Como é voar Alitalia na Europa: de Roma a Budapeste



Hoje no blog conto como foi voar com a Alitalia em um voo curto dentro da Europa: fizemos o trecho de Roma a Budapeste. Não sei porque eu tinha um preconceito com a empresa, eu sempre li histórias de atrasos ou sistuações de descaso com passageiros (a mesma má fama de Iberia e TAP). Para ser sincera, acabei confirmando um pouco essa imagem. A viagem durou 1:45h min, voo AZ478, na classe econômica.

IMG_8643

Compra do bilhete aéreo no site da Alitalia

A compra do bilhete foi feita pela internet meses antes do voo, neste ponto, nota 10 – o site da Alitalia tem versão em português e as informações são claras e detalhadas. O assento escolhemos na hora da reserva mesmo e sem pagar taxa adicional. Em termos de preço achei bom, R$ 250 reais por pessoa já com as taxas (na época, por volta de 60 EUR no total).

IMG_8635

E por que eu não gostei muito de voar Alitalia?

Impliquei por alguns motivos:

1) eu estava tirando fotos do avião, como sempre faço para os flight reviews, e um comissário veio falar para eu apagar as fotos, pois não era permitido. Eu mostrei as fotos e deletei tanto na GoPro como no iPhone as que os comissários apareciam, ainda que de costas, as outras eu disse que não ia apagar. Ele fez cara feia e saiu. Acho que os funcionários não quererem ou não poderem aparecer em fotos, tudo bem, estão dentro do direto deles, mas ele poderia ter pedido com educação e explicado as regras, o que não foi o caso. Já veio berrando e gesticulando como se eu carregasse uma bomba dentro do avião. Sempre tirei fotos dentro do avião e quase sempre não tiro foto com rostos de pessoas ou comissários, e se o faço, tento pegar de costas ou de modo que proteja a identidade da pessoa. Bastava ele mencionar isto, enfim. Fato é que já voei várias vezes e nunca tinha tido problema assim.

IMG_8639

2) O avião era um Airbus A320 velho e sujo (com configuração 3 – 3) e parecia com menos espaço para as pernas (ou eu que impliquei mesmo). Como de praxe nesta aeronave, não tinha sistema de entretenimento, somente a revista da companhia aérea no bolsão.

DCIM\100GOPRO

3) Decolamos com um atraso imenso, de quase 2h. O embarque ocorreu conforme o horário, mas depois ficamos todos esse tempo a mais dentro do avião sem que qualquer comissário desse alguma satisfação. Pelo que entendi, era problema com algum passageiro deficiente. Eu soube porque a aeromoça corria para lá e pra cá com uma prancheta e veio falar com a família deste passageiro, que gesticulava, reclamava e falava… e que por acaso estava sentada praticamente do nosso lado.

No restante, ok. Foram servidos bebidas (só tomei água) e petiscos (biscoitinhos salgados) – normal para um voo curto como esse. O voo foi tranquilo, sem turbulências até que finalmente pousamos em Budapeste, Hungria.

IMG_8641

E você já voou com a Alitalia? Deixe suas dicas na caixa de comentários!

Confira nossos outros relatos de voos pelo mundo com as mais diversas companhias aéreas clicando aqui.

Até a próxima trip!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.