Hutongs em Pequim: explorando os cantos mais originais da cidade



Quando estava planejando nossa trip para a China, li muito sobre as hutongs em Pequim. A capital chinesa vem passando nos últimos anos por muitas transformações, dentre elas, a destruição dessas “vilas” ou ruelas, para deixar o terreno livre para novas e grandiosas construções.

Hutongs em Pequim: caminhando pelos cantos mais originais da cidade

Nas hutongs vivem milhares de moradores de Pequim, não são lugares turísticos. Claro que existem os famosos passeios de riquixás, mas estes só levam para “hutongs de turista”, onde tudo é arrumadinho e cheio de lojas de souvenir. Por este motivo, nós fomos nos enfiando nas hutongs reais, e que em alguns momentos se assemelham muito a zonas periféricas de grandes cidades aqui no Brasil. Veja nas fotos abaixo: uma é hutong de turista, a outra, uma hutong em que todo mundo ficava olhando para a gente como se fôssemos aliens!

Hutongs em Pequim: poluição alta, usamos máscaras

hutong mais arrumada para turistas!

Hutongs reais em Pequim

hutong mais real

Basta caminhar pelo centro da cidade, você logo verá as entradas das hutongs (cuja entrada fica sempre para o sudeste, conforme manda o feng shui). As ruelas cortam praticamente toda essa região. Uma das coisas mais interessantes em Pequim é justamente o contraste do novo e moderno com o tradicional e milenar. Ao sul de Qian Men e nos arredores de Hou Hai, você verá muitas hutongs.

A pé pelos cantos mais originais de Pequim

Descobrindo pequim a pé: cantos originais da cidade

Hutongs em Pequim: contraste entre o antigo e o novo.

um restaurante que achamos entre uma hutong e outra…

Restaurante chines

Esse passeio a pé até rendeu umas comprinhas em um mercadinho, compramos vários snacks para beliscar durante nossos dias na cidade.

Pequim: compras em mercadinho em uma Hutong

Abaixo, marquei em um mapa do google nosso passeio a pé pelas hutongs:

Essa caminhada pelas hutongs nos tomou uma tarde inteira. Não é propriamente um passeio turístico, mas com certeza é um bom começo para apreciar Pequim e observar os chineses. Assim como eles nos encaram fixamente, por outro lado é um povo diferente para nós. É natural essa curiosidade de ambos os lados. Por esse motivo antropológico, recomendo a todos gastar as solas de sapato pela velha Pequim.

Para ver todas as nossas matérias e relação de passeios para fazer em Pequim, clique aqui.

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *