O que fazer em Braga: 15 principais atrações da cidade



Quer saber o que fazer em Braga? Selecionamos 15 atrações para você visitar nesta bela cidade portuguesa: ruínas romanas, torres, igrejas e capelas medievais, universidades, praças com lindos jardins e um belíssimo santuário: Bom Jesus do Monte. Vamos mostrar todas essas atrações aqui, dar dicas de como chegar e do melhor trajeto dentro da cidade (com mapa), para você montar o melhor roteiro de 1 dia em Braga, e aproveitar melhor seu passeio.

Para quem está hospedado na cidade do Porto, dá para fazer um bate e volta até Braga de trem – nós fizemos assim – a viagem dura em média 1h. A localização da estação de trem é excelente (marquei no mapa ao final desta matéria): são apenas 5 minutos de caminhada até a primeira atração turística da cidade.

O que fazer em Braga | 15 principais atrações

Apesar de Braga ser a quinta mais populosa cidade portuguesa (é também uma das mais antigas), seu centro histórico é minúsculo: em 700 metros você o cruza de uma ponta a outra. Portanto, super tranquilo para conhecer em 1 dia de passeio. Dos 15 atrativos turísticos que selecionamos aqui, apenas um deles – Bom Jesus do Monte – fica fora do centro.

Dica de roteiro para quem chega de trem: inicie o passeio pelo Arco da Porta Nova, a primeira atração que citamos nesta matéria. Daí, siga caminhando (pelas ruas Dom Diogo de Souza, Rua Paio Mendes e Rua do Souto) em direção à praça da república e Av. Liberdade, explorando as atrações ao redor. Depois, siga para Bom Jesus do Monte – os detalhes damos na sequência. Se fizer esse roteiro, irá conhecer a grande maioria das atrações que citamos aqui.

Vejamos então nossa lista com as 15 principais atrações para visitar em Braga:

Arco da Porta Nova

O Arco da Porta nova foi uma das 8 “portas” de acesso ao interior da cidade, era parte da antiga muralha que circundou e protegeu Braga durante a Idade Média. Ao atravessar o arco, é só seguir em frente que depois de 700 metros você terá atravessado todo o centro histórico.

Arco da Porta Nova - Braga

Arco da Porta Nova

Ao lado do Arco da Porta Nova fica uma das torres de proteção da cidade murada. Você não consegue vê-la pois ela está literalmente dentro do Museu da Imagem (o prédio vermelho ao lado do Arco). A presença da muralha por séculos delimitou as fronteiras da cidade, e se tornou um entrave ao crescimento de Braga (e por conta disso foi demolida!). No mapa abaixo, do século XVI, isto fica mais claro:

Mapa antigo de Braga

Observe o contorno circular da muralha, protegendo no centro o edifício mais importante da cidade, de onde emanava todo o poder no período Medieval: a Sé de Braga. Ela ainda está de pé (adiante falamos dela)!

Em nossa dica de roteiro, sugerimos o caminho “horizontal” no mapa acima: começando pelo Arco da Porta Nova (à esquerda no mapa), passando pela Igreja da Sé (no centro) até chegar no Castelo de Braga (à direita no mapa – foi demolido no início do século XIX – dele restou apenas a Torre de Menagem).

Curiosidade sobre o Arco da Porta Nova: foi originalmente construído em 1512 ao lado da muralha de proteção da cidade, mas sem qualquer portão! Há quem diga que deste fato originou-se uma brincadeira entre os portugueses, quando alguém esquece uma porta aberta: “És de Braga?!”. Verdade ou não, a associação com o Arco sem porta é imediata!

Museu da Imagem

O Museu da Imagem é aquele prédio todo vermelho que citamos, ao lado do Arco da Porta Nova. É dedicado à fotografia e cidade de Braga. Dentro do Museu de Imagem fica uma das últimas 2 torres da antiga cidade murada (a outra é a Torre de Menagem, do antigo Castelo de Braga). Para quem tiver interesse, é possível visitar inclusive o topo da torre, há um mirante lá, o acesso é por dentro do Museu da Imagem. A entrada do Museu é gratuita.

