Cidade de Lille, na França: principais atrações turísticas em poucas horas 3



Minha semana de trabalho na França havia terminado. Estava em Valenciennes, e tinha algumas horas antes de pegar meu voo noturno até São Paulo, que partiria de Paris. Mas ao invés de passar meu resto de sábado no aeroporto Charles de Gaule, em Paris, resolvi passá-lo em Lille, a maior cidade Francesa da região Norte do país. Dei sorte, pois peguei um sábado de céu azul e temperatura agradável, no mês de abril.

IMG_6314

[Grand Place de Lille]

Durante a Idade Média, Lille foi um importante entreposto comercial junto com as cidades belgas Ypres, Bruges e Ghent. Após a revolução francesa, Lille foi invadida por tropas austríacas, mas resistiu bravamente. O monumento na foto acima – The Goddess – foi construído em 1842 em homenagem à resistência dos cidadãos de Lille e está na Grand Place até hoje.

Lille também foi a cidade natal do primeiro presidente da quinta república Francesa, o general Charles de Gaule! Na história recente, entrou em decadência junto com a indústria de carvão, e só voltou a se recuperar nos últimos 20 anos, com a chegada do TGV em 1993, o canal da mancha e do Eurostar nos anos seguintes. Para se ter uma idéia, pelo Eurostar o trecho Londres –> Lille é percorrido em 1,5 horas. De TVG, faz-se Paris –> Lille em apenas 1 hora! Bruxelas –> Lille mais rápido ainda: 35min!! É mais rápido do que chegar ao meu trabalho em São Paulo!

Atualmente Lille é a segunda maior região metropolitana da França, fica atrás somente de Paris. É uma cidade que vale a pena uma parada para visita, de pelo menos dois dias. No meu caso foi mais um pit stop,  durou apenas algumas horas… eu sei, é um crime “conhecer” uma cidade assim… mas era o tempo que eu tinha. Como disse, minha escolha era: (a) ficar esperando no aeroporto de Charles de Gaule ou (b) passar este mesmo tempo em Lille…

Resposta: Alternativa (b) – vamos a Lille!

Logo ao chegar, estacionei na primeira vaga que vi próximo ao centro histórico, mas foi um erro, pois há um limite de permanência 1h e 20 min, motivo pelo qual tive que procurar um segundo estacionamento, dessa vez no subsolo, sem limite de tempo. Foi bem fácil achar as vagas, tudo é muito bem sinalizado. Detalhe: a maquininha de estacionamento da foto abaixo aceita apenas moedas, paguei 1,90EUR por 1 hora. Ao final, sai um ticket que você deixa no carro.

IMG_6231     IMG_6235

IMG_6237

Abaixo, a Place de la Republique (há um ponto de metrô aí, para quem quiser usar o transporte público):

IMG_6245

IMG_62413

Reparem na foto acima: a faixa de ônibus é também uma ciclovia! Um dia chegamos lá…

A place Richebé, do outro lado da rua:

IMG_62482    IMG_62502

Na  place Richebé há  uma estação para locação de bicicletas. A Erika infelizmente não pôde me acompanhar nessa viagem… mas se estivesse aí, já ia crescer os olhos para cima das bikes, ela que adora experimentar as ciclovias pelas cidades por onde passamos. Fica para uma próxima trip!

IMG_6253b     IMG_6251

Daí segui caminhando pelo calçadão da rue Béthune – foto abaixo. Repare no homem a direita da foto, a bike dele foi alugada por esse sistema de aluguel de bicicletas:

IMG_6262

Ao fim do calçadão, você irá se deparar com a bela igreja de Saint Maurice:

IMG_6265

IMG_6273

Dois quarteirões à esquerda da igreja e você irá se deparar com outras belíssimas contruções. Na foto abaixo, da esquerda para a direita: a velha bolsa de valores, contruída em 1652; a câmara do comércio e indústria e por fim a Opera, construída em 1907.

IMG_6287

Abaixo, em detalhe a Câmera do Comércio e Indústria de Lille e sua pequena torre do beffroi:

IMG_62873

O prédio da velha bolsa de valores e a tradicional padaria Paul:

IMG_6301

Do outro lado do prédio da velha bolsa de valores fica a Grand Place de Lille. No centro, a estatueta do The Goddess, que eu citei no início do post:

IMG_63151

Há um estacionamento subsolo da Grand Place, mas esse horário já estava lotado – em francês: complet!

IMG_6280

Seguindo rumo a place Rihour, há algumas opções de restaurantes:

IMG_6305

Ao fundo na foto acima, fica a estação de metrô Rihour, o posto de informações turísticas de Lille e o Palais Rihour, com o monumento de homenagem a todos os civis e soldados mortos durante a Primeira e Segunda Guerra Mundial (foto abaixo).

IMG_6306

Em 2004 a cidade de Lille  foi eleita, junto com Genova, a capital Européia da Cultura. Vale a pena uma visita! Quanto a mim, espero um dia voltar com mais tempo e junto com você, Erika!

Para conseguir as melhores tarifas nos hotéis, reserve através de nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

A todos, até a próxima trip!!


Seguro Viagem - Segurança obrigatória para sua viagem à Europa
Vai viajar para à Europa? Não se esqueça do SEGURO VIAGEM, pois ele é OBRIGATÓRIO no continente europeu.
Compare diversas seguradoras e tipos de cobertura (inclusive Covid-19) na SEGUROS PROMO, nossa parceira aqui no blog - acesse pelo link e use nosso CUPOM DE DESCONTO: PROXIMATRIP15, para conseguir um preço ainda mais baixo!
Você ainda pode consultar se há algum cupom de desconto ainda maior no próprio site da Seguros Promo antes de finalizar sua compra!
Conheça as principais vantagens:
  • O Melhor preço garantido! Seguros Promo cobre qualquer oferta de seguro viagem.
  • Mais barato do que comprar em seguradoras.
  • Atendimento 24hs e em português!
  • 12x sem juros no cartão ou 5% de desconto no boleto.
  • Assistencia médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem e muito mais.
Comprando através do nosso blog, pelo link ou clicando na imagem acima, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda nosso site a continuar produzindo matérias de viagens 100% independentes! Muito obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 pensamentos em “Cidade de Lille, na França: principais atrações turísticas em poucas horas