O que fazer em Chicago: Roteiro para 2 ou 3 dias na cidade



Hoje no blog vocês conferem o roteiro que fizemos em 3 dias na cidade de Chicago, nos EUA (também pode ser feito mais corrido, em 2 dias ou cortando o tempo de compras, se for o caso). Nós ainda não conhecíamos a cidade, mas já estava na minha bucket list fazia um tempão! O que mais gostei na cidade foi sem dúvida o Millenium Park e me agradou a arquitetura em geral, com o famoso skyline em destaque. Fomos em pleno verão (julho/2016), e considero a melhor época para ir, com temperaturas mais altas e céu azul. Lembre-se que é uma cidade bem ao norte dos EUA, então o inverno não é muito recomendado devido ao frio e neve intensos.

IMG_2863

O que visitar em Chicago

No tempo que tivemos na cidade, 3 dias inteiros, considerei suficiente para conhecer o básico, ou seja, se for sua primeira vez na cidade, vai dar para conhecer os pontos turísticos mais famosos. Não visitamos nenhum museu desta vez, nosso objetivo era mais o sightseeing. Para nos locomover na cidade, praticamente caminhamos – e muito – média de 8km a 9km por dia. Se você não tem a mesma disposição, pode usar o metrô e táxis para encurtar as distâncias. Chicago tem um sistema de aluguel de bikes, mas sinceramente não achei a cidade nada bike-friendly e não nos animamos.

IMG_2853

Magnificent Mile

“Magnificent Mile” é um trecho da Michigan Avenue, uma das principais de Chicago. Com muitos shoppings, restaurantes, vida noturna e prédios ícones da cidade, como Wrigley Building, John Hancock Center, Tribune Tower e Water Tower, é um dos locais mais procurados por turistas para compras e entretenimento. Curiosidade bizarra: Estávamos andando pelos vários quarteirões da avenida, quando um ônibus de linha fez uma conversão à direita e simplesmente passou com os pneus dianteiro e traseiro do lado direito POR CIMA da calçada (wtf!?) e não foi só um pouco na guia não 🙁 . Moral da história: Tome cuidado, mesmo se estiver na faixa de pedestre ou na calçada.

DCIM\100GOPRO

Para ver Chicago do alto

Um dos atrativos da Magnificent Mile é o arranha-céu John Hancock Center, com 344 metros de altura! Lá funciona um mirante, o 360 Chicago Observation Deck, no 94ºandar. Como eu adoro skyscrapers e vistas panorâmicas, não podia perder por nada. A cidade ainda tem outro prédio, Willis tower (Sears Tower) com um observatório, mas ficava mais afastado tanto das principais atrações da cidade como de nosso hotel, então preferimos ir no 360 Chicago. O John Hancock Center ainda tem uma Best Buy no térreo, ótima loja para encontrar eletrônicos e um restaurante The Cheesecake Factory, onde não pudemos nem cogitar comer, pois estava mega lotado.

DCIM\100GOPRO

A vista compensa o valor do ingresso, muito legal, realmente uma panorâmica 360º da cidade!

DCIM\100GOPRO

Do observatório, não só vimos o prédio em que está nosso hotel, o The Gwen, como vimos nosso quarto com o terraço!

IMG_2892

O observatório também tem uma atração para os mais corajosos – trata-se de uma janela que se move para baixo. Você fica com todo seu corpo suspenso em cima do vidro e com a vista de Chicago a seus pés:

IMG_2875

Millennium Park e a Cloud Gate (the bean)

O lugar que mais gostei em Chicago foi o Millennium Park e a famosa, símbolo da cidade e cartão postal Cloud Gate, ou mais conhecida como feijão gigante prateadoA escultura toda em aço inoxidável de Anish Kapoor.

IMG_2799

Parque e verão super combinam, ainda mais em um sábado ensolarado em pleno mês de julho. Pegamos o Millennium Park lotado de turistas e locais e adoramos. Tomamos sorvete, batemos perna e tiramos muitas fotos.

IMG_2814

Jay Pritzker Pavilion, obra do arquiteto Frank Gehry, presente no Millenium Park:

IMG_2827

Millennium Monument, na Wrigley Square, logo na entrada do Parque:

IMG_2796

Além de tudo, o parque ainda oferece lindas vista dos enormes prédios de Chicago, que tem um dos mais marcantes skylines dos EUA.

IMG_2836

Do parque pegamos a ponte super moderna BP pedestrian bridge que ligava o Millennium Park ao Maggie Daley Park. No local tinha mini golf e parede de escalada e outras atividades voltadas para crianças. Paramos em uma kombi que vendia sorvetes! Compramos um dos minions para recarregar as baterias e continuar nossa caminhada.

IMG_2851

IMG_5739

A região estava meio confusa nesse dia pois estava rolando o festival de música Lolapalooza, então era gente e carros para todo lado. Seguimos nosso caminho pela Lakefront Trail, que é bem mal sinalizada, complicada de acessar para quem vem dos parques. Onde já se viu uma trilha para pedestres e ciclistas, em que o acesso passa por um monte de avenidas, viaduto, túnel…fala sério. Os EUA tem essa mentalidade de carro para tudo que irrita às vezes. Nessas horas, penso que um lugar desse na Europa, próximo a parques e de frente para um lago, jamais teria tantas pistas de carro, enfim.  Fizemos essa caminhada que vai beirando o Lago Michigan, passando pelo Dusable Harbor até o Navy Pier.

IMG_2857

No caminho, um ponto para admirar o skyline:

IMG_2865

Se você quiser observar o skyline e a arquitetura arrojada da cidade, partindo de vários pontos (Navy Pier, Chicago RiverWalk e Esplanade, próx à Dusable Bridge) você pode comprar tickets para os passeios de barco para turistas. Empresas de ônibus de dois andares hop-on hop-off como o Big Bus também oferecem passeios passando pelos principais pontos turísticos de Chicago.

IMG_2870

No Navy Pier desistimos de ir na roda gigante por conta da fila. Como era fim de semana, o lugar, um misto de parque com restaurantes, teatro, lojas e cinema, estava mega lotado. Tiramos algumas fotos e resolvemos almoçar no Bubba Gump. Lotado. Tentamos um tal de Harry Caray’s Tavern, que tinha espera de 10 minutos. O lugar era bacana, comemos uma salada caesar e tomamos alguns drinks. Descansamos um pouco e fomos embora, estava cheio demais e foi um passeio meio mico!

DCIM\100GOPRO

Outro local interessante para tirar fotos dos skyscrapers de Chicago é a Dusable bridge. De lá podemos ver a Trump Tower, Wrigley building, dentre outros:

IMG_2789

DCIM\100GOPRO

Compras em Chicago

Na região da Magnificent Mile encontramos muitas lojas legais, como Apple, Disney Store, Best Buy, Nike, além de lojas de grife caríssimas. Na N State St, você encontra uma enorme loja da Macy’s, Gap, Nordstrom, H&M, TjMaxx, Target, Forever 21, American Apparel, Urban Outfitters, Footaction. Integrado ao nosso hotel, The Gwen, estava o The Shops at North Bridge. Mais ao norte da Magnificent Mile, tem o 900 North Michigan Shops, que não fomos; e também o Water Tower Place, um shopping com ar meio decadente, com lojas como Lego, Hollister, Armani Exchange, Sunglass Hut, dentre outros. Perto dos shoppings de Miami, achei esses de Chicago bem mais fracos. Além disso, o imposto daqui também é bem maior que o de Miami. Mesmo em NY acho mais legal para fazer compras. Enfim, opinião pessoal.

DCIM\100GOPRO

Onde comer em Chicago

Chicago tem várias opções para todos os gostos e bolsos. Desde o fast food e praças de alimentação dos shoppings até restaurantes badalados. Nessa viagem,jantamos no Joe’s Seafood, Prime Steak & Stone crab, ao lado do nosso hotel, onde comemos um simples mas excelente fish & chips. O restaurante estava cheio, mas conseguimos jantar mesmo não tendo reserva e chegando bem tarde da noite.

IMG_2887

IMG_5758

Também perto do nosso hotel, na região da Magnificent Mile, jantamos no Fleming’s Prime Steakhouse & Wine Bar, pedimos um NY Prime Steak top demais. Estava vazio e gostamos do atendimento.

IMG_5710

No Navy Pier, almoçamosno Harry Caray’s Tavern. O lugar estava cheio, mas o atendimento foi bom e comida veio rápido. Ambiente bem legal e descontraído, de tema esportivo.

DCIM\100GOPRO

Se quiser um hambúguer bom, com fritas muito boas e milk shake delícia a um preço bem camarada, indico a rede M burger. Adorei. Eu queria repetir a dose do Five Guys, minha hamburgueria favorita, mas as lojas em Chicago eram longe da área mais turística. Já ia quase voltando para o Brasil frustrada por não ter comido um bom lanche, ainda mais nos EUA, a terra do hambúguer. Achamos essa lanchonete em uma travessa da Magnificent Mile e gostei bastante.

DCIM\100GOPRO

Outros locais recomendados: Good Stuff Eatery, o Eataly, para comidinhas ou refeições em conta, Siena Tavern, Hard Rock Cafe Chicago, Bongiorno’s Cucina Italiana & Pizzeria e Quartino Ristorante.

Onde ficar em Chicago

DCIM\100GOPRO

Para ver o review completo do hotel em que ficamos, o The Gwen, a Luxury Collection Hotel, clique aqui. Recomendamos o hotel para qualquer pessoa que vá a turismo na cidade. Super bem localizado (a 5 minutos de caminhada da Magnificent Mile), integrado a um shopping (Shops at the North Bridge), em frente ao Eataly e próximo a supermercados, farmácia e restaurantes variados.

Vista do nosso quarto, Sunset time:

IMG_2884

E você? Tem dicas de Chicago para compartilhar? Deixe nas caixas de comentários!

Para ver mais dicas dos EUA, clique aqui.

Para procurar os melhores preços de hotéis e reservar, pesquise em nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *