5 lugares que são a cara de São Paulo



São Paulo, cidade onde nasci e moro, a maior metrópole do Brasil e uma das maiores do mundo.  Imponente e caótica, é difícil falar dela sem cair nos clichês, mas todos que nela vivem carregam  dentro de si aqueles lugares especiais que fazem parte de sua história particular e tem seus cantos preferidos ou escondidos na cidade. Eu fiz uma parceria com o Expedia Brasil para falar sobre 5 lugares que são a cara de São Paulo, onde fui desafiada a mostrar locais lindos e bacanas que representam a cidade com o meu olhar, como moradora e viajante deste mundão.

Cidade Universitária

Pense em um lugar enorme (7.443,770 m2, equivalente a 1.500 campos de futebol!! ) e com uma vasta área verde, das maiores da cidade. Coloque nessa área a universidade mais importante do país e uma das tops na América Latina. Claro que além de ser Campus da USP e de toda sua estrutura de bibliotecas e museus, a Cidade Universitária tem um papel social e de lazer no contexto da cidade. É um verdadeiro parque, aberto a estudantes, funcionários e público em geral, onde há treinos e até provas oficiais de corrida, muita gente leva o cachorro para passear ou fazer uma caminhada e andar de bike. A raia da USP também é um lugar especial, com suas águas limpas, oferece treinos e aulas de Remo, Caiaque e Stand Up Paddle. Assim como temos a curiosidade de conhecer a Universidade de Oxford em uma trip para a Inglaterra, ou o MIT e Harvard em viagem a Boston, a Cidade Universitária-USP merece uma visita de seus moradores e turistas. É um lugar especial para mim pois foi onde eu estudei, onde meu marido estudou e foi o lugar onde nos conhecemos!

Sao-Paulo-USP

Créditos da imagem acima: Por Hector.carvalho – Obra do próprio

Bairro dos Jardins

O bairro dos Jardins é lembrado principalmente por ser o lugar preferido dos endinheirados da cidade. Mas independente disso, considero o bairro um dos mais bacanas de sampa – muitos dos melhores e mais conhecidos restaurantes da cidade estão aqui – Rubayat, Marakuthai, Paris 6,  Lellis Trattoria, etc. Abriga a rua de compras mais cobiçada e famosa por suas lojas conceito e de grife – a cara Oscar Freire. Para além disso, mesmo que só queira flanar pela cidade ou parar para um cafezinho ou sorvete diferente, certamente é seu destino certo em SP. Na última vez que estive por lá, adorei o grafite do Estúdio Kobra – Einstein andando de bike!!!

Sao-Paulo-Jardins-Einstein-de-bicicleta

Foto: arquivo pessoal iphone 6 plus

Confira também as belezas de 29 cidades brasileiras no blog da Expedia.com.br

Pedra Grande – Parque Estadual da Cantareira

A Pedra Grande é o ponto final de uma trilha auto-guiada, pavimentada e indicada para pessoas de todas as idades com 9,5 km de extensão ida e volta. Trata-se de um mirante no meio da floresta da Cantareira, na Zona norte da cidade. Em dias claros e de boa visibilidade (sem poluição), descortina-se a vista da cidade – do alto dos 1010m de altitude da Pedra Grande, o Skyline de São Paulo se revela e a selva de pedra parece uma miniatura. Também é possível ver o Pico do Jaraguá (ponto mais alto da cidade) e a Serra do Mar. Fiz várias vezes esta trilha com meu marido, adoro esse lugar. Já levei meu irmão mais novo e minha mãe também. Recomendo para quem quiser um passeio diferente na cidade, e com a vista mais linda!!!

Pedra Grande - PQ Estadual da Serra da Cantareira - vista da cidade de São Paulo

Pedra Grande – Parque Estadual da Serra da Cantareira – vista da cidade de São Paulo

Ciclovia da Marginal

Um dos meus hobbies de fim de semana em São Paulo é andar de bike. Atualmente o lugar que mais frequento é a Ciclovia Rio Pinheiros, mais conhecida como “ciclovia da marginal”. Com vários km de extensão, é um ótimo passeio para se exercitar e admirar o skyline da região da Berrini, ver muitas capivaras, cotias, mesmo com o rio poluído (espero que algum dia tenha algum projeto de despoluição, a cidade merece!). Um trajeto legal é começar pela estação da CPTM  Cidade universitária, seguir até o Parque do Povo, dar um volta inteira dentro do parque, seguir até o shopping JK Iguatemi para fazer um lanche (lá tem estacionamento para bicicletas) e depois retornar pelo mesmo caminho ou mesmo emendar com algum trecho da ciclofaixa de lazer (que funciona de domingos e feriados).

Ciclovia marginal pinheiros em São Paulo - ponte de acesso ao parque do povo

Ciclovia marginal pinheiros em São Paulo – ponte de acesso ao parque do povo

Avenida Paulista

Adoro a avenida mais famosa da cidade, onde eventos de toda natureza acontecem – de protesto à parada gay. Para quem está visitando a cidade, ela é acessível por 4 estações de metrô, ônibus e por uma ciclovia moderna. Ficar por lá é top, há hotéis para todos os bolsos – do Ibis ao Meliã – há dezenas de opções de bares, cafés, restaurantes, a feira gastronômica, o MASP, o parque Trianon e shoppings com lojas diversas e serviços: tem o Paulista, o Center 3, Top Center e o recém inaugurado Shopping Cidade de São Paulo. Praticamente todo tipo de entretenimento em um só lugar. Passo todos os dias pela Paulista, indo ou voltando do trabalho, vendo aquele mar de gente…é um lugar que faz parte do meu cotidiano –  por isso considero este um dos locais com a cara de São Paulo.

Sao Paulo - avenida paulista

Créditos da imagem acima: PortoBay Hotels & Resorts

E para você, quais são os lugares que são a cara de São Paulo? Deixe nas caixas de comentários e até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *