O que fazer em Cunha: 10 passeios imperdíveis



Hoje no blog, você vai descobrir o que fazer em Cunha, cidade do interior de São Paulo excelente para passar um fim de semana ou feriado, com diversas opções de atividades, gastronomia e natureza. Cercada pelas serras do Mar, da Bocaina e da Mantiqueira, Cunha fica a pouco mais de 230 km da capital paulista e tem por volta de 21 mil habitantes; saiba quais são os 10 passeios imperdíveis da cidade neste guia de viagem!

O que fazer em Cunha – As principais atrações turísticas

Lavandários

O Lavandário é o lugar mais famoso de Cunha, com vistas estonteantes das serras, muitos “pompons” de lavanda, mirantes e uma lojinha cheia de produtos como óleos, cremes e lembrancinhas em geral.

O Lavandário, principal ponto turístico de Cunha

Não podemos esquecer da oportunidade de provar até sorvete de lavanda (e também de verbena ou lavanda com chocolate belga!). Eu e meu marido provamos 2 sabores, mas comentei com ele que, apesar da experiência diferente, me senti comendo um sabonete! Começamos a rir e ele concordou comigo! 😆

Experimentando o sorvete de lavanda em Cunha

Há estacionamento, banheiros e a entrada é paga – consulte aqui o valor atual e dias de funcionamento.

Já o Contemplário me surpreendeu. Uma estradinha curta subindo morro acima até chegar em um grande campo de plantações, não apenas lavandas, que são as estrelas do local, mas também há alecrim, capim limão e outras plantas aromáticas, sem contar que há banquinhos de madeira espalhados pelo caminho para descansar e respirar ar puro.

Um lugar lindo, belíssima paisagem! A entrada é gratuita. Em nossa opinião também é um passeio imperdível em Cunha! Veja mais informações e dias de funcionamento no site oficial.

Belas paisagens no Contemplário, em Cunha

Cachoeiras de Cunha

Se tem uma coisa que não dá para deixar de fazer em Cunha é conhecer uma ou várias das cachoeiras da região. A cachoeira da Pimenta fica longe do centro da cidade (mais de 30 min de carro) e o acesso é por uma estrada de terra com trechos péssimos, mas a queda d’água é enorme e vale a pena conferir.

O estacionamento é improvisado e a lanchonete é bem simples, convém levar frutas e seu próprio lanche para o passeio.

Ali pertinho da Cachoeira do Pimenta fica a Cachoeira do Desterro, que não tivemos tempo de visitar!

Você pode também visitar em Cunha as cachoeiras do Parque Estadual da Serra do Mar, a 18 km do centro. Veja mais informações aqui.

Outro lugar que adoramos conhecer em Cunha foi o Canto das Cachoeiras. Uma propriedade privada que foi transformada em atração turística e indicamos para toda família, de crianças a idosos. A cachoeira principal fica a poucos minutos de caminhada da portaria, onde se paga o ingresso (e em tempos de pandemia, ganhamos junto uma máscara).

Cachoeira em Cunha, interior de São Paulo

Há outras pequenas trilhas que levam a pequenas quedas d’água e passam pelo meio da mata. Ainda há 2 simpáticos cachorros que vem brincar com o visitantes, eles circulam livremente e seguiram a gente na trilha!! 😆🐶 são mansinhos e brincalhões.

O Canto das Cachoeiras tem estrutura completa com sanitários limpos, estacionamento e um simpático bistrô. Veja aqui o valor do ingresso e dias/horários de funcionamento.

Mercado Municipal e Igrejas históricas de Cunha

Passeando pelo centrinho, percebemos que Cunha é uma típica e pacata cidade do interior. Há alguns restaurantes, uma praça com igreja e fontes de água, uma feira de artesanato e pequenos comércios que vendem produtos de cerâmica e alimentos produzidos na região.

Cunha tem vários edifícios tombados, alguns com proteção das fachadas e interior da edificação. A Igreja Matriz (1731) e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (1793), que servia de local de culto para os escravos e brancos pobres são as mais famosas.

Em 1948, Cunha tornou-se Estância Climática e hoje é um destino turístico de destaque no estado de São Paulo, por suas construções históricas, atrativos naturais e culturais.

Ainda no centro, o Mercado Municipal é um dos lugares para visitar em Cunha – ali há venda de produtos feitos na região como mel, bebidas, peças de couro e artesanato. Confesso que achei o lugar minúsculo e com estrutura precária. Cabe à administração local fazer uma reforma para assim proporcionar mais conforto aos visitantes e mais estrutura aos lojistas.

Pedra da Macela

Se você gosta de trilhas e aventura, vai adorar um dos principais passeios de Cunha – a Pedra da Macela. Trata-se de uma trilha toda em asfalto, mas sempre em subida, e que no final te proporciona uma linda vista das montanhas e do litoral a 1840m de altitude. Em dias claros dá para ver o norte de Ubatuba, Ilha Grande, Angra dos Reis e Paraty.

Pedra da Macela é destino dos visitantes em busca da natureza, em Cunha

Reserve pelo menos metade de um dia para esse passeio. Quando visitamos, anos atrás, ninguém sabia direito sobre o local, hoje é um dos lugares mais buscados para ecoturismo na região. Para saber mais sobre este passeio e como chegar lá, consulte nossa matéria específica:

Agências de viagens fazem tours de 1 dia desde Paraty e até mesmo de São Paulo, inclusive com saídas de madrugada para os turistas assistirem ao nascer do sol lá no alto 🌄. Mas pessoalmente, recomendamos ir de carro, assim terá liberdade de horário e pode fazer a trilha no seu ritmo.

Gastronomia de Cunha

Para experimentar a boa gastronomia da cidade, fizemos uma lista com 10 restaurantes, bares e empórios mais recomendados (todos você consegue localizar no Google Maps e ver os últimos reviews no TripAdvisor!) para você saber onde comer em Cunha:

  • Dona Felicidade
  • Moara Café
  • Drão Restaurante & Ateliê
  • Veríssima Bistrô
  • dO Gnomo Restaurante & Petiscos
  • La Taverne Bistrô
  • Bethlehem Cozinha Artesanal
  • Raízes Cunha
  • Casa da Serra Restaurante
  • Fazenda Aracatu

Dica extra: Gostamos do lugar rústico e da vista do Empório Serrano. Por lá servem café, sucos naturais, além de refeições, lanches e porções. Por R$ 15 por pessoa, experimentamos um pão com linguiça da região e pedimos suco natural de abacaxi com hortelã. Uma boa forma de enganar a fome e com a bonita vista panorâmica das montanhas de Cunha.

O Olival

Mais um passeio diferente para fazer em Cunha – visitar os campos de oliveiras cercados pela mata atlântica! A visita acontece ao som de música clássica, e você ainda pode reservar um almoço ou jantar no bistrô do local e/ou fazer uma visita guiada para análise sensorial de azeites, conhecer o processo de cultivo das oliveiras e aprender a reconhecer um azeite extra virgem! Veja as informações completas no site oficial.

Ateliês de Cerâmica, Cervejarias e Vinícolas de Cunha

Alguns dos atrativos turísticos de Cunha são seus famosos ateliês de cerâmica (a cidade ficou famosa por conta dos diversos produtores locais, sendo que  alguns utilizam a técnica oriental dos fornos noborigama. Veja aqui a lista completa dos ateliês da cidade! No centro, não deixe de conhecer a Casa do Artesão.

Para os que não dispensam uma cervejinha ou apreciam um bom vinho, Cunha também não decepciona. Na estrada SP-171, bem próximos um do outro estão o Ateliê da Cerveja Caminho do Ouro e a Vinícola Monte Boa Vista, que tem degustação, adega, vinhedos, café e restaurante.

Cervejaria Artesanal em Cunha, na beira da rodovia SP 171

No caminho para a Pedra da Macela, também dá para visitar a WolkenburG cervejaria, veja mais informações no site oficial. Outro local bastante visitado é a Cervejaria Reale.

Portal da Cidade

Um ponto turístico em Cunha é o seu portal de acesso à cidade, onde os visitantes sempre param para uma foto. Tem algumas vagas de estacionamento logo após cruzar o portal, mas achei que o local estava bem abandonado. Uma pena, basta ver em cidades como Holambra, Campos do Jordão ou Gramado como um portal bem cuidado já dá uma ótima impressão aos turistas.

Estrada Cunha – Paraty

Agora que você já sabe o que fazer em Cunha, colocamos mais este passeio extra, caso deseje seguir viagem! Trata-se do antigo Caminho do Ouro, a simpática e sinuosa estrada Cunha-Paraty, que vem serpenteando rumo ao litoral em meio à mata atlântica do Parque Nacional da Serra da Bocaina. Na época do ciclo da mineração, um caminho foi aberto de Ouro Preto a Paraty, como forma de levar para a região portuária o ouro vindo das Minas Gerais e enviar para a coroa portuguesa.

Tanto em Cunha como em Paraty (assim como em várias cidades de MG) você encontra os totens sinalizando que ali passava o antigo caminho. Hoje há uma rota turística consolidada em torno da “Estrada Real”, veja as informações aqui.

Totem da Estrada Real na estrada Cunha-Paraty

Onde se hospedar em Cunha?

Nós ficamos em Cunha por 2 noites, na Pousada Dona Felicidade, que fica bem afastada do centro, em uma zona rural. São quartos simples, mas com lareira, frigobar e wi-fi (não tem TV) e bastante espaço; o café da manhã está incluído na diária.

Gostamos do ambiente familiar e da simpatia dos proprietários. O ponto alto da hospedagem fica para o Restaurante Dona Felicidade que fica na pousada (também aberto ao público geral) onde são servidas as delícias do Chef Miro, que vão de carnes e trutas a saladas com todos os ingredientes colhidos na horta do sítio – alface, tomate, pepino…

Manteiga, pão de queijo e bolos que são servidos no café da manhã também são todos preparados localmente, adoramos! Ah, eu experimentei bolo de pinhão e estava muito gostoso. Nos jantares na pousada, comemos Truta grelhada com shitake (cultivado também localmente) e batata rosti e no outro dia um carne de cordeiro com polenta. Uma comidinha saborosa para os dias de frio que pegamos lá!

Gastronomia local em Cunha, interior de São Paulo

Reserve seu hotel ou pousada em Cunha através de nosso parceiro Booking, você consegue as melhores tarifas e nós ganhamos uma pequena comissão, sem que você pague nada a mais por isso! Você estará ajudando nosso site a produzir mais guias de viagem 100% independentes como este aqui!! Muito obrigada!

Confira o box de ofertas:

Booking.com

E você, já conhece Cunha? Tem alguma dica ou pousada para indicar? Deixe nos comentários!

Confira também nossa lista de destinos, para mais dicas de viagens de fim de semana perto de São Paulo!

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *