Safári na África do Sul: Tudo o que você precisa saber antes de ir | Dicas e Como escolher



No post de hoje daremos as principais dicas (dicas gerais e específicas) e informações úteis para o sucesso de seu Safári na África do Sul (algumas dicas se estendem a safáris em qualquer país!), com tudo que você precisa saber antes de ir e se aventurar no seu primeiro safári. Como escolher o hotel/lodge? Em qual região da África do Sul devo fazer o Safári? Parques Nacionais ou Reservas privadas (Game Reserves)? Como é o clima? Que roupa levar? Vamos tentar te ajudar a escolher e se informar, baseados em nossa própria experiência de viagem!

Antes da viagem – Planejamento para viagem à África do Sul

1.Informações Gerais

IMG 7870

  • Saindo do Brasil, há voos diretos para Joanesburgo (10h de duração) de São Paulo, pela South African Airways e Latam. Se for para algum outro destino na Europa antes, Joanesburgo e Cidade do Cabo são bem servidas em rotas com as principais cidades européias.
  • Para brasileiros, não é necessário visto para África do Sul, apenas passaporte válido e com ao menos 2 páginas inteiras em branco
  • É uma viagem simples de fazer por conta própria. Se for somente para o Safári e não for visitar nenhuma outra cidade além de Joanesburgo, basta reservar passagem e hotel + transfers (aéreo ou de carro), não tem muito segredo. Nós fizemos a reserva pelo Booking, reservamos o transfer de carro com o hotel por e-mail (pagando no check-out) e compramos a passagem pela internet (LATAM). Pegamos um bom preço: R$ 1800 com taxas, ida e volta | GRU – JNB- GRU. O Transfer aéreo custava quase 4 vezes mais e era naqueles aviões super pequenos que só cabem 5 pessoas (Deus me livre!!! 😂🤢😓). Atente para estes custos de deslocamentos no seu orçamento de viagem!
  • A moeda na África do Sul é o Rand (ZAR), mas nos lodges geralmente aceitam pagamentos em dólares americanos e euros. Usamos apenas cartão de crédito e alguns rands que sacamos no caixa eletrônico do aeroporto. Nem tente comprar rands por aqui pois a cotação será absurda. Leve Dólares ou Euros e troque por lá. Curiosidade: As notas de Rands tem cores diferentes dependendo do valor e cada uma tem um animal dos BIG FIVE no verso. Na face, não poderia ser outra pessoa senão Nelson Mandela!
IMG 3205
  • Se você sofre de ficar sem internet, prepare-se para passar raiva 😅, pois o sinal 3G/4G às vezes não pega (mesmo em regiões com cobertura) e o wifi do hotel oscila…então nunca é 100%. Para acessar WhatsApp e E-mails é tranquilo, mas para assistir vídeos em sites, Your Tube ou Instagram, fica mais complicado! Lembre-se de que você está em um lugar isolado e inóspito, é natural que a internet seja meia boca! Compramos um chip ainda no aeroporto de São Paulo, da empresa Skill Sim Mobile, pagamos para 5 dias R$ 284 e não funcionou. Uma piada. Não entre nessa roubada, não vale a pena. O chip local que adquirimos no aeroporto de Joanesburgo funcionou muito melhor, para 30 dias e custou 3x menos. Leia a matéria sobre como usar internet 3G/4G na África do Sul com chip local clicando aqui.
  • Você vai ficar afastado da cidade durante alguns dias! Evite maiores dores de cabeça e leve uma farmácia básica, com antiinflamatórios, analgésicos, remédios de uso diário (com sobra), pomadas, lembre-se de montar esse kit com orientação médica para saber quais remédios usar em situações de complicações de saúde. Eu mesma tive o azar de ir viajar com dor de garganta e o tempo seco na África do Sul não ia ajudar! Ainda bem que levei minhas pastilhas! E mesmo não sendo obrigatório, faça um Seguro Viagem!

2.Como Escolher o Hotel / Lodge para um Safári na África do Sul – Em qual região da África do Sul devo fazer meu Safári?

IMG 2426

  • A escolha de um bom hotel/lodge é fundamental no sucesso da viagem e do safári. Pesquise bem os hotéis antes de fechar sua viagem! No Booking, você tem como listar hotéis em várias regiões da África do Sul, ver a avaliação dos Lodges, ver o que os hóspedes dizem a respeito das instalações, dos games (que são os safáris no carro) e da alimentação. São elementos importantes para avaliar, além do preço, afinal você vai buscar o que está dentro do seu orçamento.
  • Há possibilidade de fazer um self-drive safari em alguns locais, no caso de você alugar carro. No Kruger National Park isso é possível, mas sinceramente não sei se eu faria. Acho que o legal mesmo é andar naqueles carros específicos do Safári, com um ranger que tenha conhecimento sobre os animais, assim o passeio fica bem mais interessante.
  • Há várias regiões para fazer safári na África do Sul: em parques nacionais (Kruger, Pilanesberg) ou reservas privadas (Game Reserves) como Phinda Game Reserve em Kwazulu-Natal, Tswalu Kalahari Reserve em Northern Cape e  Madikwe Game Reserve, em NorthWest. Há inclusive tours de bate e volta tanto da Cidade do Cabo como de Joanesburgo para fazer Safári, mas definitivamente não recomendo.
  • O objetivo de todo Game é avistar os BIG FIVE: Leão, Rinoceronte, Elefante, Búfalo e Leopardo. Sendo este último o mais difícil dos 5. Pesquise se onde pretende ficar as chances de vê-los são grandes, além disso um ponto importante: quanto mais tempo ficar e mais safáris fizer, maiores serão as chances de voltar para casa com a maior quantidade de animais vistos! Nós ficamos 4 noites, fizemos 7 games (no dia da chegada tinha mais 1, contabilizando 8, mas chegamos exaustos e preferimos descansar).
IMG 8312

—> A Reserva Privada de Madikwe (Madikwe Game Reserve) foi a nossa escolhida, ficamos no hotel Rhulani Safari Lodge. Em Parques Nacionais, geralmente as estradas e rotas são delimitadas e você não pode sair daquele percurso, tendo que torcer para os animais aparecerem na sua rota. Já nas reservas privadas, o driver vai com o carro no meio do mato, derruba arbustos e vai se enfiando até achar os bichos! E é assim mesmo!! Digo por experiência própria!! Uma aventura e adrenalina a mil!

Nosso quarto no Rhulani Safári Lodge – rústico, mas muito confortável – adoro essa combinação! Para ler como foi se hospedar no Rhulani Safari Lodge, clique aqui.

GOPR2143

Escolhemos a reserva privada de Madikwe por ser uma área menos turística/ mais desconhecida, próximo à divisa com Botswana (a capital Gaborone fica a 60 km de distância) e por ser excelente região para avistar os BIG FIVE, que são: Leão, Rinoceronte, Elefante, Búfalo e Leopardo. Além disso, fica em uma área totalmente livre de Malária!

IMG 8202

Curiosidade: Conversando com nosso motorista dos transfers, ele explicou que a “indústria das reservas” não se restringe às áreas destinadas ao turismo de observação/contemplação. Há muitas reservas na África do Sul destinadas ao turismo de caça e também reservas de reprodução.

  • Atrelado ao tópico anterior, verifique se a área em que você vai fazer o safári é ou não livre de Malária (na região do Parque Nacional do Kruger, por exemplo, a chance é pequena mas existe, já no Madikwe Game Reserve, onde fomos, é 100% livre de Malária – como sou encanada com essas coisas, esse foi um fator importante quando escolhi a região e o lodge para me hospedar)
  • Pesquise na internet a reputação da atividade do Safári feito no lodge que você escolheu, pois bons rangers e funcionários experientes vão proporcionar momentos de aventura e busca dos animais com segurança e mais chance de vê-los.

—> No Madikwe conseguimos ver os Big Five (Leão, Rinoceronte, Elefante, Búfalo e Leopardo) em apenas 1 dia e meio (ou 3 games). Um senhor suíço que estava hospedado em nosso lodge comentou estar viajando para a África há alguns anos para ver o Leopardo e conseguiu somente desta vez na Reserva de Madikwe. Um casal de Gaborone, Botswana todo ano viajava para África do Sul para tentar ver os bichos mais difíceis como Leopardo e nunca haviam visto. Realmente nos sentimos sortudos e privilegiados por termos visto os Big Five tão rápido e mais tantos outros animais e pássaros, como podem ver nas imagens abaixo. Incrível 😍

Uma das minhas fotos favoritas da viagem: Nosso quarto/cabana e uma família de elefantes passando bem pertinho!! Quem consegue nos achar na foto 😄??

DJI 0004

Os Big Five que avistamos no Madikwe Game Reserve (Todas as fotos foram tiradas com nossa Canon T4i):

O bonito e impressionante Leopardo – é muito curioso o fato de que não ouvimos ele dar um passo! Este passou muito perto do nosso carro, deixando os turistas de boca aberta (e tremendo de medo!):

IMG 8075

E o Leopardo mais de perto… o bicho mais lindo em minha opinião!

IMG 8070

O enorme e forte Búfalo: Vimos Búfalos em 3 dias, na primeira vez, havia um grupo enorme e eles olhavam a gente com aquela cara de poucos amigos…pensei: se eles quiserem fazer um arrastão na gente, derrubam esse carro em 5 segundos! 😅

IMG 7985

Um casal de Leões: avistamos bem na hora do acasalamento, e o Leão estava bravo com a fêmea pois ela queria ficar em paz! 😂😳

IMG 7942

Em outra ocasião, uma leoa e filhotes mais crescidos…

IMG 8380

Os imponentes elefantes: Vimos muitos, todos os dias. Há aproximadamente 1000 elefantes na reserva. Vimos alguns bem calmos e outros mais bravos.. Na verdade o primeiro que vimos estava sozinho e deu um “chega pra lá” na gente – segundo o nosso guia, ele vivia isolado pois não acasalava mais, e o sinal que ele fez com as orelhas significava “leave me alone”- obedecemos a vontade do bicho e seguimos…

IMG 8015

E os Rinocerontes, enormes e muito peculiares, parecem mais dinossauros! Vimos alguns durante os safáris e apesar do tamanho, eram muito calmos…chegamos muito pertinho!

IMG 7815

Além dos Big Five, vimos uma infinidade de outros animais, como Zebras, Girafas, Porco Selvagem, Hienas, Impalas, Great Kudu, Blue Wildebeest (os Gnus), pássaros lindos e coloridos (adorei um azul cintilante com olhos laranjas, tem foto dele adiante…), enfim… o legal do safári é que você nunca sabe o que vai encontrar.

IMG 7711

Quero dizer que apesar de pensarmos…ah 4 ou 5 dias é muito tempo…isso depende muito do seu gosto e interesse. Eu e meu marido adoramos, teríamos ficado em vez de 4 noites 1 semana tranquilamente. Em um dia você vê leões acasalando, no outro, vê filhotes de leão. Um dia você vê um grupo de 40 impalas, no outro você vê 2 impalas machos brigando por causa das fêmeas. Em um dia você vê um grupo de zebras na estrada…outro dia vê uma zebra com a barrriga enorme e que tem um filhote prestes a nascer… Assim é a vida selvagem, é tudo igual, porém diferente. São tantas situações possíveis na natureza! Ficávamos empolgados a cada saída para o game/safári.

IMG 7793

3. Qual a melhor época para fazer Safári na África do Sul?

Quando fazer safári na África do Sul: na época de seca – que coincide com a estação do inverno, meses de maio a outubro – é a melhor época para viajar para a África do Sul e fazer o safári. Claro que é uma atividade que pode ser feita o ano todo, todos os meses tem disponibilidade nos lodges e saídas para os games. Se for no verão, há mais mosquitos, chance de pegar chuvas e os animais ficam mais dispersos por ter água e comida mais abundante, o que pode deixar mais difícil a busca para avistá-los, leve isso em conta.

IMG 8285

Durante a Viagem: Cuidados e Dicas Gerais para o Safári

Neste tópico, daremos dicas para o seu dia-a-dia no safári, com cuidados básicos para você ter a melhor experiência possível. Tudo baseado no que aconteceu de bom e de ruim na nossa própria viagem!

IMG 8487

  • Não esqueça chapeu ou boné
  • Óculos escuros: altamente recomendável
  • Os cabelos ficam sujos e duros com o vento e pó, vá preparado(a) – acho que esta dica é mais para as mulheres!
  • leve hidratante, o corpo e as mãos ficam muito ressecados
  • leve protetor labial, os lábios ficam muito ressecados e você não quer que eles fiquem rachados e sangrando, certo?
  • leve soro fisiológico para o nariz. O nariz chega a doer e sangrar por dentro de tão seco (aconteceu comigo afff!). Nebulizar a solução pode ser o jeito para umidificá-lo internamente.
  • leve casacos quentes (tipo fleece), luvas e gorros se for a partir de meados de abril até meados de outubro, de manhã cedo e depois do pôr do sol o frio é de lascar, mesmo com aquele sol e calor durante o dia. Pegamos 8°c pela manhã e 27° durante o dia!!!
  • Tente dormir bem e descansar, nos lodges a gente tem uma rotina de acordar cedo e dormir cedo. O safari matutino sai às 5:30h da manhã retornando às 9h, e o vespertino sai às 16h e retornando às 19h. O horário pode variar de acordo com a época do ano ou com o lodge, mas não vai fugir muito disso.
  • Os cobertores que o lodge oferecia no carro (1 por hóspede) ajudam muito, mas não sei se são todos hotéis que oferecem essa comodidade!
  • cuidado ao entrar e sair da caminhonete de safári! É um pouco alto e eu quase caí e torci o pé por ser displicente e saltar ao descer do carro
  • Não dê gargalhadas, nem fale alto ou se levante enquanto estiver no carro do safári, são as boas maneiras para observar a vida selvagem com segurança.
GOPR2211
  • leve água (geralmente o hotel já deixa uma garrafinha para cada hóspede no carro do game, verifique se onde vai ficar também é assim)
  • Use roupas confortáveis, evite cores chamativas (vermelho, rosa pink) e evite também preto que atrai insetos!
  • As moscas enchem a paciência, mas na época de chuvas (verão), elas tendem a incomodar um pouco mais. Ao menos na região de Madikwe e no lodge Rhulani, as moscas não foram um problema grande (ainda bem!).
  • Não vi pernilongos nem cobras (fui em maio, outono – no verão há mais chances de encontrar ambos) no Rhulani Safari Lodge, ponto super positivo! O nosso ranger sul-africano, Tsholo, nos explicou que tem mais no verão.
  • O carro do safári dá muitos solavancos, as estradas são de terra e muitas vezes em condições bem precárias. Se tem problemas nas costas/coluna, não vá nos bancos da parte de trás, que são mais altos e balançam muito mais.
IMG 7913
Tem alguma dica adicional para safáris na África do Sul ou em outra parte do continente africano? Deixe nas caixas de comentários!

Leia também: Como é se hospedar no Rhulani Safari Lodge, em Madikwe Game Reserve, África do Sul.

Se este post foi útil para você, faça a sua reserva através de nosso parceiro Booking, você não paga nada a mais por isso e ainda contribui para nosso blog trazer novos destinos de viagem com dicas e roteiros completos!

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *