O que fazer em Siem Reap: Templos principais e atrações



Hoje no blog, você vai saber o que fazer em Siem Reap, no Camboja. Um guia de viagem simples e objetivo, com as melhores atrações da cidade – desde os templos principais no complexo de Angkor até compras e museus. Também damos dicas de segurança, saúde e indicamos a melhor época para visitar. Siem Reap é uma das cidades mais populares entre os turistas que viajam ao Sudeste Asiático. Nós ficamos 4 noites na cidade e foi tempo suficiente para explorar os templos e realizar outras atividades.

O que fazer em Siem Reap

O principal motivo que leva os viajantes a Siem Reap, no Camboja, é sem dúvida a quantidade de templos e ruínas do complexo de Angkor, uma das capitais do antigo Império Khmer e hoje Patrimônio da Unesco. Mas a cidade também oferece o contato com uma cultura bem diferente da que nós, ocidentais, estamos acostumados e o contato com um povo simpático e sorridente. Uma das vantagens desse destino turístico são os preços acessíveis e uma excelente estrutura – com diversos restaurantes, centros de compras e hotéis para todos os bolsos.

Templos de Angkor

A atração n°1 em Siem Reap é a visita a alguns entre as dezenas de templos em Angkor, destacam-se o Angkor Wat, maior construção religiosa do mundo, com elementos hindus e budistas, o templo Bayon, com várias faces gigantes esculpidas nas pedras e o Ta Phrom, o templo onde foi filmado Tomb Raider, filme estrelado por Angelina Jolie. Ainda destacamos os templos Ta Keo, Preah Khan e Banteay Srei entre os nossos preferidos e mais bonitos.

Templo Angkor Wat Camboja

Templo Angkor Wat

Deslumbramento: esta é a sensação ao caminharmos pelos corredores, colunas e jardim do imenso Angkor Wat, o templo principal de todo o complexo Angkor – sua imagem estampa a bandeira do país, tão grande é a importância deste sítio arqueológico para a cultura local.

O templo também é muito procurado para o nascer do sol – atividade que inclui acordar bem cedo, caminhar no escuro e paciência para lidar com uma pequena multidão que também quer presenciar a alvorada.

Nascer do sol Angkor Wat Camboja

Nascer do sol em Angkor Wat

Nós combinamos com o motorista do Tuk Tuk, que nos pegou no hotel ainda de madrugada, nos aguardou no local e depois nos levou para o hotel e para as outras atividades do dia. Após fotografar o nascer do sol, você pode tanto começar sua visita fazendo algum dos circuitos dos templos (nesse caso, leve lanches com você) ou retornar ao seu hotel – nós fizemos isso. Fomos tomar café da manhã no hotel, descansamos 1 hora e depois seguimos para um outro templo mais afastado da cidade.

O templo Bayon foi um dos meus favoritos – os imensos rostos presentes em diversas torres do templo chamam atenção! Sua história é bem complexa em termos de significado, mas o fato é que o local serviu de centro religioso para hindus e budistas. Originalmente eram quase 50 torres com faces para todos os pontos cardeais, mas infelizmente apenas parte delas continua de pé.

Templo Bayon Camboja

Templo Bayon

O Ta Phrom (do final do séc. XII ao séc. XIII) é um dos templos mais impressionantes de Angkor, uma vez que as ruínas se misturaram à natureza – troncos de árvores retorcidos e enormes parecem ter “abraçado” diversas partes do que sobrou das construções.

Ta Phrom

Ta Phrom

Depois do filme Tomb Raider, que teve cenas filmadas por ali, a popularidade do local só aumentou, tanto que é um dos templos mais visitados (e lotados!) de Angkor.

Angkor tem diversos templos, nós visitamos no total 15 deles em 2 dias e meio, pois no 3° dia em Siem Reap voltamos à Angkor Wat para assistir ao nascer do sol e no mesmo dia visitamos o templo de Banteay Srei, um templo que fica mais afastado (pouco mais de 1h de tuk tuk partindo de de Siem Reap), mas que vale muito a pena pela riqueza de detalhes.

Banteay Srei

Banteay Srei

Para conhecer outros templos, planejar sua visita, itinerários, consultar preços de ingressos, obter dicas de transporte para os templos e outras informações úteis, consulte nossa matéria específica:

Pub Street & Night Market

Uma das atrações mais populares em Siem Reap é bater perna no Night Market, que fica lotado de gente diariamente. Há diversas lojas e barraquinhas vendendo todo tipo de bugiganga nesse pedacinho barulhento da cidade.

Night Market Camboja

A Pub Street é a área mais animada de Siem Reap. A região é exclusiva para pedestres e há muitos bares, restaurantes e festas com DJ e música ao vivo. Como não somos muito de balada, demos apenas uma passadinha no local e tiramos algumas fotos.

Pub Street Camboja

Feiras de Artesanato

Em Siem Reap vimos muitas feirinhas de artesanato, então é uma boa opção de passeio na cidade para o final do dia. Há desde tranqueiras made in China até bonitas peças de fabricação local. Só cuidado para não levar gato por lebre! Algumas lojas (mais caras e com produtos de melhor acabamento), têm preços etiquetados e fornecem nota fiscal, outros locais exigem negociação na hora de fechar o preço.

Andar de Tuk Tuk

Com certeza você vai precisar de uma corrida de tuk tuk em algum momento na sua viagem por Siem Reap. Não é lá muito seguro, mas é divertido e é o meio de transporte oficial do Sudeste Asiático! Nós não só fizemos os circuitos dos templos 100% de Tuk Tuk, como também usamos este meio de transporte para nos locomover pela cidade, seja para explorar as outras atrações turísticas ou para ir do hotel a algum restaurante e vice-versa. As corridas no centro são tabeladas – 2 USD cada.

Tuk Tuk Camboja

Em um fim de tarde, nós fomos inventar moda de andar 5 quarteirões pois achamos que não era necessário o tuk tuk. Pensamos: “é perto o restaurante que queremos ir”, mas as ruas são péssimas para andar, tem cachorro, galinha, muita sujeira e lixo e muitas ruas não tem calçadas. Melhor pagar o tuk tuk!

Angkor Royal Museum

Um local para visitar em Siem Reap se você quer conhecer mais da arte e cultura Khmer. O Museu Nacional de Angkor é um museu arqueológico dedicado à preservação e exposição de diversos objetos de Angkor e aborda a história do Império Khmer ao longo do tempo. Fica em um bonito prédio no centro da cidade. O ingresso custa 12 USD. Consulte o site oficial para mais informações.

Landmine Museum

Um lugar super interessante para conhecer em Siem Reap, já que mostra um panorama de como as minas terrestres afetaram – e ainda afetam –  a vida das pessoas no interior do país. Infelizmente o Camboja é um dos países com a maior quantidade de minas terrestres no mundo, como resultado de décadas de conflitos – dentre eles guerra civis, o regime comunista Khmer vermelho e o genocídio comandado pelo ditador Pol Pot, ocupação vietnamita e bombardeios dos Estados Unidos.

Landmine Museum Camboja

O museu foi idéia de Aki Ra, um cambojano que foi soldado do regime comunista quando criança e, mais tarde, dedicou seu tempo para ajudar a limpar as vilas, desarmando as bombas que ele mesmo havia plantado a mando do Khmer Vermelho. Seu trabalho cresceu e hoje atinge positivamente a vida de várias comunidades, ajudando crianças e jovens a estudar.

Seja para saber mais sobre a história de vida do fundador, ou ver a exposição de bombas e outros artefatos, mapas e mais objetos ligados ao tema, vale a pena visitar o Museu! Abre todos os dias das 7:30h às 17:30h e a entrada custa 5 USD.

Compras em Siem Reap

Além das opções locais de artesanato e roupas, tecidos e calçados locais, há também as lojas de marcas famosas. Pertinho do Night Market, encontramos uma loja duty free multimarcas com excelente preços. Vimos roupas, mochilas, tênis, acessórios e bolsas da Calvin Klein, The North Face, Nike e Under Armour por preços a partir de 20 USD! Foi uma surpresa, não esperávamos achar preços tão bons no Camboja!

Contato com o povo local

Em Siem Reap podemos perceber que a vida é simples e difícil para a maior parte da população. Todas as pessoas com quem tivemos chance de conversar e conviver ainda que por pouco tempo foram muito educadas, sorridentes e gentis. O povo cambojano tem a fama de ser amável e de sorriso fácil e realmente tivemos essa experiência super positiva durante a viagem.

As crianças mais fofinhas que você vai encontrar na vida são as cambojanas, é uma pena que grande parte delas esteja condenada a uma vida de pobreza e evasão das escolas. Nos templos vimos muitas crianças trabalhando quando deveriam estar na escola. Ao mesmo tempo, é difícil saber como agir porque vemos a situação delas e queremos comprar algo para poder ajudar.

Como o Camboja é um país budista (mais de 90% da população segue esta religião), é muito comum ver monges circulando pelos templos e na cidade. Geralmente andando em grupos e com vestimentas de cor laranja, eles chamam a atenção dos turistas. Seja discreto na hora de fotografar!

monjes camboja

DICAS GERAIS DE VIAGEM PARA SIEM REAP:

  • Documentos para viagem a Siem Reap, no Camboja: Para brasileiros, é necessário passaporte válido e visto de turismo (que pode ser obtido na chegada ao país, diretamente no aeroporto, ou pela internet. Nós fizemos pelo site oficial e recebemos o visto em menos de 24 horas! Mais uma coisa: não foi pedido, mas nós levamos o certificado internacional de vacina de febre amarela, como essas coisas mudam de uma hora para outra, preferimos levar e deixar junto ao passaporte.
  • Que moeda levar? Apesar de o Camboja ter sua moeda oficial, o Riel, leve dólares americanos e cartão de crédito ou débito. Todos os lugares turísticos aceitam USD em espécie, desde a bilheteria dos templos, até hotéis, restaurantes, lojas e tuk tuks. Provavelmente você vai receber notas da moeda local como troco, mas é tão pouco que você pode dar de gorjeta nos locais ou mesmo guardar como souvenir.
  • Saúde: Infelizmente os padrões de higiene e saúde no Sudeste Asiático estão abaixo do que estamos acostumados no Brasil. Tome cuidado ao comer alimentos crus e com casca, como frutas e saladas. Água somente engarrafada! Leve um kit farmácia na mala com seus remédios de uso frequente e também para dor, febre, e outros casos comuns que podem aparecer durante a viagem. Contrate um seguro viagem, não é obrigatório mas é recomendável!
  • Segurança: Achamos seguro andar por Siem Reap e nos templos. Crimes com armas de fogo são coisas raríssimas por lá, a cidade é bem turística e segura em geral. Tome cuidado com batedores de carteira nos lugares de mais movimento e enquanto estiver nos tuk tuk e nas ruas, segure bem bolsas, mochilas e sacolas, pois há um tipo de crime comum por lá: Bag Snatching. É comum oportunistas aparecerem em motos e puxarem bolsas e outros pertences de turistas distraídos e desavisados, parados na rua ou mesmo em movimento, nos tuk tuk.
  • Melhor época para visitar Siem Reap e os Templos de Angkor: de Novembro a Março, quando o tempo é seco e menos quente – é também a alta temporada do turismo na cidade. Mesmo assim, nós passamos muito calor! A única coisa ruim do tempo que pegamos lá foi que, por ser época de seca (fomos no final de janeiro), pegamos um ar bem poluído, que deixa o céu meio opaco e o sol um pouco “sem cor”. O problema de ir em outra época é justamente o calor insuportável dos meses de abril e maio e as chuvas torrenciais de agosto a outubro, que podem atrapalhar um pouco as andanças pelos templos.
  • Onde comer em Siem Reap: para ver nossas dicas de restaurantes, clique aqui.
  • Internet e Chip de Celular: Os chips de internet 3G/4G no Camboja são bem baratos e funcionam super bem. Compramos 1 plano de dados muito bom por excelente preço, você pode comprar nas lojas na cidade ou no aeroporto. Leia nossa matéria sobre onde comprar o chip de celular em Siem Reap, clicando aqui.

Seguindo viagem pelo Sudeste Asiático? Veja também nossas matérias da Tailândia, Laos, Malásia, Cingapura e Indonésia!

Reserve seu hotel em Siem Reap no Camboja com as melhores tarifas, através de nosso parceiro Booking! Você não paga nada a mais por isso, e nós ganhamos uma pequena comissão. Desta forma, você estará ajudando nosso site a trazer novidades e produzir guias de destinos como este! Muito obrigada!

Booking.com

Até a próxima trip!


Seguro Viagem - Segurança fundamental para sua viagem ao Exterior
Vai viajar para alguma ilha paradisíaca do Caribe? Vai fazer algum safári na África? Ou visitar algum templo na Ásia? Não se esqueça do SEGURO VIAGEM, pois ele é fundamental para pronto atendimento e serviços médicos durante sua viagem ao exterior.
Compare diversas seguradoras e tipos de cobertura (inclusive Covid-19) na SEGUROS PROMO, nossa parceira aqui no blog - acesse pelo link e use nosso CUPOM DE DESCONTO: PROXIMATRIP15, para conseguir um preço ainda mais baixo!
Você ainda pode consultar se há algum cupom de desconto ainda maior no próprio site da Seguros Promo antes de finalizar sua compra!
Conheça as principais vantagens:
  • O Melhor preço garantido! Seguros Promo cobre qualquer oferta de seguro viagem.
  • Mais barato do que comprar em seguradoras.
  • Atendimento 24hs e em português!
  • 12x sem juros no cartão ou 5% de desconto no boleto.
  • Assistencia médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem e muito mais.
Comprando através do nosso blog, pelo link ou clicando na imagem acima, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda nosso site a continuar produzindo matérias de viagens 100% independentes! Muito obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.