Horários de visitação: de terça a sexta-feira, das 11h00 às 19h00, sábados e domingos, das 14h30 às 18h00h.

Jardim de Santa Bárbara e Paço Medieval de Braga

O Jardim de Santa Bárbara é pequeno mas muito bem cuidado, há flores das mais diversas cores, rodeadas por arbustos podados em forma de cubos, cilindros, cones, etc. No centro do jardim fica a fonte de Santa Bárbara. A história é triste: segundo a tradição católica, Bárbara foi degolada pelo próprio pai por conta de sua fé cristã.

Ao fundo do jardim, fica o Paço Medieval de Braga, outra construção histórica bem bonita na cidade. O prédio, que lembra um castelo, foi erguido no final da Idade Média, no século XIV, e encontra-se muito bem conservado. Ambos ficam no roteiro “horizontal” que citamos. Pela beleza do lugar, vale muito a pena a visita.

Sé de Braga

Esta é outra atração imperdível em Braga. A igreja da Sé da cidade foi construída sobre as ruínas de um antigo templo romano, dedicado a Ísis. Fazem parte da Sé um complexo de 5 capelas, construídas em estilo Românico, Gótico e Barroco, todos impressionantes. Abaixo, a capela de São Geraldo:

capela de São Geraldo - Braga

Capela de São Geraldo, em Braga

Alguns fatos que achamos particularmente interessantes na visita que fizemos às capelas da Sé de Braga:

  • Na Capela dos reis estão os túmulos dos pais de D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal.
  • O museu da Sé guarda a cruz utilizada na primeira missa do Brasil, transportada por Pedro Álvares Cabral.
  • Na parede externa da Capela de São Geraldo há uma pedra com quase 2 mil anos, com uma inscrição romana! Na rua Nossa Senhora o Leite, atrás da Sé, há outra inscrição romana;
Inscrição romana parede externa Capela São Geraldo - Braga

Inscrição romana na parede externa da Capela de São Geraldo, em Braga

Preços dos ingressos: catedral, €2,00; Museu, 3 €; Catedral + Museu: 4 €.

Horário de visitação: de terça a domingo: no verão, das 09:00 às 12:30h / das 14:00 às 18:30h; no inverno: das 09:00 às 12:30h / das 14:00 às 17:30h. Para mais informações consulte o site oficial da Sé de Braga.

Jardim, Palácio e Museu dos Biscainhos

O Palácio e Museu dos Biscainhos é um edifício barroco do século XVIII, com exposição objetos da nobreza de Portugal. É uma visita interessante para quem quer conhecer como vivia a classe abastada portuguesa nos séculos passados. Os jardins são também em estilo barroco, árvores e arbustos com poucas flores, e é famoso pela tulipeira de 250 anos.

Não visitamos o museu, pois em nosso roteiro de 1 dia em Braga preferimos mais tempo livre em Bom Jesus do Monte. Com relação aos jardins dos Biscainhos, a entrada é livre. Chegamos a visitar, mas preferimos os jardins de Santa Bárbara.

A entrada do museu custa 2 euros – no primeiro domingo de cada mês é gratuita. Fica próximo do Arco da Porta Nova.

Horário de visitação: de terça a domingo, das 09:30 às 12:45h e das 14:00 às 17:30h.

Ruas Dom Diogo de Souza, Rua Paio Mendes e Rua do Souto

Estas 3 ruas formam o eixo horizontal (lembra daquele mapa antigo?) que liga o Arco da Porta nova, a igreja da Sé e a Torre do Castelo de Braga:

Ruas Dom Diogo de Souza e Rua do Souto - Braga

Ruas Dom Diogo de Souza e Rua do Souto

O grosso do turismo na cidade fica concentrado neste eixo. Aí estão as principais atrações da cidade, restaurantes, sorveterias, lojinhas de souvenir, etc. Seja lá qual roteiro fizer em Braga, você certamente irá passar por aí.

Biblioteca Pública de Braga e Praça do Município

A Biblioteca Pública da cidade é um prédio muito bonito, do início do século XVIII:

Biblioteca Pública de Braga

Biblioteca Pública de Braga

A Praça do Município fica em frente à biblioteca. Uma curiosidade: no século XVI, nesta praça eram realizadas touradas, o que lhe rendeu o título de Campo de Touros, e assim permaneceu até a construção do Paço Episcopal (atual prédio da biblioteca), quando adquiriu seu nome atual. A Câmara Municipal de Braga fica do outro lado desta praça.

Ficam ambas no trajeto “horizontal” que citamos, próximos do Jardins de Santa Bárbara e Paço Medieval de Braga, se tiver tempo dê uma paradinha de 10 minutos aí.

Universidade do Minho – Largo do Paço e Reitoria

Em Braga é forte a presença de universidades públicas, privadas e escolas de arte. Por conta disso Braga foi eleita em 2012 a Capital Européia da Juventude. Dentre todas as instituições de ensino da cidade, a Universidade (pública) do Minho é a mais famosa delas. No roteiro que sugerimos, você vai passar pela sua reitoria:

Reitoria da Universidade do Minho, em Braga

Reitoria da Universidade do Minho

A Universidade do Minho tem 1.200 professores e 18.000 estudantes, o que corresponde a 10% dos habitantes da cidade!

Arcada

A Arcada fica na “ponta direita” do centro histórico, era vizinha do antigo Castelo de Braga – desse sobrou apenas a torre, vide foto abaixo:

Arcada de Braga

Arcada de Braga

Sob os arcos da Arcada fazia-se todo tipo de negócio: aí era o centro de comércio e abastecimento dos produtos da cidade. Atualmente, é ponto de encontro e bate papo de moradores e turistas. Há diversos restaurantes por ali, nós almoçamos em um deles. Ao fundo na foto, vê-se a Torre de Menagem do antigo Castelo de Braga e a Igreja da Lapa.

Torre de Menagem

A Torre de Menagem era a principal torre do antigo Castelo de Braga (século XIII), e foi a única estrutura que sobrou dele – o Castelo foi demolido em 1906. Atualmente abriga exposições temporárias de arte em seu interior – mas quando passamos por lá estava fechado (horário de almoço). A entrada é gratuita.

Horário de visitação: de terça a sexta das 10:00 às 12h30h e das 14:00 às 17:00h.

Termas Romanas de Maximinos

Se quiser conhecer um pouco mais sobre a presença dos romanos em Braga, visite as Termas Romanas de Maximinos. A estrutura de visitação do local é simples, e não espere ver ali um coliseu. As ruínas são formadas por pequenos muros em pedra, colunas e utensílios romanos espalhados pelo chão de meio quarteirão.

A entrada custa 1,85 euros, e como algumas atrações em Braga, preste atenção no horário pois fecha para almoço.

Horários de visitação: de segunda à sexta, das 09:30 às 13:00h e das 14:00 às 17:30h, sábado das 11:00 às 17:30h. Fechado aos Domingos e Feriados. Para mais informações clique aqui.

Letreiro de Braga

Quer tirar uma foto de recordação com o nome da cidade? Então esse é o lugar!

Letreiro de Braga

O letreiro de Braga fica na Praça da República, ao lado da Arcada.

Praça da República

A praça da República é a maior praça de Braga, quando passamos por lá tinha um mini parque de diversões, algumas lojas e um McDonald’s! É também um local para realização de shows e grandes eventos.

Praça da República e Convento dos Congregados

Praça da República e Convento dos Congregados

Em frente à praça da República fica o Convento dos Congregados, uma igreja em estilo barroco do século XVII muito bonita. Atualmente está ocupada pelo departamento de música da Universidade do Minho.

Avenida da Liberdade

A Avenida da Liberdade é uma das principais avenidas de Braga.

O primeiro quarteirão: começa na praça da república, é um enorme calçadão só para pedestres. Não deixe de visitar este trecho, é muito bonito!

Avenida da Liberdade em Braga

Avenida da Liberdade

Na esquina com a praça da república fica o centro de informações turísticas de Braga.

Se tiver um tempinho sobrando, no entorno do calçadão da Av. Liberdade ficam outras atrações interessantes para visitar em Braga:

  • A Igreja de São Marcos
  • Palácio do Raio
  • Irmandade de Santa Cruz
  • Capela dos Coimbras
A Igreja de São Marcos

A bela Igreja de São Marcos

O segundo quarteirão da Av. Liberdade: fica logo depois do calçadão. Não é um trecho propriamente turístico, mas cito aqui pois é nele que passa o ônibus no. 2, que leva até Bom Jesus do Monte.

Santuário do Bom Jesus do Monte

Deixamos para o fim talvez a principal e mais importante atração em Braga: O Santuário do Bom Jesus, local de devoção e peregrinação dos portugueses desde o século XV. Fica no topo de uma colina, é um lugar muito bonito!

Santuário do Bom Jesus do Monte - Braga

Santuário do Bom Jesus do Monte

A foto acima, que mostra a imponente escadaria de acesso e a igreja do Bom Jesus no topo, tiramos com nosso drone. Antigamente, para chegar ao topo, era preciso vencer os 581 degraus dessa escadaria. Atualmente existe um funicular, para subir e descer.

Também faz parte do Santuário do Bom Jesus do Monte um parque com enorme área verde, com trilhas dentro da mata. Se tiver 30 minutos sobrando, dá para fazer uma caminhada bem tranquila pelo parque, há um lago no trajeto. Nós fizemos e gostamos.

Para quem quer experimentar as escadas de Bom Jesus do Monte, anote aí a dica: suba pelo funicular e desça a pé pelas escadarias. Depois da escadaria da igreja (essa da foto acima), ainda há uma longa escadaria dentro da mata, então vá preparado, haja pernas!

Independente de sua crença ou religião, pela beleza do lugar, não deixe de visitar o Santuário do Bom Jesus. Com certeza uma atração imperdível em Braga. Fica um pouco longe, 5 km de distância do centro histórico de Braga, mas com as dicas abaixo vai ser fácil chegar lá, então anote aí!

COMO CHEGAR EM BOM JESUS DO MONTE: A maneira mais simples e barata de chegar até o Santuário é pegando o ônibus número 2. Ele passa regularmente (a cada 30min) na Avenida Liberdade, aquela do calçadão só para pedestres. O ponto de ônibus fica no 2o. quarteirão da avenida Liberdade, em frente ao mercado Pingo Doce e próximo ao cruzamento com a rua 25 de Abril (marquei no mapa ao final desta matéria).

Ônibus no. 2: vem com o letreiro “Bom Jesus”.  A passagem custa 1,65 euros. Suba pela porta da frente e pague direto ao motorista (tenha moedas e dinheiro trocado). O trajeto tem 5 km e dura de 20 a 25 minutos. O ônibus te deixa bem ao lado do funicular, que leva ao topo do Santuário do Bom Jesus. Nós fomos e voltamos com esse ônibus e foi super tranquilo. Na volta, embarque no mesmo lugar onde desceu em Bom Jesus. Já o ponto na cidade para descer é outro: desça na Praça da República.

Como chegar

Partindo da cidade do Porto, você pode chegar em Braga de trem, ônibus ou de carro (caso tenha alugado um), detalhes abaixo:

  • de trem: preço a partir de 3,25 euros/pessoa, aproximadamente 1h de viagem;
  • de ônibus: preço de 6 euros/pessoa, aproximadamente 1h de viagem;
  • de carro: via A3, aproximadamente 50min de viagem (tem pedágio);

Para mais detalhes de como chegar de trem ou ônibus, consulte nossa matéria específica aqui no blog, lá explicamos todos os detalhes de cada viagem, passo a passo:

Mapa das principais atrações

Abaixo marcamos em um mapa do Google a localização de todas as atrações que citamos nesta matéria. O mapa é interativo, você pode clicar, dar zoom, etc. Bom Jesus do Monte fica à direita no mapa, e todas as demais atrações em Braga estão à esquerda:

Para ver todas as nossas dicas de Portugal, clique aqui.

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *