Guia básico de Cusco – o que fazer, onde ficar e quando ir



Cusco é hoje uma das cidades mais visitadas da América do Sul, uma vez que é a cidade base para visitas ao sítio Arqueológico de Machu Picchu. Neste post dou dicas das atrações da cidade de Cusco – um guia com os melhores lugares para se hospedar e passear e os principais pontos turísticos.

Mas antes, algumas curiosidades:

* A cidade era a capital do Império Inca, sendo seu mais importante centro administrativo e cultural.

* Cusco significa umbigo do mundo em quéchua, linguagem indígena de povos do Peru, Equador e Bolívia (e em menor grau na Colômbia, Chile e Argentina), ainda hoje falado por milhões de pessoas e utilizado também pelos Incas.

* A bandeira da cidade é a mesma do movimento gay, com 7 cores.

* A cidade está situada a 3400m de altitude – portanto cuidado com exercícios físicos nos primeiros dias de visita. É normal sentir um pouco de falta de ar ou dificuldades respiratórias, cansaço, moleza e mal-estar. Beba bastante água.

* Em 1983, ganhou título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

QUANDO IR:

* O clima na cidade é geralmente seco e frio. Na cidade e no Peru em geral a época ideal para visitação é de abril a outubro, época em que quase não chove. E a estação chuvosa se estende de novembro a março. Em junho há a comemoração do solstício de inverno – o festival religioso Inti Raymi – celebrado desde a época dos Incas. É uma época interessante e tradicional na cidade, é uma época única (porém a mais cara) para se visitar a cidade.

QUANTO TEMPO FICAR:

* Cusco é uma cidade pequena e pacata para os turistas. O ideal seria separar 2 dias inteiros para a cidade, mais 1 dia para o tour aos sítios arqueológicos do Vale Sagrado e 1 dia para Machu Picchu (assumindo que você vai fazer o bate-volta de trem), totalizando uma estadia de 4 dias na cidade. É claro que cada um tem um tempo disponível ou preferência para mais ou menos tempo. Mas na minha opinião esse seria um tempo adequado para fazer tudo com calma.

ONDE FICAR:

* Recomendo a região da Plaza de Armas –  lá você estará no centro da cidade com toda infraestrutura a sua disposição – restaurantes, lanchonetes, casas de câmbio, agências de passeios, bons hotéis e muitas das principais atrações turísticas da cidade. Nós nos hospedamos no Del Prado Inn (foto da fachada abaixo), a 3 minutos a pé da Plaza de Armas, mas também ficaria em algum hotel boutique ou em algum de redes confiáveis, como o Novotel (do grupo Accor) ou Casa Andina.

O QUE VER E FAZER EM CUSCO:

* Essencial contratar um  Tour para conhecer os sítios arqueológicos da região, mas na cidade de Cusco em si para visitar as atrações só precisará de um pouco de disposição para caminhar. E se cansar não faz mal, há muitos táxis perambulando pelas ruas do centro e pela Plaza de Armas a qualquer hora do dia e a preços módicos!

A Plaza de Armas é uma atração à parte, essencial e obrigatória! Sente e relaxe em um dos bancos e veja o movimento de moradores e turistas do mundo todo pra lá e pra cá. Limpa e bonita. Só vai ter que aguentar vendedores peruanos (inclusive crianças) de artesanato vindo lhe oferecer coisas de 5 em 5 minutos.

Fotos da Plaza de Armas de Cusco:

Plaza de Armas de Cusco

IMG_9612

À noite também é uma boa pedida, pode passear pelas lojinhas de artesanato (há muitos objetos de prata e trabalhos com lã) e souvenir e/ou escolher algum local para jantar tudo por ali.

ruas de cuzco a noite

panorama de Cusco à noite:

IMG_9765

A Igreja da Companhia de Jesus e a Catedral de Cusco também podem ser visitadas internamente:

A Igreja da Companhia de Jesus - Cuzco

Outro passeio imperdível em Cusco é caminhar sem rumo – as ruelas são um charme, algumas são ladeiras mais íngrimes, mas indo devagar e parando para fotografar e para entrar nas lojinhas você nem sente. Dessa forma, você pode descobrir e desbravar a cidade do seu jeito e no seu ritmo!

IMG_1003

o povo peruano no geral é bem amistoso, simpático e sorridente, e as crianças são muito fofas!

IMG_9650

Durante a caminhada, dê um pulo na rua onde está a famosa pedra de 12 ângulos, na Calle Hatun Rumiyoc:

a famosa pedra inca de 12 ângulos - Cuzco (Calle Hatun Rumiyoc) - Perú

A poucas quadras da Plaza de Armas, está  Qorikancha e a Catedral e Convento de Santo Domingo. Curioso que onde havia um templo inca, os espanhóis destruíram boa parte do lugar (levando todo o ouro do local, inclusive) e ergueram a igreja/convento para mostrar e impor seu domínio (político e religioso), mas o fizeram usando todo o trabalho em pedra dos Incas! A visita ao local será detalhada em outro post.

IMG_1024

Para finalizar, a cidade de Cusco vista do alto – repare na Plaza de Armas no canto inferior esquerdo…e as montanhas ao fundo ajudam a compor a beleza do lugar…

IMG_1034

Para procurar os melhores preços de hotéis e reservar, pesquise em nosso parceiro, Booking.com:

Booking.com

Até a próxima trip!


 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *