente usa, em breve vai ser tão difundida a bicicleta como meio de transporte por aqui como é em Copenhague, tenho certeza. Usamos o app Strava para ciclistas. É legal porque ele grava nossas rotas, e ficamos com várias de Estocolmo 😀

IMG_9577

IMG_9628

T4i2015 - 1498

T4i2015 - 1499

O cartão do metrô (T-Bana), SL CARD pode ser adquirido nas estações, e assim como o cartão das bikes, é vendido também na Pressbyran, 7-eleven e alguns supermercados. Há várias opções, mas para quem vai a turismo, acho que os “Visitor tickets” são os mais interessantes. Nós ficamos 5 noites, então precisamos do cartão para 1 semana (7 days). O metrô é bem útil na cidade e tem uma malha que cobre bem a área turística. É meio confuso se achar nas estações no começo, um sobe e desce de escadas rolantes, nomes de destinos, fizemos alguma confusão nas estações maiores mas depois dos 2 primeiros dias nos acostumamos 😀 Acesse aqui o site do metrô do Estocolmo para saber mais e planejar sua viagem: http://sl.se/en/

mapa t bana estocolmo

tickets metro estocolmo

A entrada das estações sempre terá uma plaquinha com a letra T (Tunnelbana):

T4i2015 - 1479

T4i2015 - 1482

Um cachorrinho simpático sentado no metrô 😀

IMG_9671

Uma curiosidade: algumas estações do metrô em Estocolmo são muito bonitas e diferentes, verdadeiras obras de arte!

T4i2015 - 1326

T4i2015 - 1328

DCIM\100GOPRO

T4i2015 - 1330

DCIM\100GOPRO

Nos ônibus andamos apenas duas vezes, consultamos as linhas e as rotas pela internet, então também não foi difícil; são pontuais e das 2 vezes que pegamos fomos sentados, um sonho para quem mora em SP 🙁

DCIM\100GOPRO

T4i2015 - 1495

E claro, batemos muita perna!!! A cidade é plana e muito verde, super agradável de andar (exceção se você for no inverno 😛 )

T4i2015 - 1492

T4i2015 - 1494

T4i2015 - 1380

Onde ficar em Estocolmo?

Ficamos hospedados em Norrmalm, no Hotel Ibis Styles Stockholm Odenplan, perto de estação do metrô, ponto de ônibus e de uma estação de locação de bikes CityBikes. Um hotel bom e barato! Gostamos bastante pois tem 2 supermercados perto (onde compramos várias coisinhas para comer no hotel) e restaurantes nas redondezas. Ao lado do hotel tem uma lavanderia (não chegamos a usar) e é um bairro bem sossegado. Usamos nossos pontos Accor Le Club para pagar integralmente a estadia. Estava incluído o café da manhã na diária (pouca variedade, mas tinha sempre 2 ou 3 variedades de frutas, 2 tipos de pães, alguns frios, ovos, sucos, café e leite) e o wifi é gratuito. O quarto era pequeno mas moderninho e aconchegante, e o banheiro eu gostei, do tamanho e do chuveiro. Ganhamos amenities em uma sacolinha e 2 garrafas de água mineral de cortesia.

DCIM\100GOPRO

DCIM\100GOPRO

IMG_9346

A rua do hotel (Vastmannagatan 61) e a fachada:

DCIM\100GOPRO

Qual a melhor época para visitar Estocolmo?

Sem dúvida a melhor época para viajar para Estocolmo e visitar a cidade é de maio a setembro (primavera e verão). Mesmo em Abril e Outubro eu viajaria, apesar das temperaturas mais baixas. De novembro a março os dias são curtos e faz muito frio (com temperaturas negativas). Mesmo que você queira curtir o inverno na Europa, eu acho que vai aproveitar mais em cidades maiores, como Paris ou Madri ou algum destino típico de inverno como cidades alpinas na França e Suiça. Os gráficos são do site holiday-weather.com. Chove mais no verão, mas veja que os dias chuvosos não variam muito o ano todo, isso porque não é chuva tropical igual aqui, mas aquelas chuvinhas chatas que ficam dias… Eu fui em maio e peguei 5 dias de sol e 1 nublado, que choveu e ventou durante 1 hora e depois o tempo melhorou. A cidade tem muito mais graça com gente na rua, com sol, parques lotados. No inverno não saberia muito bem o que fazer 🙁

temperaturas em estocolmochuvas em Estocolmo

E você? Já foi para Estocolmo, tem dicas para compartilhar? Deixe nas caixas de comentários!

Para ver todo nossas dicas da Europa e montar seu roteiro de viagem, clique aqui.

Para procurar os melhores preços de hotéis e reservar, pesquise em nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 pensamentos em “O que fazer em Estocolmo: Roteiro de 4 dias na cidade

  • alex carvalho

    Muito bom o post, com inúmeras informações e dicas importantes. Irei para Estocolmo em outubro e certamente vocês me ajudaram a montar meu roteiro. Muito obrigado e parabéns pelo site!!!

  • Aline Marinho

    Excelente post!!! Parabéns! Tudo bem detalhado e explicado. Pretendemos ir à Escandinávia no próximo mês de julho/2018, no verão. Obrigada pelas dicas.

  • Mauro Nicolau Junior

    Parabéns pelo blog, com ricas informações, detalhadas e sinceras. Muito bom poder contar com a impressão de quem já foi e, principalmente, quem foi com o olhar crítico para publicação.
    Nota 10!

  • Marcos Blanc

    Boa tarde, adorei tudo! Acabei de comprar minhas passagens de férias e ficareis 5 dias em agosto em Estocolmo! Como são os preços de alimentação por lá??? Estilo Rio/SP ?? Se for mais vou ter que vender minha arte nas ruas!

    • Erika Autor do post

      Oi Marcos! A alimentação na Suécia achamos um pouco caro, mesmo em relação à média na Europa. A saída foi apelar para os supermercados! Tem pratos prontos, sucos, lanches naturais, saladas! A melhor forma de economizar 🙂
      Mas para quem está acostumado com o padrão Rio/SP você vai sobreviver! Boa viagem e na volta pode deixar suas dicas aqui!