Dos Gladiadores aos Grandes Shows: As Arenas do Império Romano



Hoje no blog, vamos fazer uma lista de construções de séculos atrás, cenário de barbáries e celebrações. Desde a luta entre gladiadores, animais ferozes ou execuções de criminosos perigosos até discussões políticas, cerimônias religiosas e banquetes – tudo acontecia nas arenas do Império Romano. Por sinal, o nome “arena” é uma referência à areia que absorvia o sangue dos lutadores, bem peculiar e sinistro!
Quer saber como e onde estão as antigas arenas do Império Romano, e uma breve história desses monumentos do mundo antigo?

IMG 3219

Conheça algumas Arenas do Império Romano

Arena de Nimes – França

Apesar de ser relativamente pouco conhecida, a Arena de Nimes se destaca pelo alto grau de conservação – de todas as arenas, é a que está em melhores condições. Nos tempos áureos do Império Romano, também tinha boa capacidade de público: 24 mil pessoas. Construída em 27 a.C. (mas inaugurado em 70 d.C., segundo o wikipedia), a arena tem uma arquitetura complexa, já foi usada para o combate de gladiadores, touradas e, atualmente, é palco para eventos culturais como peças teatrais e shows de música.

Arena de Pula – Croácia

Uma das maiores arenas romanas impressiona desde o início, seja pelo tamanho ou pelo seu estado de conservação.
Com capacidade para 20 mil pessoas, a arena de Pula foi terminada no final do século I, para abrigar os espetáculos sanguinários do Império romano. Um fato curioso é que as lutas eram gratuitas, o público ia assistir “na faixa”, mas havia um rígido sistema de assentos, que respeitava hierarquia e classe social.
Atualmente, a arena é palco para o Festival de Cinema de Pula, para o Festival Equestre e concertos de Ópera, tendo recebido shows de nomes como Andrea Bocelli, Luciano Pavarotti e Elton John.

Estivemos na Croácia, mas ainda não nesta região do país…quem sabe na próxima trip!

Arena de Leptis Magna – Líbia

Uma arena do Império romano na África, e bem preservada! Um tesouro, não? Ainda com o adicional de ter vista para o mar mediterrâneo! A cidade recebeu um amplo programa de construções e obras (que incluiu a construção da arena) durante o reinado de Septimius Severus (Imperador de Roma de 193 a 211 d.C). 

Quando Leptis Magna entrou em decadência e depois com a conquista árabe do Norte da África, a arena foi abandonada, o que curiosamente garantiu a sua preservação. Infelizmente a Líbia está numa situação política péssima para que turistas possam viajar para o país de forma segura e visitar a arena de Leptis Magna. Espero que isso mude em um futuro próximo.

Enquanto não podemos ir à terra natal de Septimius Severus, na Líbia, há um monumento interessante que tivemos chance de conhecer: O arco de Sétimo Severo, em Roma, em homenagem às suas vitórias militares. É um dos mais bonitos e conservados dentro do Fórum Romano – lembro do meu marido passando o maior tempão tirando fotos e fotografando o tal arco em nossa viagem pela capital italiana!

Arena de Arles – França

Localizada na cidadezinha de Arles, essa Arena é de 90 d.C. abrigava espetáculos sangrentos de gladiadores e também, concertos musicais e artísticos. Atualmente, no auge do verão europeu, é palco de vários eventos e touradas. Consulte aqui para ver o calendário e garantir seus ingressos!

Arena de Kourion – Chipre

Este é um anfiteatro greco-romano que fica em Chipre, país insular no Mediterrâneo. Com sua estrutura finalizada no século II d.C, hoje é usado para shows musicais e apresentações teatrais. Fora das datas de eventos, é possível aos turistas a visita à arena, mediante ingresso de 4,50 EUR. Os tours organizados em grupo custam a partir de 30 EUR por pessoa.

Arena de Verona – Itália

Depois do Coliseu, essa talvez seja a arena mais conhecida na Itália. Infelizmente ainda não estivemos em Verona, mas além dos encantos da cidade de Romeu e Julieta, o monumento romano super preservado do século I é o mais visitado pelos turistas. No verão, shows e eventos acontecem na arena de Verona, mas o monumento também é aberto aos visitantes ávidos por história. Veja aqui os eventos na data da sua viagem, horários de visita e ingressos.

Coliseu de Roma – Itália

Sinônimo de arenas romanas (e o maior símbolo delas!), o Coliseu é um espetáculo por si só! De todos os lugares citados na matéria, é o único que já visitamos pessoalmente! Construído entre 68 e 79 d.C. para um público de 50 mil pessoas, essa arena recebe milhões de turistas ao longo do ano. Pelo seu grande destaque ao longo da história, essa é a mais especial e famosa de todas arenas romanas!

E você, já visitou alguma arena romana? Deixe sua dica nas caixas de comentários!

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *