O que fazer em Vilnius: 20 atrações imperdíveis



Na matéria de hoje você vai conhecer Vilnius, capital da Lituânia – um dos três países Bálticos ao norte da Europa. Vamos explorar 20 atrações imperdíveis na cidade, para você saber o que fazer em Vilnius e aproveitar melhor seu passeio a esta bela cidade, cujo centro histórico é patrimônio da Unesco desde 1994.

Nós visitamos Vilnius em pleno verão e ficamos ao todo 3 noites na cidade (2 dias inteiros). No primeiro dia passeamos por Vilnius e exploramos seus principais pontos turísticos – o centro histórico é pequeno, dá para fazer tudo a pé. No segundo dia em Vilnius fizemos um bate e volta ao castelo de Trakai.

Mas antes de vermos o que fazer em Vilnius, seguem alguns fatos e informações úteis sobre a cidade:

  • Inverno em Vilnius:
    • Temperaturas entre zero e -10 °C.
    • Sol nasce 8:30h e se põe às 16:00h.
    • Com apenas 7 horas de luz, os dias no inverno são curtos.
  • Verão em Vilnius:
    • Temperaturas mais amenas, de 12 a 23 °C.
    • Sol nasce 5:00h e se põe às 22:00h.
    • Os dias no verão tem 17 horas de luz, mais que o dobro em relação ao inverno.
  • Religião: 77% da população é católica;
  • Moeda: Euro;
  • Língua oficial: Lituano. Falam inglês? no centro turístico da cidade, hotéis e restaurantes, dá para se virar no inglês.
  • População: 550.000 habitantes. Lituanos 63%, Poloneses 16%, Russos 12%, outros 9%;
  • Centro histórico: é Patrimônio da Unesco desde 1994;
  • Membro da União Européia desde 2004.
  • Preços: Achamos bons os preços em Vilnius, na Lituânia. Pagamos em média 10 euros por pessoa para jantar.

O que fazer em Vilnius, na Lituânia | 20 Principais atrações

Apesar de Vilnius ser a maior cidade da Lituânia, com 550 mil habitantes, seu centro histórico é pequeno e pode ser conhecido tranquilamente a pé.

Caso visite a cidade no verão, como nós, com 1 dia em Vilnius dá para conhecer a grande maioria das atrações. Este tempo, porém, não será suficiente para explorar os vários museus que a cidade tem a oferecer. Para conhecê-los, considere pelo menos 2 dias em Vilnius. Se for no inverno, adicione mais um dia – pois além dos dias mais curtos nesta época, as atrações em geral abrem mais tarde e fecham mais cedo.

RUA PILIES: Pilies gatvėficam a maioria dos restaurantes, hotéis e as principais atrações no centro histórico da cidade – vide nosso mapa ao final desta matéria (marquei a rua Pilies na cor vermelha).

o que fazer em Vilnius - passear rua Pilies

Rua Pilies, em Vilnius

CATEDRAL E BASÍLICA DE VILNIUS: este é o principal templo religioso da Lituânia, sedia os eventos mais importantes do país. As coroações dos grão-duques da Lituânia foram realizadas aí. O Papa Pio XI deu a Catedral o título de Basílica em 1922.

Destaque para a capela de São Casimir, do século XVII, que fica no interior da Basílica e atrai milhares de peregrinos de todo o país. No subsolo estão os restos mortais de figuras históricas, como Vytautas o Grande – Grão Duque da Lituânia, Rei Alexandre da Polônia, Rainha Elisabeth da Áustria, etc.

Catedral e Basílica de Vilnius

Catedral e Basílica de Vilnius

No verão, o horário de visitação da Basílica vai das 7:00 às 19:00 – durante o horários das missas a entrada é restrita aos fiéis. Para mais informações, horários das missas, etc consulte o site oficial da Basílica clicando aqui.

Em frente a Basílica fica o campanário da Catedral (Bell Tower), torre à esquerda na foto acima. Para quem quiser, dá para subir na torre, custa 5€/adulto. Para horários e informações atualizadas, consulte o site oficial aqui.

GEDIMINAS CASTLE TOWER: Totalmente restaurada em 1930, esta torre fez parte do antigo castelo da Lituânia, do século X. Há duas maneiras de chegar ao topo da colina, onde fica Gediminas Castle Tower:

  • A pé: a trilha começa no parque ao lado da praça da Basílica de Vilnius – vide mapa ao final desta matéria, marquei a trilha em cor laranja.
  • De Funicular: o acesso ao funicular fica na parte interna do Museu Nacional da Lituânia. Além da entrada do Museu, o uso do Funicular custa 2€/adulto.
o que fazer em Vilnius - Castle Tower

Gediminas Castle Tower

Repare na foto que tiramos, também aparece (ao fundo) a torre de televisão de Vilnius, outra atração turística importante em Vilnius, mas que fica fora do centro histórico. A torre de TV é o prédio mais alto da Lituânia, com 326m de altura. Há um museu no local, sobre o processo de independência do país – na época 14 civis foram mortos ali pelo exército soviético. Há também um observatório no alto da torre, ingressos de 8 a 11€/adulto- os preços variam conforme o dia da semana. Para mais informações, consulte o site oficial da torre de TV.

THREE CROSSES MONUMENT: São três cruzes que ficam no topo de um morro, no parque ao lado da Basílica de Vilnius. Para chegar lá, há uma trilha por dentro do parque, tem 1,2km (ida e volta 2,5km), o acesso é pela praça ao lado da Basílica – marquei na cor verde no mapa ao final desta matéria. A na parte final da trilha é uma boa subida, com dezenas de degraus – minha perna e da Erika ficaram bambas quando chegamos lá no alto!

Para quem gosta, é um passeio legal para fazer em Vilnius, pela caminhada em meio a natureza e pelo mirante ao final da trilha, que oferece uma ótima vista da cidade. A vista será sua recompensa!

CAMPANÁRIO DA IGREJA DE SÃO JOÃO: A torre da igreja de São João é o prédio mais alto do centro histórico. Esta é outra atração imperdível em Vilnius, não deixe de visitar pelos seguintes motivos:

  • A parte de baixo da torre tem (em funcionamento!) um pêndulo de Foucault, semelhante ao que o famoso físico Francês usou em 1851 no Panteão de Paris para demonstrar a rotação da terra em torno do próprio eixo. Se alguém já visitou o Panteão em Paris vai se recordar na hora!
  • No topo da torre há um mirante, com outra super vista da cidade. São 193 degraus até o topo! Vale muito a pena subir.
  • O prédio da Igreja de São João é integrado à Universidade de Vilnius. Lá do alto tem-se a melhor vista do pátio da Universidade.
Torre da Igreja de São João (St. John), em Vilnius

Torre da Igreja de São João (St. John), em Vilnius

A torre fica aberta de maio a setembro, das 10h às 19h (ingressos até as 18h30). O ingresso custa 3€/adulto. No inverno, de outubro a abril, fica fechada.

UNIVERSIDADE DE VILNIUS: Fundada no século XVI, é uma das mais antigas universidades da Europa. Os prédios mais antigos do campus são os das faculdades de História e Filosofia. Atualmente, a universidade tem 23.000 estudantes distribuídos em 12 faculdades. Fica ao lado da Igreja de São João.

Fica aberta todo o ano para visitação, de março a outubro, todos os dias da semana exceto domingo, das 09:00 às 18:00hs, e no inverno, das 9:30 às 17:30h. A entrada custa 1,5€/adulto. Para informações atualizadas consulte o site oficial aqui.

PALÁCIO PRESIDENCIAL: Conhecido como Prezidentūra em Lituano, esta é outra atração importante para visitar em Vilnius. Já passaram por aí o Czar russo Alexandre I, o rei Luis XVIII da França e o Imperador Napoleão Bonaparte. Atualmente é residência da presidente da Lituânia.

O que fazer na Lituania - visite o Palácio Presidencial

Palácio Presidencial na Lituânia

Visitamos o palácio no final de semana de comemoração dos 100 anos de independência do Estado da Lituânia. As ruas estavam lotadas, milhares de pessoas vestidas a caráter, foi muito interessante participar do evento e ver como as pessoas estavam animadas:

Ficamos ali observando a festa popular. O palácio até então estava isolado, mas ao final da festa, a área foi liberada, e entramos para tirar uma foto. Erika notou ao nosso lado uma senhora, que todo mundo queria cumprimentar ou tirar uma foto e que estava com 3 seguranças por perto… adivinhem quem era? A presidente da Lituânia!! Foi o mais próximo que nós já chegamos de uma presidente!

Para mais informações sobre o Palácio Presidencial, consulte o site oficial aqui.

IGREJA DE ST. ANNE e IGREJA DE BERNARDINO: Estas igrejas ficam lado a lado. A igreja original de St. Anne foi construída no início do século XV, toda em madeira em homenagem a Anna, duquesa da Lituânia e esposa de Vytautas, o Grande – herói nacional. Acabou pegando fogo. A igreja que vemos hoje foi reconstruída décadas depois, no mesmo século.

IGREJA DOMINICANA DO ESPÍRITO SANTO: Esta igreja não é tão bonita por fora, mas é linda por dentro. Se passar por ela, não deixe de entrar. Fica próxima ao Palácio Presidencial, na rua Dominikonų (marquei no mapa).

RUAS LITERATU E  Rusų: Estas ruas tornaram-se uma atração turística muito visitada em Vilnius a partir de 2008, quando um grupo de artistas resolveu decorá-las, homenageando a cultura e obras literárias de escritores Lituanos e Poloneses – dentre eles, Adam Mickiewicz, que viveu nesta rua mesmo. A rua Literatu tem até um site oficial!

MUSEU DAS VÍTIMAS DO GENOCÍDIO: Também conhecido como KGB Museum, fica no prédio ocupado pela Gestapo em 1941, e posteriormente transformado em escritório, prisão e câmaras de tortura pela KGB de 1944 a 1991.

Atualmente o museu aborda os anos sombrios do domínio nazista e soviético sobre a população – estima-se que 20 mil Lituanos e 200 mil judeus foram mortos neste período. Até 2011, sofreu duras críticas da opinião internacional por não abordar o genocídio dos judeus neste período. Hoje há um setor específico no museu sobre esta questão.

Se tiver tempo, inclua em seu roteiro por Vilnius, é uma atração importante para conhecer, fica próximo da avenida Gediminas. Para mais informações, dias e horários de funcionamento, consulte o site oficial do museu.

MUSEU NACIONAL DA LITUÂNIA: para quem quiser conhecer mais da história do país, este é um dos principais museus para se visitar na Lituânia. O museu é dividido em duas exposições:

  • A exposição ” The New Arsenal” aborda a história e cultura da Lituânia desde a formação do Estado Lituano até o século 20, custa €3/adulto;
  • A exposição “The Old Arsenal” aborda o período anterior, chamado “pré-história” da Lituânia, custa €2/adulto;
  • Horário de visitação: das 10:00 às 18:00h (ambas as exposições);

MUSEU NACIONAL DA LITUÂNIA

O preço dos ingressos são baratos, e caso se interesse pela história do país, vale a visita. Para informações atualizadas sobre preços e horários de abertura, consulte o site oficial do museu clicando aqui.

MUSEU DE ARTE DA LITUÂNIA: É um conglomerado de museus dedicado a arte lituana. Para detalhes sobre as exibições, horários de visitação e outras informações consulte os sites específicos:

VILNIUS MUSEUM OF ILLUSIONS: Museu com obras que criam ilusões de ótica, não é atração essencial para conhecer em Vilnius, mas pode ser interessante para visitar com crianças. Para mais informações consulte o site oficial do museu.

GATES OF DOWN: Este é um dos portões remanescentes da antiga muralha do século XVI, que protegeu Vílnius dos Criméios. No segundo andar do portão há uma capela, com uma bela imagem ortodoxa da Virgem Maria:

Imagem: Wikipedia

STREET ART EM VILNIUS: Para quem gosta de Street Art, há algumas ruas em Vilnius que reúnem obras muito interessantes, como a dos irmãos brasileiros Os Gêmeos (cujo avô era Lituano). A obra, à direita na foto abaixo, fica na rua Pylimo g. 66 (também marquei no mapa ao final da matéria, na cor azul):

O que fazer em vilnius - street art

Street Art em Vilnius

Para mais informações e mapa completo de todas as obras e murais de Street Art em Vilnius, consulte este link aqui.

PALÁCIO DO GRÃO-DUCADO DA LITUÂNIA: Do século XV ao final do século XVIII, este local foi o centro da vida política na Lituânia. Foi demolido em 1801 e totalmente reconstruído entre 2002 e 2018, super recente.

Palácio do Grão-Ducado da Lituania

Palácio do Grão-Ducado da Lituânia

As exposições abordam a arquitetura Lituana, coleção de armas, o estilo de vida do grãos-duques e residentes do palácio, dentre outros assuntos. Nós visitamos apenas por fora, é o prédio vizinho da Catedral e Basílica de Vilnius. Para mais informações consulte o site oficial.

AVENIDA GEDIMINAS: esta é a avenida mais importante de Vilnius. Foi trocando de nome conforme os regimes: sob o domínio nazista chamou-se avenida Adolf Hitler, depois, com os soviéticos, foi renomeada para Stalin. Depois virou Lenin, e hoje chama-se Gediminas, em homenagem a grão duques da Lituânia.

Quando a visitamos, a avenida estava toda enfeitada e fechada para carros, em virtude da comemoração dos 100 anos da independência da Lituânia:

REPÚBLICA UŽUPIS: Este é um bairro curioso em Vilnius, que se auto-proclamou um “estado independente”. Quatro séculos atrás, era um bairro pobre. Com os soviéticos, a situação ficou ainda pior. Após 1991, quando vários artistas, atraídos pelos baixos preços das moradias, passaram a morar aí, o bairro se reergueu. Hoje, por conta da propaganda da república dos Užupis, com direito a hino e presidentes próprios, é uma atração turística bastante visitada em Vilnius!

ANTIGA CÂMARA MUNICIPAL E PRAÇA DA PREFEITURA DE VILNIUS: A primeira “prefeitura” da cidade surgiu neste local, no século XIV. De lá para cá, sofreu várias reformas, a última que vemos (atual) é do final do século XVIII. Atualmente é um espaço para exposições e eventos do governo.

Para mais informações, consulte o site oficial da Prefeitura de Vilnius.

ZEMACH SHABAD MONUMENT: Próximo da praça da prefeitura fica a estátua em homenagem ao médico judeu Zemach Shabad. Formado na universidade de Moscou, este médico Lituano dedicou sua vida a atender não apenas às pessoas mas a também aos animais. Não é uma atração imperdível para visitar em Vilnius, mas achamos bonita a cena retratada na estátua. Se estiver passando na região, fica aí a dica!

Zemach Shabad monument

Fica próximo do Museu das Ilusões e Igreja de São Casimir.

IGREJA DE SÃO CASIMIR: Obra dos jesuítas, foi uma das primeiras igrejas barrocas construídas em Vilnius, em 1616, fica ao lado da Praça da Prefeitura. O Domo, que vemos na foto, foi construído no século 18, e é um dos maiores da Lituânia:

Sob o domínio soviético, foi visitada por Fiódor Dostoiévski, um dos mais importantes nomes da literatura russa. Para mais informações, consulte o site oficial da igreja aqui (em lituano).

Para ver uma lista com todas as igrejas em Vilnius, consulte este link aqui.

Mapa com as principais atrações em Vilnius

Para ajudar você a se localizar, marquei no mapa abaixo as 20 atrações para conhecer em Vilnius, que citamos nesta matéria. Ficam todas no centro histórico da cidade, tranquilo para conhecer a pé. Confira:

Vilnius Pass

Para quem vai ficar 1, 2 ou 3 dias em Vilnius, a cidade oferece o Vilnius Pass (também chamado de Vilnius City Card), que dá descontos ou entradas gratuitas em todos os museus, em algumas atrações turísticas citadas aqui, aluguel de bicicletas, tours de barcos, etc. Preços abaixo:

  • 24-hour Pass: € 19,99
  • 48-hour Pass: € 26,99
  • 72-hour Pass: € 34,99
  • 72-hour Pass + Ticket transporte público: € 39,99 (uso ilimitado do transporte público da cidade neste caso)

Para mais informações e valores atualizados, consulte o site oficial de turismo de Vilnius.

ATRAÇÕES INCLUÍDAS NO VILNIUS PASS: consulte este link aqui.

VOU FICAR 1 DIA EM VILNIUS, VALE A PENA COMPRAR O PASSE? Neste caso acho que não vale a pena. Com apenas 1 dia na cidade, seu roteiro com o que fazer em Vilnius vai ficar apertado para incluir entrada em museus. Pode ser mais interessante comprar uma ou outra atração a parte – foi o que nós fizemos.

VOU FICAR 2 OU 3 DIAS EM VILNIUS, VALE A PENA COMPRAR? Aqui já é preciso fazer as contas. Cada entrada em uma atração paga custa em média 4 euros. O Vilnius Pass de 2 dias custa 27 euros. Dividindo 27 por 4 dá aproximadamente 7. Portanto, seria preciso visitar mais de 7 atrações pagas em 2 dias para que o Vilnius Pass compense.

ONDE COMPRAR: nos postos oficiais de informação turística, endereços aqui.

Quando ir

Vilnius poder ser visitada durante todos os meses do ano. No entanto, a melhor época para conhecer a cidade vai de maio a setembro, quando as temperaturas são mais amenas e os dias mais longos.

Como citei, nós a visitamos no verão, durante o mês de julho, e adoramos. Pegamos temperaturas bem agradáveis, em torno de 20°C, ideal para conhecer a cidade a pé. Nesta época, o sol nasce as 05:00 e se põe as 22:00 horas. Com mais horas de luz, dá mais tempo para conhecer as atrações em Vilnius.

Nos meses do inverno, apesar da neve dar um chame a cidade, os dias são mais curtos e faz muito frio, com temperaturas negativas entre zero e -10°C. Algumas atrações também ficam fechadas no inverno.

E você, já visitou Vilnius? Gostou da cidade? Deixe suas dicas e comentários aqui, podem ser úteis a outros viajantes.

Para ver todas as nossas matérias sobre a Lituânia, clique aqui.

Procure e reserve seu hotel no Box de Ofertas de nosso parceiro Booking! Reservando através do nosso site, você não paga nada a mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão, que ajuda o blog a trazer mais novidades e novos guias de destinos como este!

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *