Roteiro de 1 dia em Macau com dicas do centro histórico e Cotai Strip (região dos cassinos) 6



No post de hoje, você vai saber o que fazer em Macau em um Roteiro de 1 dia, do centro histórico com cara de cidade portuguesa até a brand new Cotai Strip, que mostra todo o poder de fogo da Las Vegas da Ásia. Os dois carros chefe da economia local atualmente são o turismo e os jogos de azar.

IMG_7202

Nossa visita à Macau aconteceu a partir de um bate-volta de Hong Kong, e que assim como esta, faz parte da China e não faz ao mesmo tempo – trata-se de uma região administrativa especial, desde 1999. Antes disso, Macau foi colônia de Portugal (sim, olha a salada!) por 4 séculos. Tanto em Hong Kong como em Macau, é preciso passar por trâmites de imigração, com controle de passaportes inclusive saindo para/vindo da China.

Como chegar a Macau a partir de Hong Kong? Nosso dia começou cedo, chegamos ao terminal de ferry de metrô e compramos nosso ticket – são vários ferrys por dia, consulte o horário e preços neste site. São várias as empresas que fazem o trajeto, nós optamos pelo TurboJet.

IMG_7253

Na hora do embarque, tudo é organizado e o local é bem sinalizado. O porto de Macau é um horror, lugar pequeno e decadente, mas também dá para se achar pelas placas. Basta acompanhar pelos painéis espalhados pelo terminal que não tem erro. O ferry em si é uma embarcação grande e confortável.

Se você é mais suscetível a enjôos, talvez sofra se o mar estiver agitado. Na ida foi uma beleza, mas à noite na volta tinha muita gente passando mal e vomitando. Eu não passei mal mas passei medo, o barco balançava bastante e as ondas batiam com violência nas janelas…foi um trajeto de 1 h que parece ter demorado bem mais!

IMG_3416

Ao chegar e desembarcar em Macau, nós fomos direto para a fila de táxis (oficiais) e pedimos para o motorista nos deixar no Largo do Senado (sim ,o nome é em português rsrs, mas tirando uma ou outra placa e atração com nome na nossa língua, não vimos nenhum portuga ou alguém que falasse português).

Apenas um detalhe: a moeda oficial de Macau é a pataca, mas eles aceitam normalmente dólares de Hong Kong (moeda que tínhamos pois passamos vários dias em HK). No entanto, ao pagar com HK dollars eles devolvem o troco na moeda local. Nem nos estressamos muito com isso. Em cash mesmo pagamos somente o táxi, o restante das atrações pagamos com cartão de crédito. Ah, em Macau dirige-se na mão inglesa!

IMG_6722

A cidade estava bem cheia no dia em que fomos pois estava ocorrendo o Grande Prêmio de Macau (Grand Prix Macau), com corridas de Fornula 3 e a Porsche Carrera Cup. Ganhamos também um boné devido a um evento na área de cassinos Cotai Strip.

IMG_3434

E o que fazer em Macau? Bom, como eu disse anteriormente, começamos nosso tour pelo centro histórico, mais precisamente no Largo do Senado que foi onde pedimos para o taxista nos deixar. Então fomos nos principais pontos turísticos (eu já tinha visto os locais no planejamento da viagem) caminhando, seguindo o mapa do google maps. Para não ficar desconectado em sua trip para Macau e Hong Kong, o Gustavo fez um post explicando como adquirir um chip para seu celular – clique aqui para conferir.

IMG_6845

Largo do Senado

O Largo do Senado lembra muito o centro de grandes cidades brasileiras, e também Portugal. Dá para se sentir na Europa por alguns instantes mesmo estando em território chinês. No dia em que fomos estava cheio de palanques e grades devido ao evento do Grand Prix, mas ainda bem que somente em um trecho da praça, não afetando nossas fotos!

IMG_6730

IMG_3455

IMG_3454

Continuamos nosso caminho por ruas cheias de gente e de camelôs, com lojas pavorosas e imóveis caindo aos pedaços…

IMG_6734

IMG_6772

Ruínas da Igreja de São Paulo

…até que chegamos nas ruínas da Igreja de São Paulo, lugar bonitinho, florido e fotogênico. Um dos cartões postais de Macau.

IMG_6826

Fortaleza do Monte

De lá seguimos à Fortaleza do Monte, que apesar dos canhões hoje é um local desmilitarizado e abriga o Museu de Macau.

IMG_6780

IMG_6777

IMG_6788

Lá de cima temos uma vista panorâmica da cidade – e particularmente achei bem feia, parece que está tudo amontoado e desorganizado, mas não deixa de ser interessante para ver como a cidade é olhando de cima.

IMG_6791

Travessa da Sé e Antigos Cassinos

Ainda passamos pela Travessa da Sé com construções coloniais e azulejos portugueses e pela antiga área de cassinos, onde está o Cassino Lisboa, tradicional na cidade. Hoje eles ficam como coadjuvantes ofuscados pelos suntuosos cassinos da Cotai Strip. Ainda sim, vale dar uma passadinha para fotos!

IMG_6829

IMG_6832

IMG_6866

IMG_6879

Macau Tower

Em frente ao Casino Lisboa, pegamos um táxi rumo à Macau Tower, ou torre de Macau. Apesar do dia com muita névoa (e talvez um pouco de poluição também) tiramos fotos legais e além disso, adoro mirantes! O observatório é bem moderno, tem chão de vidro e atividades como bungee jumping e caminhada pelo lado externo da torre.

IMG_6988

IMG_6925

IMG_6957

IMG_6918

Cotai Strip

Bom, programamos para a tarde/noite nossa visita à Cotai Strip, a nova região dos cassinos e hotéis de Macau que está dando a fama de nova Las Vegas à cidade. A dica a partir daqui é: chega de táxis. Partindo da torre de Macau você pega gratuitamente as vans que levam aos hotéis e cassinos. De um hotel para o outro também há vans de 5 em 5, 10 em 10, 15 em 15 ou 20 em 20 minutos, dependendo do horário.

Isso gera uma bela economia. No fim do dia, ainda pegamos um micro ônibus até o centro (Casino Lisboa) e depois desde o centro pegamos um micro ônibus do Wynn até o Terminal de ferry. Tudo grátis e prático, só exige um pouco de planejamento para saber os hotéis que quer visitar e a logística para sair de um e ir para outro. Detalhe: há um monotrilho em construção. Eles querem deixar a Cotai Strip exatamente igual à Strip de Vegas.

Ao sair da Macau Tower procure esses bus gratuitos!

IMG_6972

Atravessamos a ponte rumo à região de Cotai!

IMG_6981

IMG_6995

Desembarcamos no Hard Rock hotel e casino, demos uma volta e aproveitamos e almoçamos e tomamos uns drinks no Hard Rock Cafe Macau. No hall do Hard Rock Hotel havia um aquário enorme, e a decoração era bem luxuosa.

IMG_6997

IMG_7000

De lá, seguimos de van para o The Venetian Macau, sim igualzinho o de Las Vegas!!! Acho que é ainda maior que o de Vegas, pois tinha muitas lojas, além dos restaurantes e cassino. Foi o hotel mais lotado em que passamos.

IMG_7016

IMG_7082

IMG_7093

IMG_7096

Depois pegamos o bus para o Galaxy, que pela arquitetura tenta ser o “Bellagio” da Cotai Strip.

IMG_7102

IMG_7104

Achei o Galaxy mais luxuoso e também o mais bonito. Impressionante por dentro e por fora. E claro, muitas lojas e restaurantes.

iPhone5_1976_2

IMG_7120

IMG_7111

IMG_3504

IMG_3502

IMG_7129

Como queríamos mais fotos do Casino Lisboa (dessa vez iluminado) e já era tarde, pegamos o bus gratuito rumo ao centro.

IMG_3511

IMG_7179

IMG_7192

Conseguimos ainda visitar o Wynn, onde há show das fontes de água.

IMG_7178

IMG_3516

IMG_7223

IMG_7228

Do Wynn pegamos o bus gratuito que o hotel oferecia para o Terminal de Ferry e então encerramos com chave de ouro nosso dia em Macau.

IMG_7244

IMG_7241

Para procurar os melhores preços de hotéis e reservar, pesquise em nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 pensamentos em “Roteiro de 1 dia em Macau com dicas do centro histórico e Cotai Strip (região dos cassinos)

  • Ester

    Fantásticas fotos.
    Adorei tudo o que escreveu e as fotos que colocou.
    Lamento não permitir deixar copiar o texto,
    pois vou em breve a Macau e preciso de dicas,
    daí querer copiar para imprimir e levar comigo como ajuda.

    • Erika Autor do post

      Oi Ester! Voce pode salvar a pagina em pdf, e depois imprimir, ou mesmo fazer um print screen (tem um botao no teclado só pra isso), e depois imprimir 😉 obrigada pela visita ao blog!

  • Silvia

    Gostaria de uma dica.
    Ficaremos 3 dias em
    Hong kong , vale a pena passar um desses dias em Macau? Não fica muito corrido?
    Deixaremos de conhecer muitas coisas em
    Hong kong ?

    • Erika Autor do post

      Oi Silvia! Isso é bem relativo, depende muito do seu interesse pessoal…se quiser conhecer o básico do básico de HK, em 2 dias encaixa bem. Macau é interessante e diferente, mas não indispensável. Vale se quiser e gostar de cassinos/shoppings como os de Las Vegas. Considere também o custo do ferry boat ida e volta, os custos com taxis… pessoalmente, com 3 dias eu ficaria somente em HK, mas como eu disse, a decisão é sua! Boa viagem!

  • [email protected]

    Olá! Gostei muito do post de vocês, parabéns, e fiquei com uma dúvida. Estou em dúvida se vou para Macau (partindo de Hong Kong) por minha conta ou se adquiro um tour com uma empresa de turismo. Você poderia me informar quanto vocês gastaram para fazer esse dia em Macau em dólares? Ferry, táxis, passeios (sem alimentação)? As empresas de turismo estão cobrando cerca de US$ 150 pelo dia todo com todos os passeios incluídos. Achei caro, mas talvez compense pelo valor dos passeios em si. Um abraço,

    • Erika Autor do post

      Olá! Estávamos em 2 e não gastamos tudo isso não! Se bobear com os tickets de ida e volta do ferry, mais o táxi e os passeios não gastamos nem 100 USD o casal. A questão é que esses “passeios” que eles incluem geralmente é so um sightseeing, e além de não incluir nada pago você ainda fica presa ao itinerário do tour… acho que vale mais a pena ir por conta própria!