O que fazer em Óbidos: 12 atrações imperdíveis



Óbidos é uma linda cidade medieval cercada por uma impressionante muralha, tem apenas 11 mil habitantes – tinha 161 no século XIV !! Fica próxima de Lisboa, são apenas 85km ou 1h de viagem, dá para fazer tranquilamente um bate e volta da capital portuguesa. Conhecemos a cidade assim, e vamos mostrar aqui todos os detalhes da nossa visita: o que fazer em Óbidos, as 12 principais atrações da cidade, como chegar, mapa com a localização dos atrativos, enfim, todos os detalhes para você aproveitar ao máximo seu passeio e saber o que visitar na cidade.

O que fazer em Óbidos | 12 Atrações imperdíveis

Porta da Vila

A Porta da Vila é a entrada principal para o interior da cidade murada, foi concluída em 1380. É um Portal pequeno, porém interessante porque tem uma capela seu interior:

O que fazer em Óbidos - Porta da Vila

Porta da Vila

A capela é dedicada à Padroeira da cidade. O tema é da Paixão de Cristo, todo feito em azulejos de 1740-1745, muito bonito. Quando passamos havia um músico se apresentando embaixo dela, gostamos e paramos ali por alguns minutos, ficamos admirando e escutando. Contribuímos com uma moedinha e seguimos.

Rua direita

Esta rua é a espinha dorsal da cidade, liga a Porta da Vila ao Castelo de Óbidos no outro extremo. Na rua Direita e suas travessas estão a maioria das lojinhas de souvenir, restaurantes e atrações da cidade. Você vai andar muito por essa rua.

O que fazer em Óbidos - Rua Direita

Rua Direita

Há artesanatos expostos, alguns em louça, todos muito bonitos, é impossível seguir sem parar para conferir.

Se quiser, explore também as travessas da Rua Direita e outras ruelas em Óbidos. Você sai um pouco da muvuca e às vezes descobre um cantinho legal para fotografar…

… ou simplesmente apreciar com os olhos.

Livraria do Mercado Bológico

Livraria interessante, há livros e produtos orgânicos vendidos no mesmo lugar. Fica na Rua Direita, próximo da Porta da Vila.

Livraria do Mercado Biológico de Óbidos

Igreja da Misericórdia

Descobrimos esta igreja por acaso, batendo perna pela cidade. É bem simples por dentro, com as paredes em azulejo padrão, azul e amarelo. Depois descobrimos que ela foi originalmente fundada em 1498, como capela do Espírito Santo. As pinturas no altar são bem antigas, de 1628:

Igreja da Misericórdia

Igreja da Misericórdia

Igreja de Santa Maria

É a maior e mais antiga das 3 igrejas que visitamos em Óbidos. Não entramos pois estava em reforma na ocasião:

Igreja de Santa Maria

Igreja de Santa Maria

Castelo de Óbidos

O castelo começou como um castro romano (século I), espécie de abrigo fortificado das Legiões Romanas. Caíram os romanos, vieram os Visigodos, e depois os Muçulmanos no século VIII. Foram estes que transformaram Óbidos em uma cidade medieval: construíram uma muralha ao redor do povoado e fortificaram o castro romano, transformando-o em um Castelo. O domínio dos mouros foi encerrado em 1148, quando D. Afonso Henriques incorporou o Castelo ao reino de Portugal.

Castelo de Óbidos

Castelo de Óbidos

O Castelo fica no final da rua Direita, vizinho da Igreja de São Tiago.

Dica: a melhor vista do Castelo (foto acima) na minha opinião é do Mercado Medieval, que fica na parte de trás do Castelo.

Igreja de São Tiago e Livraria Santiago

No prédio da Igreja de São Tiago funciona a livraria Santiago. É uma parada interessante pois a livraria conjuga estantes cheias de livros dentro da arquitetura/altares da igreja:

Por dentro da Livraria Santiago, em Óbidos

Por dentro da Livraria Santiago

Igreja de São Tiago - Óbidos

Igreja de São Tiago

Mercado Medieval e Vila Natal

Na região dos fundos do Castelo, conhecida como área do mercado medieval, costumam acontecer algumas festas e eventos. São 2 as principais:

  • Mercado Medieval: feirinha que ocorre nos meses de julho e agosto, com comes e bebes, música típica medieval, lutas entre cavaleiros da Idade Média, etc. Entrada: €7,00.  Mais informações no site oficial;
  • Vila Natal: festival de natal que ocorre em dezembro. Entrada: €7,00. Mais informações no site oficial.

Nos demais meses do ano, o acesso a área do mercado medieval é livre. Dica: daí tem-se a melhor vista do Castelo de Óbidos. O acesso ao “mercado” é pelo portal de pedra, ao lado da Igreja de São Tiago (à direita na foto acima). Já nos  meses que há eventos no Mercado Medieval, este portão fica exclusivo para pessoas de mobilidade reduzida, e o acesso passa a ser feito pela rua à esquerda da Igreja de São Tiago.

Muralha de Óbidos

Como vimos, as primeiras muralhas de proteção da cidade foram levantadas Mouros, que se estabeleceram aí no século VIII. As muralhas são hoje a principal atração da cidade. É possível caminhar sobre elas.

O que fazer em Óbidos - caminhar pela Muralha

Caminhando pela Muralha de Óbidos

São 3 as escadas de acesso às muralhas. São todas em pedra, e não tem corrimão. Duas delas ficam próximas ao Castelo (uma de cada lado), e a terceira fica ao lado da Porta da Vila, essa aí da foto abaixo:

Escada de acesso à muralha de Óbidos

Escada de acesso à muralha de Óbidos, ao lado da Porta da Vila

Marquei a localização das 3 escadas de acesso no mapa ao final desta matéria. Não há cobrança de ingresso – o passeio pela muralha é gratuito.

Importante: tome muito cuidado ao caminhar sobre a muralha. NÃO HÁ CORRIMÃO. Caminhe sempre próximo da parte murada. Cuidado com as pessoas (se vier alguém no sentido contrário) e com o piso, que por vezes é irregular. Algumas semanas antes de nossa visita, um turista francês caiu do alto da muralha e faleceu.

muralha sem corrimão em Óbidos

Melhores Mirantes da cidade de Óbidos

As melhores vistas da cidade você terá durante a caminhada pela Muralha. Para quem preferir não subir, há um mirante bem legal, que fica ao final da rua Direita, na parte da frente do Castelo. Gostamos da vista (e da sombra), ficamos lá por alguns instantes admirando a cidade e nos refrescando:

Mirante da cidade de Óbidos

Mirante da cidade de Óbidos

Ginjinha de Óbidos

Experimente a ginjinha, licor originário do século XVII e típico desta região de Portugal. Você vai encontrá-la aos montes na Rua Direita, é vendida de tudo quanto é jeito: garrafas grandes, garrafinhas, dentro de copinhos de chocolate, etc. Experimentei e achei bem forte, a Erika nem quis experimentar 😄.

Ginjinha de Óbidos

Ginjinha de Óbidos

Para mais informações sobre a origem e constituição da Ginjinha clique aqui.

Aqueduto de Óbidos

Construído no século XVI, a mando de D. Catarina da Áustria (rainha de Portugal na época), tem 3 km e fica fora da cidade murada, ao lado de um grande estacionamento:

Aqueduto de Óbidos

Aqueduto de Óbidos

Dica: a melhor vista do Aqueduto é a partir da torre mais alta da muralha, próximo da Porta da Vila, localização no mapa logo abaixo.

Estas são as principais atrações desse nosso roteiro de 1 dia em Óbidos. Como a cidade é pequena, dá para conhecê-la tranquilamente, sem correria.

Por fim, mostro uma foto de toda a cidade murada de Óbidos, que tiramos com nosso Drone. O Castelo está bem ao fundo na foto (para cima, e um pouco para a direita), e a Porta da Vila está na parte inferior esquerda da foto:

Cidade e Muralha de Óbidos vista do alto com drone

Cidade e Muralha de Óbidos vista do alto com Drone

Mapa do que fazer em Óbidos

Legenda do mapa do que fazer em Óbidos:

  • Rua Direita: linha cor roxa no mapa
  • Escadas de acesso a muralha: existem 3 escadas em pedra, marquei na cor amarela no mapa;
  • Muralha: linha cor amarela no mapa;
  • Principais atrações turísticas: marcadas com a cor laranja no mapa;
  • Ponto do ônibus para Lisboa: em azul no mapa;

Onde (não) comer em Óbidos

Nós comemos muito bem durante as 3 semanas que estivemos em Lisboa, Porto, Lagos e inúmeras cidadezinhas menores por onde passamos. Em Óbidos, no entanto, tivemos uma má impressão dos restaurantes. Os poucos que encontramos abertos ficam na primeira metade da Rua Direita e arredores, e os cardápios eram muito “pega turista”. Resolvemos experimentar esse dos toldos amarelos, da foto abaixo:

restaurantes em Óbidos

Parece legal, não? Bom, entramos e ficamos lá, sentados na mesa, esperando o garçom… passaram-se 10 min e nada dele aparecer. Enquanto isso, na mesa ao lado havia uma família de brasileiros, já estavam comendo – ficamos imaginando como eles conseguiram… não sei se demos azar, mas depois de 20 minutos sem nenhum garçom nos atender, nós fomos embora e acabamos jantando em Lisboa. Se você já comeu por lá e teve uma boa experiência, deixe suas dicas aqui na caixa de comentários, pode ajudar outros viajantes.

Como Chegar em Óbidos

Nós fomos de ônibus, é a maneira mais rápida e barata de chegar em Óbidos. A viagem dura 1 hora, super rápida, os ônibus são novos e confortáveis. O Preço da passagem é de €7,85, compramos direto com o motorista. Temos uma matéria específica sobre isto aqui no site, com mapa de onde pegar o ônibus, horários, um passo a passo completo, vale a pena conferir para evitar perrengues:

Bom, é isso aí, vou ficando por aqui. Gostamos muito de Óbidos, vale muito a pena a visita. Espero que tenham gostado.

E você, já foi para Óbidos? Deixe aqui suas dicas e comentários.

Quer saber o que fazer em Lisboa? A Erika escreveu uma matéria super completa aqui no site, são 30 atrações, vale a pena conferir:

Quer usar seu celular em Portugal pagando super barato? Então compre um chip local em Portugal por apenas 10 euros. Para saber como consulte nossa matéria específica aqui no site:

Para ver todas as nossas matérias de Portugal, clique aqui.

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *