Chip internacional: Claro Passaporte Américas vale a pena? Veja prós e contras 23



Veja aqui se vale a pena contratar o serviço Passaporte Américas da Claro, para usar em seu chip de celular durante sua viagem ao exterior. Vamos mostrar aqui os prós e contras do roaming internacional da Claro em países como EUA, Canadá, México, Argentina, Chile e demais países da América.

Uma vez contratado o Passaporte Américas, é permitido o uso do celular em roaming sem custos no exterior, desde que observadas estas regras:

  • Você usará o celular como se estivesse no Brasil: minutos de conversação, volume de dados, uso da internet, SMS, tudo será debitado de sua franquia mensal, a mesma que você usa no Brasil;
  • No exterior, só são permitidas ligações para o Brasil ou dentro do próprio país que está viajando; Para qualquer outro país, serão aplicadas tarifas pesadas de roaming internacional. Exemplo: se você está nos EUA, pode ligar sem custo para o Brasil e dentro dos EUA também, mas ligações dos EUA para o México, Canadá, etc serão tarifadas;
  • Uso do celular apenas nos seguintes países: Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai, Estados Unidos e Canadá.

O que posso usar no exterior?

  • Internet: Você poderá navegar na internet no exterior, e seu consumo será debitado de sua franquia de dados de seu plano pós pago no Brasil. Exemplo: Se você tem 4 GB mensais para usar no Brasil, seu uso no exterior será debitado daí;
  • Minutos de Voz: os minutos de voz utilizados nas ligações internas no país de destino, e deste país para o Brasil, serão debitadas de sua franquia de minutos. Se você tem minutos ilimitados no Brasil, então eles serão ilimitados também no exterior, respeitado estas regras;
  • SMS: vale a mesma regra dos minutos de voz.

Quanto Custa?

Na chamada da Claro, a propaganda coloca em letras garrafais: R$9,99/mês.

Captura de Tela 2017 12 27 às 21 15 22

Mas preste atenção no asterisco logo abaixo, em letras pequenas: o custo total é na verdade R$ 119,88 (a serem cobrados em 12 parcelas). Esse é o valor que você irá pagar para usar seu celular em roaming “sem custo” no exterior. Esse preço é por linha, portanto o custo para 2 linhas = 2 x 119,88 = R$ 239,76, e assim por diante.

Convertendo em dólares, isso dá hoje aproximadamente US$ 35,00. Nos EUA, há opções tanto mais caras quanto mais baratas, dependendo do plano que escolher, ou mesmo a opção de comprar um chip americano e recebê-lo no Brasil antes da sua viagem. Caso tenha interesse, temos uma matéria específica aqui no site, veja o link ao final desta matéria.

Há prós e contras em todos os casos, inclusive no Passaporte Américas da Claro. Vamos a eles, e decida você mesmo:

Prós:

  • MESMO CHIP: Não ter que comprar outro chip de celular (se for cliente Claro Pós pago);
  • LIGAÇÕES DE VOZ PARA O BRASIL: alguns planos no exterior não contemplam este recurso.

Contras:

  • CUSTO: não é “apenas” R$9,99/mês, mas R$ 119,88, e você ainda fica amarrado 12 meses com a Claro… pode até sair para outra operadora, mas neste caso pagará o que falta para completar os R$119,88;
  • FRANQUIA USADA: se você já tiver consumido (ainda que parcialmente) sua franquia no Brasil, somente o resto dela estará disponível na sua viagem ao exterior, o que seria péssimo. Exemplo: sua franquia de dados é de 4GB no Brasil, e você já usou 3,5GB até a véspera da viagem… o que sobrou para uso no exterior? 0.5GB! só que você pagou (ou ainda vai pagar) R$ 119,88 por isso! Neste caso é um mal negócio – tome cuidado se sua franquia for pequena.
  • FRANQUIA de INTERNET ESGOTADA: se isto acontecer, é pior ainda que o caso anterior: os pacotes extras contratados no Brasil não são válidos, e se quiser continuar usando a internet no seu celular no exterior, terá que pagar a tarifa diária internacional (hiper salgada) da Claro: R$29,90 por dia! ou o “pacote Américas”, que também não é nada barato, confira você mesmo:
Captura de Tela 2017 12 27 às 22 57 34
  • PÓS PAGO: Este serviço só está disponível para linhas pós pagas da Claro.

Vale a pena?

Os custos de roaming internacional cobrados pela Vivo, Claro, Tim eram absurdamente altos. Com o Passaporte Américas da Claro, tornaram-se razoáveis e competitivos, um avanço da Claro em relação à concorrência.

No entanto, pelos contras apontados, sugiro sempre avaliar outras alternativas de compra do chip no seu país de destino, podem existir opções ainda mais baratas ou com franquias de consumo melhores, sem os riscos apontados acima. Para os países da América, consulte as matérias abaixo para saber quanto custa comprar um chip de celular por lá ou recebê-lo no Brasil:

E você, já usou o Passaporte Américas da Claro? Valeu a pena? deixe aqui sua opinião.

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

23 pensamentos em “Chip internacional: Claro Passaporte Américas vale a pena? Veja prós e contras

  • Rodrigo Ferreira

    Eu utilizei e valeu bem a pena, inclusive só fiz a portabilidade para a Claro por conta desse novo formato de roaming internacional. Foi muito bom ter o telefone liberado para receber e originar ligações, inclusive para o brasil. Meu plano é de bastante internet e então nao esgotei. Também utilizava wifi dos locais disponiveis e tinha um chip americano que já havia encomendado antes em promoção de revista, inclusive eu roteava a internet do americano que era ilimitado. Mas o serviço da claro era tão bom quanto o americano, pois funcionavam na mesma companhia, sendo que onde nao havia serviço da T-Mobile entrava AT&T automático.

  • Leandro

    Faltou falar que vale somente a franquia de dados e não o bônus. Se você tem 5GB de franquia + 3GB de bônus, só terá disponível para uso no exterior os 5GB. A renovação do pacote também funciona normalmente na data de fechamento da fatura, o que dobra a quantidade de dados disponíveis para utilização.

    • Wilson

      Oi Leandro! Na verdade o pacote não se renova no fechamento da fatura. Só é renovado a cada 12 meses.
      E é bom ficar atento também a questão do período porque só vale para 30 dias seguidos no exterior sem uso no Brasil.
      Eu também achava que após 30 dias de uso seguido no exterior o Passaporte Américas seria renovado e eu pagaria mais R$ 119,88. Mas não é assim que funciona. Depois dos 30 dias as opções são utilizar o avulso de R$ 29,90 por DIA com muitas limitações, ou pagar extremamente caro por um pacote internacional. Uma pena!

  • Wilson

    MUITO IMPORTANTE!!!
    Pensei em fazer a portabilidade exclusivamente por conta do Passaporte Américas. Mas levei um susto quando soube que ele só vale por 30 dias seguidos no exterior. Ou seja, depois dos 30 dias você teria, supostamente, que fazer ligações no Brasil para ter direito a mais 30 dias seguidos no exterior. E o plano não pode ser renovado antes do término dos 12 meses.
    Concluindo, se por exemplo você ficar no exterior por 2 meses seguidos, pagará o valor do Passaporte Américas por 30 dias e nos 30 dias seguintes, ou pagará o valor avulso de R$ 29,90 por DIA, ou pode também contratar um pacote internacional que é ultra salgado.
    Minha opinião: Se a viagem for de 30 dias ou menos, vale muito a pena. Se for por mais de 30 dias, faça bem as contas.

  • Raphael Sestak

    Pessoal,

    Estou na Flórida e, até o momento não posso reclamar. O serviço funciona conforme prometido. Estou alternando o sinal na T Mobile e At&T pra testar e, nesses primeiros 5 dias, funciona perfeitamente – a única ressalva é a latência mto alta – cerca de 300!! Mas pras necessidades básicas (redes sociais, email, waze…) serve muito bem. Em Curitiba o 4G da Claro na minha residência e outros lugares, alcança 150 Mbps de down e 50 de up. Latência não passa de 50. Aqui, em média o 4G de ambas (T Mobile e At&T) fica em torno de 20 Mbps de down e 15 de up. Ainda darei o veredito no retorno pra saber se não cobrarão nada extra. Até o momento, eu recomendo!!!

  • Rodrigo

    Usei o chip da Claro na Argentina, funcionou super bem, sem nenhum problema. Acho que a cobertura da Claro AR deve ser muito boa eo 4G deles nada a reclama. Como sou cliente multi, consigo usar a internet contratada mais o bônus disponibilizado pelo combo multi normalmente, parece que houve alguma alteração nesse ponto. Então da pra usar bem o plano.

  • Marcelo Dias de Mendonça

    Estou nesse momento em Cancun, mudei meu plano controle para o pós e contratei tal passaporte das Américas.
    Passei por Panamá dia 14/03/2018 e agora dia 17/03 estou em Cancun, meu celular está INOPERANTE desde que sai do Brasil, não funcionou comigo nestes dois países. Meu celular é um Galaxy note 8 e está super atualizado, tenho dois chips e a outra operadora VIVO está pegando em estado de roaming desde que sai do Brasil, já a CLARO totalmente INOPERANTE.
    Já tirei chip, coloquei chip, deixei só o chip da Claro…
    Enfim, não recomendo! Vamos ver minha dor de cabeça no retorno ao Brasil que será aqui 10 dias ainda. Vou utilizar todos os meios legais para não ficar de otário nessa história. Depois disso procurei em sites como RECLAME AQUI e vi que não fui o único prejudicado.

  • CESAR LEANDRO DE ALMEIDA RABELO

    Ativei meu chip com passaporte das americas e fui para o Canadá (vancouver). Lá fiz uma única ligação para o Brasil que é gratuita pelo plano e utilizei o pacote de dados. Na verdade nao vi vantagem pois em Vancouver tinha internet livre em TODOS OS LUGARES que estive. Basicamente usei o pacote de dados em aeroportos. Mas quanto as ligações, cheguei no Brasil e minha conta veio cheio de ligações efetuadas, várias para o Brasil que são gratuitas e uma para Argentina que me cobrou o valor de R$111,00. Mesmo abrindo ocorrencia na Claro não fizeram nada… Ou seja, nao indico, nao vale o risco. Enquanto as operadoras Brasileiras não forem mais sérias é melhor nao arriscar. Porcaria!!!!

    • Luís Otávio

      Pelo que entendi, vc só pode fazer ligações para o Brasil ou o país onde vc se encontra sem custos adicionais. Caso ligue para outro país (no seu caso, vc estava no Canadá mas ligou para a Argentina), são aplicados os custos de ligação internacional normalmente.

  • Ricardo Vasconcelos Freire

    Outro ponto que vcs não abordaram é que eu posso usar essa pacote o ano inteiro, para quem for faZer mais de uma viagem vale muito apena.

  • Ignacio Angel Ocampo

    neste ano, ja estive em janeiro em montevideu, e agora em abril na argentina, nunca mais de 10 dias, e o passaporte americas, me atendeu perfeitamente, estava com duvidas se no interior da argentina funcionaria, e foi tudo OK, o ideal para mim seria que o passaporte Americas, permitisse fazer ligações desde o brasil para um celular Claro da argentina, ( a um custo bem baixo), porque o Skype está impossível de utilizar. acho que a Claro teria essas condições ja que ela está presente em quase todos os paises da america.

  • Mariana

    Infelizmente eu não consegui testar. Pois a Claro cobra um valor absurdo para p mesmo serviço da conta PessoaJuridica.
    Neste caso o valor é $29,90 por 24 meses com fidelidade.
    O mesmo serviço para mim tem um custo de$717,60 + multa (caso eu desista do plano).