O que fazer em Paraty: Guia Completo + 10 melhores passeios



Hoje no blog, você vai saber o que fazer em Paraty, famosa cidade turística que, além das belezas naturais, conserva um belíssimo patrimônio histórico e cultural. Paraty (RJ) pode ser visitada em qualquer época e conta com atividades para todo perfil de viajante, é o que você irá conferir em nosso Guia de Viagem completo, onde selecionamos os melhores passeios. É um destino “coringa” para um feriado prolongado, férias tranquilas ou até para quem deseja apenas curtir um final de semana diferente a partir de São Paulo ou Rio de Janeiro.

A vista clássica de Paraty

O que fazer em Paraty (RJ):  As 10 melhores atrações

Centro Histórico de Paraty

A primeira coisa a se fazer em Paraty é explorar as ruas do centro histórico, que é super charmoso e cheio de histórias e curiosidades. Além do tombamento pelo IPHAN desde 1958 – por seu conjunto arquitetônico e paisagístico – Paraty (junto com a Ilha Grande) foi contemplada com o título de Patrimônio Mundial da Unesco, em 2019.

O calçamento de pedras pé-de-moleque não deixa de ser uma atração turística em Paraty – as ruas do centro histórico eram feitas com pedras irregulares, trazidas de Portugal nos barcos. As pedras eram deixadas na cidade e os barcos voltavam carregados de ouro e mercadorias.

O calçamento das ruas era feito pelos escravos, que preparavam as ruas e encaixavam pedra por pedra! Desta forma, permitia o tráfego de carroças, carros de boi e cavalos. Para nós turistas, o calçamento é um motivo para andar devagar e todo cuidado é pouco, já que vimos diversas pessoas escorregando e tropeçando!

O passeio a pé pelo centro histórico de Paraty rende muitas fotografias. Até as lojas e escritórios na região tem as portas e janelas mantendo o estilo colonial. Vimos alguns imóveis vazios, em reforma e outros recém pintados, é bom ver que a cidade parece preocupada em manter os prédios e casas bem conservados.

É muito importante que o poder público e a iniciativa privada tenham como foco desenvolver e preservar Paraty.

Na região próxima ao cais, fica a Igreja de Santa Rita, o cartão postal de Paraty. Nós visitamos bem no horário do pôr do sol… muito bonito 😍! Bem pertinho da Igreja fica a uma ruela estreita e florida, a Rua do Fogo, perfeita para fotos!

Um lindo fim de tarde em Paraty

Ainda recomendamos visitar em Paraty a Feira de artesanato, a Igreja de Nossa Senhora das Dores, a Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito e a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, na Praça da Matriz para completar o circuito das igrejas de Paraty.

Outro ponto turístico em Paraty é o Sobrado do Príncipe, casa em que Dom João de Orleans Bragança (1916-2005), neto da Princesa Isabel e bisneto de D.Pedro II viveu!

Se sobrar tempo, vale visitar o Forte Defensor Perpétuo, uma fortaleza colonial e museu, com direito a canhões e a vista da baía de Paraty.

À noite, o centro histórico de Paraty fica todo iluminado – e movimentado, com restaurantes e suas mesas ao ar livre, sorveterias abertas e bares com música ao vivo a todo vapor! Vale a pena escolher um lugar para jantar e depois bater perna antes de voltar à pousada.

Restaurantes de Paraty à noite

Onde Comer em Paraty

Mas já que estamos falando de restaurantes e bares, onde comer em Paraty? São dezenas de opções de gastronomia em Paraty, tem do prato “PF basicão” a restaurantes gourmet! Gastronomia tailandesa, brasileira, carnes, frutos do mar… opção não vai faltar! No geral, achamos os preços caros – mas como se trata de uma cidade extremamente turística, já esperávamos preços mais altos.

Nós experimentamos vários restaurantes, dentre eles: o italiano La Dolce Vitta Pizzeria e Trattoria (nosso preferido!), também gostamos das carnes e do atendimento do Restaurante Bartholomeu Cozinha Primitiva; já no Bendita’s Restaurante, há pratos variados (e básicos) de comida brasileira, mas não achamos o custo x benefício bom, apesar da comida saborosa.

Para pratos bem servidos e preços mais em conta, o Restaurante Paraty é ideal (ganhamos até sobremesas de cortesia!). Já a decepção ficou com o Margarida Café, pois apesar da fama, da música ao vivo e do bonito ambiente, a comida é muito cara e nada especial, além de muito gordurosa para nosso paladar. Na nossa última noite na cidade, jantamos no Restaurante Pippo, da Pousada do Sandi. Gostamos do atendimento e a comida estava bem saborosa.

Para não esquecer da sobremesa, indicamos a ótima Gelateria Miracolo (anexa à pousada do Sandi) e, apesar das recomendações que recebemos, achamos o sorvete da Sorveteria Pistache apenas ok. Todos os lugares citados ficam no centro histórico e com fácil localização pelo Google Maps.

As ruas alagadas de Paraty na maré cheia

Uma atração imperdível em Paraty é observar e fotografar as ruas do centro histórico durante a maré alta. Os portugueses construíram a cidade quase no nível do mar – a idéia é que durante a maré cheia a água “limparia” as ruas da cidade, evitando assim epidemias e doenças.

Ruas alagadas durante a maré alta, em Paraty

As ruas afetadas são as mais próximas do cais, a consequência para os turistas é um pouco de transtorno para andar por ali no pico da maré, mas por outro lado, o efeito espelho que o fenômeno produz é perfeito para fotografias!

Museus de Paraty

Uma excelente atividade cultural e também opção para visitantes que buscam o que fazer em Paraty em dias de chuva, é justamente conhecer alguns museus que a cidade oferece, como o Museu de Arte Sacra (que se localiza na Igreja de Santa Rita, pertinho do cais; o Teatro Espaço e a Casa de Cultura Câmara Torreseste último, com entrada gratuita!

Passeio de traineira ou escuna

Algumas das principais atrações turísticas de Paraty envolvem passeios no mar, seja de escuna, lancha ou traineira. São diversas ilhas próximas, na belíssima Baía de Paraty, e você deve escolher o passeio que tem mais a ver com seu perfil de viagem. Nós optamos por um passeio privativo de traineira, os barquinhos de madeira típicos da região.

Passeio de traineira em Paraty

Escolhemos as paradas e o barqueiro ia explicando a história de cada ilha e nos deixava decidir quanto tempo ficar em cada lugar. Nós fizemos o seguinte roteiro: Ilha Comprida (onde tem muitos peixinhos), Ilha dos Côcos (a mais bonita, com a água bem verdinha!), Lagoa Azul (ponto de parada para snorkeling), Praia da Lula (que eu adorei!) e Praia do Engenho, onde almoçamos no Restaurante Canto do Engenho (porções boas, mas serviço muito lento!) e foi nossa última parada! Lembre-se de levar protetor solar, chapéu/boné, óculos escuros, toalhas, água e repelente (os borrachudos são infernais!).

Os passeios de escuna e lancha em Paraty podem ser contratados em seu hotel/pousada ou agências de turismo locais. Para os passeios de traineirinhas, você pode ir até o cais e combinar valor e roteiro diretamente com os barqueiros. Nós combinamos com o Beto, R$ 50 reais/hora e tivemos o barco só para nós! Fizemos quase 8 horas de passeio!!! Se você gosta de música e grupos grandes, vai preferir a Escuna. Caso tenha um orçamento $$$ maior, pode optar pela lancha.

Não deixe de conhecer pelo menos algumas das belíssimas ilhas e praias de Paraty! Muitas delas têm acesso apenas por via marítima! Talvez você também queira visitar as praias mais próximas da cidade, como a Praia do Jabaquara, Praia do Pontal e a Praia Terra Nova (próxima ao cais).

Cachoeiras de Paraty

As várias cachoeiras são atrações imperdíveis em Paraty, pois além de ficarem perto do centro histórico, há varias opções! Nós fomos na mais famosa delas, a Cachoeira do Tobogã e Poço do Tarzan. Outras cachoeiras famosas em Paraty são a Cachoeira Pedra Branca, Cachoeira Sete Quedas e Poço da Jamaica. Mais cachoeiras e também trilhas mais longas estão disponíveis para os viajantes aventureiros no Parque Nacional da Serra da Bocaina.

Alambiques e Cachaçarias de Paraty

Alambiques e cachaçarias são pontos turísticos em Paraty – e a tradição vem de longa data, desde a época colonial! A cidade é destaque em produção de cachaças artesanais e há diversos alambiques com degustação grátis e claro, lojas para comprar algumas garrafas e levar para casa!

Fomos conhecer o complexo Engenho D’Ouro, onde além do Alambique, degustação e loja, ainda tem uma pequena loja de doces e sorvetes artesanais e um Restaurante. Comemos alguns petiscos por ali após visitarmos a Cachoeira do Tobogã, que fica bem ao lado! Vale a pena combinar a visita para o mesmo dia.

Saco do Mamanguá

Se você está procurando um passeio inesquecível para fazer em Paraty, recomendamos o trekking ao Pico do Pão de Açúcar, na região do Saco do Mamanguá. Trata-se de uma trilha no meio da mata, com duração média de 2 horas (ida e volta) e sempre em subida. É uma caminhada curta, mas puxada! O visual lá em cima compensa todo o esforço!

A vista deslumbrante no topo do Pico do Pão de Açúcar, Saco do Mamanguá

Para chegar ao início da trilha, na Praia do Cruzeiro, é necessário combinar com um barqueiro o transfer a partir de Paraty Mirim (e combinar que ele volte para te buscar depois!) ou reservar um tour em alguma agência de turismo local em Paraty.

Caso você não queira fazer esse tipo de caminhada, sugerimos então um passeio de barco pelo Saco do Mamanguá: no roteiro estão belas praias com água super calminha, totalmente paradisíacas!

Em um dos pontos de parada dos tours na região, é visitada a praia onde fica a mansão em que foram gravadas cenas de um dos filmes Crepúsculo.

O Saco do Mamanguá é frequentemente chamado de “único fiorde brasileiro” ou “único fiorde tropical da América do Sul”. O que temos de fato é a informação de que esse braço de mar tem 8 km de extensão, paisagem montanhosa nos arredores, abriga vilas caiçaras e em suas águas podem ser avistados golfinhos, diversos peixes e tartarugas. Uma beleza ímpar!

Ilha do Pelado

A ilha do Pelado é mais um lugar interessante em Paraty, principalmente para quem quer pegar praia com tranquilidade, mas não quer abrir mão de estrutura!

Também é um excelente lugar para alugar caiaques (R$ 50/hora) e também ótimo passeio para famílias com crianças pequenas, pois o mar é calmo e sem ondas.

Achamos o lugar muito bonito e a praia era bem limpa. O que não gostamos muito foi dos preços dos restaurantes e quiosques 😄!! Se quiser almoçar e tomar alguma bebida, vai gastar pelo menos R$ 300 para um casal!!!

E como chegar na Ilha do Pelado? Basta acessar a Praia de São Gonçalo, a 30 minutos de carro de Paraty (sentido Angra dos Reis). Nesta praia você atravessa um rio (caminhando com águas na altura das canelas ou paga a canoa para fazer a travessia) e então finalmente vai encontrar alguns barqueiros na praia aguardando turistas para levar à Ilha do Pelado em um trajeto de 10 minutos (por 25 reais por pessoa / preço ida e volta).

Bate-volta à Trindade

Um passeio perfeito em Paraty para quem curte praias selvagens e muita natureza é conhecer as praias de Trindade, cerca de 30 minutos da cidade. Dá para ir tanto de carro como de ônibus (com várias saídas diária as a partir de Paraty). As principais atrações são as praias exuberantes como a Praia do Meio e as piscinas naturais do Cachadaço! Veja nosso post exclusivo do bate-volta que fizemos de Paraty:

A mais bela praia de Trindade: Praia do Meio

Estrada Cunha-Paraty

Um atrativo muito legal em Paraty para quem está de carro e tem mais tempo na cidade, é subir o antigo caminho do ouro. A antiga estrada real, que liga a cidade à Cunha é bem perigosa, mas a aventura de dirigir em uma rodovia que corta a mata atlântica nativa do Parque Nacional da Serra da Bocaina compensa pelas belas paisagens. A cereja do bolo é passar o dia em Cunha e aproveitar todas suas atrações – ficou interessado(a)? Veja o que fazer por lá:

O Lavandário, principal ponto turístico de Cunha

Festas e Eventos em Paraty

Além de todos esses passeios na cidade, você ainda pode programar sua viagem para uma época em que esteja acontecendo algum dos principais eventos, festas e festivais em Paraty.

Em nossa viagem, por exemplo, pegamos os 2 últimos dias da Festa do Divino, uma das mais antigas celebrações católicas e que atrai muitos turistas a Paraty, assim como a Páscoa e Corpus Christi. Vimos a cidade toda enfeitada e decorada com bandeirinhas coloridas!

O evento mais famoso da cidade é a FLIP, Feira Literária de Paraty, que leva multidões de visitantes à cidade e acontece anualmente, sempre em Julho. Ultimamente tem feito sucesso junto aos visitantes o Bourbon Festival Paraty, que acontece em Maio, o evento musical de Jazz, Blues, R&B e Soul tem show gratuitos e ao ar livre – imperdível!

Qual a melhor época para visitar Paraty?

Passamos quase 1 semana em Paraty em Maio, pegamos um clima excelente, com calor (mas não aquele calorão extremo) e céu azul – perfeito para nós que adoramos fotografar!

A melhor época para visitar Paraty é justamente entre Maio e Setembro, época mais seca, mas também o período mais friozinho. No verão, as altas temperaturas trazem mais chuvas. Veja os gráficos de média de temperaturas e chuvas aqui.

Onde se hospedar em Paraty?

Onde ficar em Paraty é uma dúvida que sempre aparece, afinal a cidade tem hostels, pousadas e casas de temporada em diferentes faixas de preço. Para o nosso perfil (casal sem filhos), queríamos uma pousada de charme em Paraty e que estivesse perto de tudo.

Depois de considerar como hospedagem em Paraty a Casa Turquesa, Pousada Literária, Pousada Pardieiro e Pousada Porto Imperial, batemos o martelo e escolhemos a Pousada do Sandi, no coração do centro histórico e membro da associação Roteiros de Charme.

Gostamos muito da Pousada do Sandi, para nós foi o melhor custo x benefício – a localização perfeita e com restaurantes, sorveteria e 1 loja da Kopenhagen na pousada. O único ponto a melhorar é a sala de ginástica, que precisa de uma reforma urgente! A piscina e a jacuzzi são boas opções para relaxar após os passeios.

Café da manhã na Pousada do Sandi, em Paraty

Agora que você já descobriu o que fazer em Paraty em nosso Guia completo com os melhores passeios na cidade, reserve seu hotel ou pousada através de nosso parceiro Booking.com, você consegue as melhores tarifas e nós ganhamos uma pequena comissão, sem que você pague nada a mais por isso!

Desta forma, estará ajudando nosso site a produzir mais matérias de viagem 100% independentes como esta. Muito obrigada!

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *