Nazca, Peru: atrações turísticas além das linhas 10



A grande maioria de turistas que visita Nazca fica na cidade apenas algumas horas para fazer o sobrevoo sobre as famosas linhas de Nazca. No nosso caso, na trip pelo Peru ficamos 2 noites na cidade e tivemos 2 dias e meio para explorar as atrações. Hoje falo um pouco sobre estes passeios além das linhas, que você pode incluir no seu roteiro caso tenha mais tempo na região. Contratamos todos na mesma agência, na rua principal da cidade, Jiron Bolognesi, onde há vários outros locais que organizam estes tours. Também é possível contratá-los em hotéis. Os passeios aqui citados foram realizados no período de 2 dias.

Casa Museu Maria Reiche

O museu é dedicado à pesquisadora, matemática e arqueóloga alemã-peruana que dedicou a vida ao estudo das linhas e geóglifos  de Nazca. Ela viveu nesta casa simples no meio do deserto durante muitos anos. O museu com várias peças, mapas e outros itens expostos está aberto desde 1994.

Nazca: Casa Museu Maria Reiche

Ruínas Paredones/Caxamarca

Ruínas distantes a 2 km de Nazca, primeiramente recebeu o nome de Paredones, mas alguns tours vendem como Caxamarca, que foi o nome original inca dado ao lugar. Pelo tamanho do local, o guia explicou se tratar de um antigo centro administrativo, mas claro eu não tenho certeza rsrsrs.

Nazca: Ruínas Paredones/Caxamarca

Nazca: Ruínas Paredones/Caxamarca

Aquedutos de Cantalloc

Um complexo de vários aquedutos, de vários tamanhos diferentes, revelam toda a tecnologia e engenharia na época inca. Os canais de água são usados até hoje, segundo informação do guia.

Nazca: Aquedutos de Cantalloc

Parece tudo seco e árido olhando de cima, mas tem água lá em baixo!

Nazca: Aquedutos de Cantalloc

Nazca: Aquedutos de Cantalloc

IMG_0685

Cemitério de Chauchilla

Um passeio um tanto quanto macabro, mas interessante pensar que ossadas e objetos estão tão bem conservados, havia muito mais coisas – objetos de ouro, cerâmicas, roupas de couro – mas tudo isto foi levado por ladrões, que claro deixaram o monte de ossos para trás. O local tem mais de 1000 anos e remete à época da cultura Ica-Chincha. Está a 28 km ao sul de Nazca.

Cemitério de Chauchilla em Nazca - Perú

Cemitério de Chauchilla em Nazca

Nazca: Cemitério de Chauchilla

Cemitério de Chauchilla - Nazca - Perú

Punta San Fernando

Fantástico! Se eu pudesse resumir o passeio em uma palavra seria essa. O passeio mais interessante eu deixei por último. É o mais distante de Nazca. Trata-se de uma reserva com rica fauna e de beleza exuberante. Atravessamos o deserto até chegarmos ao Oceano Pacífico, com suas águas frias e agitadas. De buggy todo equipado,  o tour sai da cidade de Nazca, levando um grupo de 5 ou 6 turistas, mais o motorista e o guia. O pequeno grupo deixa o passeio mais exclusivo e com maior qualidade. Vimos muitos leões marinhos e aves. No meio do caminho há uma parada para 30 minutos de sandboard. Não esqueça de levar um corta-vento e um casaco quente, pois o vento é forte e à tarde o tempo esfria muito no deserto.

Buggy

Ruta panamericana de buggy

IMG_8835

IMG_8879

IMG_8887

IMG_0699

Mapa de Punta San Fernando - Perú

Punta San Fernando - Perú

Punta San Fernando - Perú

Punta San Fernando - Perú

Punta San Fernando - Perú

Leões marinhos - Punta San Fernando - Perú

IMG_9003

IMG_0738

Tem mais dicas de Nazca? Deixe suas experiências na caixa de comentários.

Para conseguir as melhores tarifas nos hotéis, reserve através de nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 pensamentos em “Nazca, Peru: atrações turísticas além das linhas

  • saulo borges

    muito legal o site, quero ir em dezembro com uma turma de motociclistas e estava procurando roteiros que não se resuma somente ao vale sagrado, vou chegar pelo acre ate porto maldonado que fica relativamente perto do vale sagrado, e tenho que sair pela bolivia através do lago titicaca, tem alguma sugestao sobre roteiro para nos dar? com relação a custos, esses passeios que vc descreveu são caros? grato, e parabéns novamente pela iniciativa.

    • Erika Autor do post

      Oi saulo, esta trip pelo Peru fiz de onibus, entao nao sei te dar dicas detalhadas. Mas posso dizer que as estradas sao bem perigosas!! Sua viagem vai ser uma aventura. Pelos seus locais de entrada e saída, voce vai ter que fazer um desvio grande para o norte do Peru para visitar Nazca, Ica , e arequipa se for o caso, pois o lago titicaca e bolivia ficam ao sul de cusco. Dependendo da quantidade de dias, no entanto, dá sim para fazer. Os passeios no Peru nao sao caros, o país de modo geral é barato para o turismo. Refeicoes populares e em restaurantes simples tambem sao bem em conta.
      Boa trip!

    • Gustavo

      Igor, contratamos todos os passeios na mesma agência, fica rua principal da cidade, Jiron Bolognesi, tem várias agencias por ali. O passeio a Punta San Fernando fechamos com outra família em um tour privado, dividimos o custo e não foi caro, saímos pela manhã e retornamos no meio da tarde. Boa viagem!

  • Renato

    Oi Érika! Estou adorando o site. Parabéns! Vamos pra Lima e queremos conhecer Paracas, Ica e Nasca. Você acha que vale a pena ir de ônibus e dormir 3/4 dias em Ica, separando um dia para cada passeio ou vc acha que vale dormir um noite em cada local? Obrigado!

    • Erika Autor do post

      Oi Renato! Obrigada pela visita ao site! Se você quer conhecer todos esses locais, acho que vale sim gastar esse tempo para a região. Eu fiquei 2 dias em Ica e 2 dias e meio em Nazca para fazer todos os passeios que eu queria. Só acho que de Ica fica meio puxado fazer bate-volta para Nazca, entao eu recomendo fazer como nós fizemos… dividir a estadia, mas isso é pessoal e apenas uma sugestão para o dia render mais! Na volta da sua trip, deixe suas dicas e impressões por aqui! Boa viagem!