Cuidar da saúde para viajar melhor: agende uma visita no Ambulatório dos Viajantes do Hospital das Clínicas! 2



Essa semana, precisamente no dia 20 de junho, visitamos pela 1ª vez o AVHC, Ambulatório dos Viajantes do Hospital das Clínicas. Mas se você nunca ouviu falar, deve estar pensando: Que raios de lugar é esse? Trata-se de um ambulatório do imenso HC aqui de São Paulo que oferece palestras e instruções médicas para  viajantes que pretendem conhecer lugares distantes, diferentes ou inóspitos, ou simplesmente que desejam orientações para uma viagem mais segura.

Como agendar o atendimento? O ambulatório dos viajantes não tem um site específico. Mas há um número de telefone, pelo qual são agendadas as consultas. Tel: 2661-6392. Na verdade, o telefone toca durante um bom tempo. Às vezes ninguém atende. No dia em que consegui agendar um horário, tentei durante quase 10 vezes e só então na última tentativa consegui que alguém atendesse o telefone. Mas a pessoa que me atendeu foi educada e apenas perguntou meu nome, minha idade e o país/região para onde eu iria viajar. São disponibilizados horários pela manhã e à tarde.

*As fotos desses post foram tiradas com iPhone*

Panorâmica da sala de espera do Ambulatório dos viajantes:

Ambulatório dos viajantes do hospital das clínicas

Fachada do prédio onde está localizado o Ambulatório dos Viajantes! Memorize esse lugar, pois há muitos prédios que fazem parte do Hospital das Clínicas, é enorme o local!

Prédio dos Ambulatórios - onde fica o Ambulatório dos viajantes do hospital das clínicas

Depois de entrar no prédio, vire à esquerda e você verá uma porta com um funcionário para dar informações, bem como a placa indicando o Centro de Imunizações, que fica no mesmo espaço do Ambulatório dos Viajantes – o lugar específico está indicado nas fotos abaixo:

IMG_2844

IMG_0874

Enquanto você aguarda ser chamado, tem que preencher uma ficha com dados pessoais, e outra com os dados da sua viagem, ambas estão na foto abaixo:

IMG_0871

Como foi nossa experiência:

Eu agendei um horário bem cedo para eu não me atrasar para o trabalho, então marquei às 8:00h. No entanto, apesar de chegar às 7:45h no local, demorou um pouco até preenchermos as 2 fichas. Achei que o atendimento fosse individual, o que realmente é, mas antes é feita uma palestra sobre cuidados em viagens – alimentação, proteção contra picadas de insetos (há orientação sobre como se proteger de mosquitos, repelentes indicados, enfim…), importância de ter seguro viagem, e vacinas indicadas para seu destino.

Esta palestra acontece para todos as pessoas que agendaram horários de atendimento para aquele determinado dia. No dia em que fui, o total era de 4 pessoas. A palestra foi ministrada por 3 médicas. 2 brasileiras e 1 estrangeira.

Depois da palestra, chega a hora da orientação pré-viagem. Como fomos os primeiros a chegar, e eu tinha agendado o 1º horário do dia, ficamos na sala somente eu e meu marido e as 3 médicas. As outras pessoas saíram da sala para aguardar a vez do atendimento.

Conversamos sobre nosso destino, elas perguntaram se nós tínhamos mais algumas dúvidas e checaram nossa carteira de vacinação. É muito importante levar todas as suas carteirinhas, mesmo as de muitos anos atrás, da época de criança. Eu como sou muito bitolada com esse tipo de coisa separei 1 dia antes e levei tudo, ainda ganhei elogio das médicas – elas falaram que o pessoal nem leva nada!

Como nosso destino seria China, elas nos fizeram perguntas sobre as regiões e cidades contempladas na viagem, pois assim poderiam indicar corretamente as vacinas. Moral da história – eu e meu marido saímos de lá com 2 vacinas tomadas cada um, além de indicação de mais 4 para tomar na rede particular (as que são fornecidas gratuitamente pelo hospital podem ser tomadas no mesmo dia de sua consulta no Ambulatório dos Viajantes).

Ah! Uma coisa importante: chegamos lá, como eu havia dito, às 7:45h… saímos de lá às 9:45h…então é fundamental ir com um tempo de folga, já que o tempo para preencher as fichas, o atendimento, a palestra e tomar as vacinas nos tomou 2 horas! Isso porque não esperamos muito!

Conclusão:

Para viajantes independentes, que viajam com frequência, algumas das dicas podem soar até repetitivas, já que quem lê e se informa sobre viagem e sobre o país que vai visitar geralmente também vai atrás desse tipo de informação. Mas sabemos que muita gente não tem as informações (ainda que básicas) e outras nem vão atrás delas. De qualquer forma, dicas para preservar sua saúde em viagens nunca são demais. E as médicas foram bem solícitas e simpáticas conosco.

Por ser um serviço gratuito, em um hospital público, considero o serviço prestado no Ambulatório dos Viajantes muito bom. E recomendarei sempre que tiver oportunidade. O principal item para mim foi o fato de poder ter uma orientação com relação às vacinas, inclusive vacinas que não tem exatamente a ver com a viagem, mas que de repente podem estar atrasadas e você pode regularizar por lá mesmo.

Para chegar ao local, há diversas linhas de ônibus que dão acesso ao Hospital das Clínicas e os pontos de parada principais (e mais próximos) estão na Avenida Rebouças e na Avenida Dr. Arnaldo. Outra opção é descer na estação Clínicas do metrô.

Saúde e viagens para todos… até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Cuidar da saúde para viajar melhor: agende uma visita no Ambulatório dos Viajantes do Hospital das Clínicas!

  • Marcus

    Oi!
    Bastante didático o texto!
    Estive hoje (10/09/2014) no Centro de imunizações do HC para vacina contra febre amarela.

    Não foi preciso agendar, o atendimento está sendo feito por ordem de chegada.

    Também não precisei preencher nenhum formulário, talvez pelo fato de o destino ser nacional.

    O atendimento foi bem rápido. Quando cheguei haviam 8 pessoas na minha frente (observei que muitas portavam a ficha do Certificado internacional de vacinação) e todos fomos atendidos em aproximadamente 25 minutos.

    Bem é isso!

    • Erika Autor do post

      OLá Marcus, obrigada pela sua participação.

      Realmente para a vacina de febre amarela não é necessário o agendamento, somente em caso de você querer participar de um consulta no Ambulatório com orientações sobre destinos de viagem “exóticos”.

      Até logo!