Trilha do Pai Zé – Pico do Jaraguá pelo caminho mais difícil! 6



O Pico do Jaraguá é o ponto mais alto da cidade de São Paulo, com 1135 m de altura. Está localizado dentro da área do Parque Estadual do Jaraguá. Da cidade inteira praticamente conseguimos avistar o morro com as famosas 2 antenas em cima. Chega-se bem próximo do alto do morro de carro, por uma via asfaltada, depois é só subir a grande escadaria para chegar na altura da base da antena mais alta.

No entanto, hoje mostraremos outro caminho, mais bonito e mais difícil para se chegar até lá: pela trilha do Pai Zé. É uma trilha praticamente de subida o tempo todo, com muita vegetação e fauna. Já fizemos essa trilha várias vezes, e vimos macacos, insetos diversos e até cobra! É um passeio de dia inteiro – visto que o acesso mesmo para quem mora na cidade de São Paulo não é dos mais fáceis.

vista panorâmica da cidade de São Paulo, a partir do Pico do Jaraguá…

Cidade de São Paulo vista do Pico do Jaraguá

A entrada é grátis e há estacionamento no local:

Parque estadual do Jaraguá - Estacionamento

fotos da trilha…

Trilha do pai zé - Parque estadual do Jaraguá

Trilha do pai zé - parque estadual do jaraguá - Pico do Jaraguá

Trilha do pai zé - trecho final - Parque estadual do Jaraguá

Mico Sagui - Pico do Jaraguá

mico sagui visto no parque estadual do jaraguá

Macaco Prego - Pq. Estadual do Jaraguá - trilha do Pai zé

Pq. Estadual do Jaraguá - trilha do Pai zé

trilha do pai zé - acesso ao pico do Jaraguá

Chegando no fim da trilha, ela vai dar praticamente no fim do caminho pavimentado, para quem vem de carro. Ali há um centro de visitantes, playground para crianças pequenas, barraquinhas com artesanato e uma lanchonete, que vende snacks, refrigerantes, água e sorvetes. Há também um primeiro mirante da cidade.

Micos sagui na placa do Parque Estadual do Jaraguá - zona norte de São Paulo

Mirador base do Pico do Jaraguá - ótima vista da cidade de São Paulo

Mico Sagui - Pico do Jaraguá

Desse ponto começam as escadarias para a base da torre mais alta…

vista dos últimos degraus:

IMG_1674

repare: quanta gente subindo as escadas rumo ao topo!

Escadas de acesso ao mirante da cidade de São Paulo, localizado ao pé da antena do Pico do Jaraguá

levamos binóculos, para tentar achar alguma coisa lá do alto…

vista do mirante do Pico do Jaraguá

Pq. estadual do Pico do Jaraguá - Floresta em detalhe

o trajeto, pelo Google Earth:

Trilha Pai zé até Pico do Jaraguá - Pq Estadual do Jaraguá

* Apesar de já ter feito a trilha várias vezes, sempre fico com um pé atrás quando visito o local. Há bairros muito pobres no entorno do parque, e relatos de assaltos são frequentes. Os arredores do parque e o caminho para se chegar lá possuem favelas e comunidades indígenas.

* O parque parece atrair muito farofeiros, principalmente em finais de semana. Música alta e lixo por todo o parque são comuns, infelizmente.

*Como todos os lugares que visito e visitei, sempre sou a favor da cobrança de ingressos.

anota aí:

Estrada turística do Jaraguá (acesso pela Rodovida Anhanguera, Km 18)
Tel: (11) 3941-2162 – Aberto diariamente, das 7h às 17h.

Até a próxima trip!

Mapa de como chegar ao Pq. Estadual do Jaraguá, o estacionamento e a trilha do Pai Zé:

O mapa do google acima é interativo. Você pode clicar nos símbolos, dar zoom, etc.


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 pensamentos em “Trilha do Pai Zé – Pico do Jaraguá pelo caminho mais difícil!

  • Paulina Aragão

    Olá! Quero fazer a trilha e fiquei interessada: ela é bem demarcada ou dá para se perder? Digo, há muitas bifurcações? Dá para pegar a localização com GPS tb? É movimentada nos finais de semana? Obrigada!!!

    • Gustavo

      A primeira vez que fomos, levamos GPS, mas não usamos, porque a trilha é bem clara, apesar de pouco sinalizada. Não é muito movimentada, mas sempre encontramos outras pessoas na trilha em todas as vezes que fomos.
      Bom passeio, Gustavo.

  • Natália Costa

    As fotos deste post ficaram ótimas!

    O passeio é maravilhoso e tem bastante diversidade, seja ela ambiental, social e econômica!

    Como moradora local, devo dizer que a população do entorno não é tão diferente das pessoas que também frequentam os demais parques da cidade. Som alto, lixo espalhado e assaltos, infelizmente presenciamos em outros parques que tem bairros mais nobres em seu entorno, como o Vila Lobos e Ibirapuera.

    A cobrança de ingressos selecionaria os frequentadores, fazendo com que a população local que tem poucas opções de espaço público e muitas vezes recorrem ao parque para se divertir, não tenha fácil acesso e direito à cidade.

    Recomendo que pessoas que não se sintam bem em ambientes com diversidade, evitem o local! rs

    • fellipe

      Ah menina, vai à merda…vc está defecando pela boca e só pensando na sua condição de moradora local. Cobrar um valor para selecionar os frequentadores, evitando assim a baderna generalizada seria sim muito bom e estamos falando de algo simbólico (entre R$5 a R$10).