Torres del Paine – Trilha Mirador Las Torres e Lago Grey 17



Cuernos - Torres del Paine - Patagônia Chilena

Visitei Torres del Paine com um amigo em, acreditem, 1 dia e meio. Eu sei, eu sei, vão dizer que é muito pouco… e realmente é! O lugar tem paisagens muito bonitas, impossível de serem apreciadas nesse tempo. O ideal seriam 4 dias, no mínimo… mas o que fazer, se um dia e meio era tudo que tínhamos.

Fomos de carro – um gol que alugamos em Ushuaia, a 1185km dali, mas isso é assunto para outro post! Deixamos Puerto Natales bem cedo e chegamos a Torres del Paine às 11h da manhã.

Vimos muitos bichos na estrada. Coelhos aos montes, inclusive atropelados. Guanacos, só perto do parque. Na foto abaixo, alguns deles atravessavam a estrada. Reparem que o tempo estava bem nublado, ameaçando chover.

Guanacos em Torres del Paine - Patagônia Chilena

Descemos do carro e fomos andar no meio dos guanacos. Esses aí eram bem tranquilos.

Caminhando ao lado dos Guanacos - Torres del Paine - Patagônia Chilena

A entrada do Parque Nacional Torres del Paine:

Entrada do Parque Nacional Torres del Paine - Patagônia Chilena

Como podem ver, as estradas do parque são muito boas, de terra com cascalho batido. Eles a chamam de ripio. Nosso golzinho argentino passou por elas sem reclamar! Nessa tarde dirigimos bastante pelas estradas do parque. A cada 30 minutos, parávamos em algum canto para tirar fotos…

Torres del Paine - estradas de ripio dentro do parque

Na foto abaixo, reparem na superfície da água. As cristas formam-se devido ao forte vento, e como venta nesse lugar! Venta tanto que por vezes as gotas de chuva percorriam uma trajetória quase horizontal. E o tempo continuava ruim Annoyed

Torres del Paine

Abaixo, a estrada que leva ao lago Grey. E olhem o céu… finalmente, um pouco de azul! O tempo em Torres del Paine oscila muito. Chuva e Sol se alternam ao longo do dia.

Estrada de ripio - Parque Nacional Torres del Paine - Patagônia Chilena

Os cuernos del Paine.  Atrás dessas montanhas, fica a trilha Mirador de Las Torres, nosso destino do dia seguinte.

Cuernos foto2 - Torres del Paine - Patagônia Chilena

Continuamos dirigindo até a hosteria Lago Grey. Estacionamos alí por perto e seguimos a pé até o mirador do lago Grey. São 2 km, em terreno plano (foto abaixo). Dá para fazer tranquilamente em 45min.

Torres del Paine - Acesso lago Grey

Eu empolgado com um bloco de gelo, que encontrei nas margens do lago Grey.

Torres del Paine - 074-320   Lago Grey - Torres del Paine - Patagônia Chilena

Um mini iceberg, provavelmente um pedaço de gelo que se soltou do glaciar – também chamado Grey! Dá par ver o glaciar bem lá no fundo.

Mini iceberg no Lago Grey - Torres del Paine - Patagônia Chilena

Esse foi nosso primeiro dia em Torres del Paine. Dormimos no parque mesmo. No dia seguinte seguimos para a hostería Las Torres. Lá faríamos a trilha mirador Las Torres.

Abaixo, já no dia seguinte, algumas fotos tiradas na estrada que leva até a hostería. Primeiro, os cuernos:

os cuernos de Torres del Paine - paisagens surreais

depois as Torres – à direita na foto abaixo:

Torres del Paine - duas torres

Observe na foto acima que algumas árvores estavam queimadas. O parque estava se recuperando de um incêndio ocorrido alguns meses antes. A vegetação do parque é muito seca, e pega fogo com facilidade. Por isso, se você fuma, não jogue nunca bituca de cigarro no chão… Não vai querer ser o responsável por isso:

Torres del Paine - incêndio destruiu parte do parque

Bom, depois de passar por este triste cenário, mais um pouco e chegamos na Hostería Las Torres. Há um estacionamento ao lado do Hotel. Deixamos o carro lá e formos caminhar!

A trilha do Mirador de Las Torres começa logo depois do hotel (veja no mapa que deixo ao fim deste post). São 9,5 km até a base das torres – a 850m em relação ao nível do mar. A hostería fica a 130m. Fazendo as contas, fazer essa caminhada equivale a subir a pé serra do mar! Na verdade é pior, porque no primeiro quilômetro você sobe, no segundo desce até o albergue y camping chileno, e depois volta a subir! Vamos aos trechos:

Primeiro quilômetro – subida! Pausa para tomar um gole de água…

trilha do Mirador de Las Torres - Torres del Paine

Segundo quilômetro – a descida que mencionei:

trilha do Mirador de Las Torres (quilômetro 2)- Torres del Paine

Ao final do segundo quilômetro, chegamos no albergue y camping chileno:

trilha do Mirador de Las Torres - trecho do albergue y camping chileno - Torres del Paine

O início do terceiro quilômetro: já dá para ver a pontinha de uma das torres, e o céu parcialmente azul!

trilha do Mirador de Las Torres (terceiro quilômetro) - Torres del Paine

Agora, difícil mesmo é o último quilômetro. Você já está cansado, sem fôlego, e terá que subir, ou seria melhor dizer “escalar”, isto:

Torres del Paine - trilha do Mirador de Las Torres - último trecho, subida de pedras - é de matar!!

Fique atento as marcas de tinta nas rochas. Elas marcam a trilha.

Estamos quase lá…

Torres del Paine - trilha do Mirador de Las Torres - último trecho, subida de pedras - marcas indicam a trilha

Depois de 4 horas caminhando, o gran finale: as torres que dão nome ao parque!

Torres del Paine - Mirador de Las Torres

Ei, mas espera aí, elas estão parcialmente encobertas! … é verdade, o tempo não ajudou muito. Mas isso é normal em Torres del Paine. O tempo muda muito dentro do mesmo dia. Se você reparou, no início do terceiro quilômetro o céu estava parcialmente azul. Mas quando chegamos na base das Torres, voltou a ficar encoberto, e assim permaneceu.  Ainda assim , ficamos em êxtase com a vista deste mirador. Permanecemos ali por meia hora, apreciando esta paisagem única…

… e também recuperando o fôlego, porque olha só o que nos aguardava: the way back!

Torres del Paine - 184

Termina aqui nossa breve visita ao Parque Nacional Torres del Paine. Quero voltar voltar lá, dessa vez com mais tempo e com minha esposa, e fazer essa trilha de novo…

Espero que tenham gostado. Até a próxima trip!

 

Abaixo deixo um mapa do google da região. Marquei nele as duas trilhas que fizemos: mirador Las torres e do lago Grey. Marquei também onde paramos nosso carro com um [P]:


O mapa do google acima é interativo. Você pode dar zoom, clicar nos símbolos, etc.


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 pensamentos em “Torres del Paine – Trilha Mirador Las Torres e Lago Grey

  • Cristina

    Olá,

    Achei maravilhosas as fotos que vi. Pretendo ir com meu esposo para a Patagônia em novembro de 2013. Estou pesquisando bastante, mas ainda estou muito confusa.

    Gostaria de “umas” ajudinhas:

    Para aproveitar Torres del Paine três dias são suficientes? É necessário reservar hotel ou albergue, ou você acha que nesse período tem vaga tranquilo? Qual é o valor médio da hospedagem? Reparei que eram você e mais o fotógrafo. Andar por lá não é muito perigoso não? Há lugares onde podemos pegar mapas e informações para andarmos dentro do parque sem nos perdermos?

    Desculpe as perguntas bobas, mas é que é a primeira viagem internacional que eu faço 🙂
    Valeu.

    • Gustavo Autor do post

      Olá Cristina. A quantidade dos dias em torres del paine é muito relativa. Depende muito do tipo de atividades que pretende fazer. Se quer fazer as trilhas mais famosas e conhecidas ou passeios contemplativos pela região (que podem ser contratados em agencias locais ou feitos com carro alugado), 3 dias está ok. No entanto há trilhas mais longas e famosas como o circuito “W”, que pode levar até 1 semana, são 76 km!
      Com relação a hospedagem, faça uma busca no tripadvisor, você verá opiniões de outros viajantes e avaliar o que é mais adequado ao seu orçamento. Há desde hotéis de luxo de USD 1000 a diária até albergues com banheiros coletivos a preços módicos.
      Andar por lá não é perigoso (com relação a segurança contra roubos e violência em geral, não conheço ninguém que tenha se queixado disso), e como você estará dentro de uma área de parque nacional, as trilhas são demarcadas e há mapas disponibilizados na internet e no próprio parque. Seguindo essas orientações não há risco algum de se perder no parque!

      boa trip!

  • Adriano Rodrigues da Silva

    Olá Gustavo,
    Estou indo visitar o parque Torres del Paine agora em abril e gostaria de algumas ajudas:
    1 – Você comentou a respeito de agencias que fazem os passeios… você chegou a ver quanto eles cobram. Será que fica muito mais caro do que ir por conta com carro alugado?
    2 – Você chegou a ver se existe passeio de barco pelo Lago Grey e, se sim, quanto custa?
    3 – Você pode citar o local de sua hospedágem?
    4 – É possível ver as Torres sem ter que encarar as 8 horas de caminhada? Minha esposa estará no segundo mês de gravidez e não estou querendo arriscar….

    Grato pela atenção e parabéns pelo relato e pelas fotos.
    Adriano!

    • Gustavo Autor do post

      Olá Adriano,

      1 – Com relação a agências que fazem o passeio ao parque, não tenho nenhuma em específico para lhe indicar. Mas todos os hotéis disponibilizam contatos de agências ou organizam passeios próprios. As agências locais de viagem de forma geral costumam ter saídas diárias para o parque. No entanto, se tivesse que escolher, carro alugado seria uma melhor opção. Ter seus próprios horários e ficar o tempo que quiser em cada lugar compensa.

      2 – no lago Grey especificamente não vi nenhum barco de passeio, mas não posso afirmar se tem ou não passeios do tipo.

      3 – Fiquei numa pousada simples que nem me recordo o nome, que ficava dentro do Parque Nacional de Torres del Paine. Era muito simples, o banheiro era coletivo e no café da manhã vi um gato comendo um rato, um camundongo, na verdade. Esse local, mesmo que eu lembrasse o nome, minha esposa não ia deixar eu recomendar aqui

      4 – Você conseguirá ter uma vista parcial das Torres nos arredores do parque, mas a vista delas 100%, e com o lago para completar a vista, só fazendo a trilha. Como sua esposa está grávida não sei se seria o mais adequado para ela, a não ser que ela esteja em excelente forma física, há de se considerar que é uma caminhada de dia inteiro, com subidas por pedras relativamente grandes no trecho final.

      espero ter ajudado e boa viagem!

  • Rodrigo

    Cara, eu pretendo ir em nov/2013 tb pra patagonia e farei provavelmente somente esta trilha do mirador em tdp.
    Duvida: sou cagao com altura 🙂
    Essa trilha é sussa ou passa próximas de abismos?
    Eu não consegui fazer uma dentro do parque de machu picchu, por exemplo…

    Valeu!

  • Monica

    Oi Gustavo,
    Onde você ficou hospedado no parque?
    É possível fazer o trecho de carro entrando pela Portaria Laguna Amarga e saindo pela Serrano?
    Grata
    Monica

  • Hanna

    Olá Gustavo! Acho que vou me inspirar no seu relato por que também só tenho dois dias lá! Gostaria de saber se você acha possivel sair de Pto Natales, fazer a trilha do Mirador de las Torres e voltar a Pto Natales no mesmo dia? Se sim, você saberia me dizer por qual portaria entrar?
    Muito obrigada!

    • Gustavo Autor do post

      Ola Hanna. Para fazer essa trilha, ida e volta, considere no mínimo 8 horas. Eu acho muito puxado, e no seu caso é ainda pior, porque vai ter que ir e voltar de Puerto Natales. Sobre as portarias, consulte o site oficial do parque para informações atualizadas. Boa trip!

  • isabella velloso

    oi Gustavo. adorei seu relato. EU tenho a msm duvida da Hanna. a verdade, e q tinha visto q os hotéis de dentro do parque são todos super caros e luxuosos. procurando no booking achei inviável,nao sei se deixei mt para cima da hora e as opções ficaram escassas.rs Pensei em ficar em puerto natales tb , vi um hotel a 5 km do parque, bem mais caro q os de punta, mas não tao absurdo com os hotéis de DENTRO do parque. SERIA UMA opção. PQ exatamente vc acha puxado ?? independente de estar hospedada no parque ou não, são 8 hrs de trilha não eh msm??? Quero mt chegar ate a base, pq acho que eh o auge do TOrres del paine. Não posso perder. Vcs fecharam um guia pelo hotel de vcs ,ne?

  • Fernando'

    Olá,

    É necessário estar hospedado na Hostería Las Torres para estacionar o carro lá, ou é possível pagar separadamente o estacionamento?
    Obrigado

    • Gustavo Autor do post

      Fernando, quando fui o estacionamento onde deixei o carro era do Parque e não do hotel, mas como já faz algum tempo, não sei se algo mudou. Outro ponto importante é que não existe posto de gasolina dentro do parque, então controle seu combustível para não ficar sem. Boa sorte e boa viagem!

      • Fernando

        Obrigado Gustavo, estou planejando minha viagem para lá, há algum tempo mas tenho um pouco de medo de não conseguir lugar para ficar dentro do parque (que não seja absurdamente caro), muito obrigado pela informação