Canyon Fortaleza: trilha do mirante no Parque Nacional da Serra Geral – RS 6



Hoje faço o relato da Trilha do Mirante, cujo caminho de 1,5 km conduz a uma das mais belas paisagens do Brasil. Localizado dentro dos limites do Parque Nacional da Serra Geral, no Rio Grande do Sul, o Canyon Fortaleza é o mais famoso dos canyons do Parque, que ainda conta com trilhas de menos fama e difícil acesso em cânions como o Malacara e o Churriado.

Pelo fato de ser o maior cânion da região, ter acesso fácil e a trilha ser curta e relativamente leve, além da vista estonteante e recompensadora, o Cânion Fortaleza acaba sendo o mais visitado, enquanto os outros cânions só podem ser explorados com a companhia de um guia credenciado.

Canion Fortaleza - Trilha do Mirante no Parque Nacional da Serra Geral - RS

A visita a esse parque, no entanto, é bem diferente da visita ao Parque Nacional de Aparados da Serra, onde está o Cânion Itaimbezinho. Se para chegar ao outro parque já não tinha sinalização e placas adequadas, este então nem se fala. Nossa sorte é que sempre planejamos bem antes de viajar e já tínhamos marcado locais no GPS, além de ter analisado bem a região através do Google Earth.

Acho inadmissível uma coisa dessas – é um absurdo que um local como esse não tenha a mínima infraestrutura para receber visitantes. Para começar, a portaria do parque na verdade é só um posto de fiscalização. Está errado. Deveria colher nossos dados – idade, cidade onde vivemos, etc. Estatística é uma importante aliada na hora de se fazer turismo de verdade.

Além disso, a entrada deveria ser PAGA, qualquer parque nacional decente em qualquer lugar do mundo cobra ingressos e taxas de permanência, e bem caros. Não estou falando apenas dos parques nacionais nos EUA, mas nossos vizinhos Chile e Argentina estão bem à frente nesse quesito.

contemplando a vista espetacular do Canion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral - RS

Se tivesse a cobrança, esse valor seria útil também para a preservação e manutenção do parque, bem precárias por sinal. Como tem muitas propriedades privadas na região, acho que deve ter muito rolo e imbróglios – leia-se interesses econômicos – para delimitar o que é área de parque nacional e o que é privado, visto que tinha várias vacas pastando no lugar e muitas áreas de plantio de pinus, uma dessas áreas tinha a placa de uma grande empresa de móveis planejados aqui no Brasil. Minhas opiniões e críticas à parte, vamos ao passeio em si.

A trilha não é demarcada, fora as bostas de vaca (e as moscas em cima da bosta), que a gente tem que ficar desviando o caminho inteiro.

IMG_6496

Lugar lindo mesmo, cânions gigantes, penhascos supreendentes, um dos lugares mais bonitos do Brasil em minha opinião. O Cânion Fortaleza é o maior de todos os cânions do país. Seus paredões se estender por 7,5 km de extensão!

Canion Fortaleza

Em dias claros, avista-se parte do território de Santa Catarina e também o mar, o litoral do Rio Grande Sul. Conseguimos ver o mar no dia da nossa visita, mas não consigo vê-lo aqui pelas fotos. Como o tempo muda muito no local, com nuvens, neblina e céu aberto se alternando, provavelmente tiramos as fotos quando o tempo começou a nublar…

Canion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral - RS

Repare na estrada de terra na parte superior do cânion… tem ali uma área de estacionamento, bem à esquerda da foto, onde deixamos o carro estacionado e começamos a caminhada.

Canion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral - RS

Escolhemos o dia a dedo, pois pegamos um tempo bem instável e chuvoso em nossa trip pelo sul do Brasil. Vimos a previsão do tempo e nos programamos para pegar um dia de sol na visita ao cânion. Aconselho que você faça o mesmo, afinal o tempo já é bem instável na região dos cânions e você ainda escolhe um dia nublado para a visita é frustração na certa. Já vi posts em outros blogs com fotos em que não se via absolutamente nada, de tanta neblina. E chegue cedo!, pois é passeio para 1 dia inteiro.

Olha só a trilha no caminho da volta, como estava com neblina…

névoa no Canion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral - RS

Para chegar, fomos de carro próprio, 4×4, em estrada parte asfaltada, parte de terra (principalmente quando vai se aproximando do cânion). Fizemos bate-volta de Canela, cidade onde estávamos hospedados distante 100 km dos cânions.

Leve água, protetor solar, boné, óculos escuros, um casaco caso o tempo mude, repelente de insetos e um lanche, pois não há nenhuma infraestrutura no local. Se você se estressa com carrapichos e tem medo de insetos, carrapatos e bichos nojentos em geral (tipo sapo), como eu, prepare-se para sofrer.

Para encerrar o post de nossa aventura, deixo aqui minha foto favorita desse lugar, meu marido teve que andar muito até o outro lado do cânion para bater essa foto minha – 😅 sou eu aquela pessoa que parece miniatura no canto esquerdo no alto da foto!

Penhasco no Canion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral - RS

Até a próxima trip!

Abaixo, o mapa do Google com a localização e como chegar ao Cânion Fortaleza:

O mapa do google acima é interativo. Você pode dar zoom, clicar nos símbolos, etc.


Seguro Viagem - Tranquilidade para sua viagem pelo Brasil
Vai viajar pelo Brasil? Não se esqueça do SEGURO VIAGEM, pois ele é fundamental para pronto atendimento e serviços médicos durante sua viagem!
Compare diversas seguradoras e tipos de cobertura (inclusive Covid-19) na SEGUROS PROMO, nossa parceira aqui no blog - acesse pelo link e use nosso CUPOM DE DESCONTO: PROXIMATRIP15, para conseguir um preço ainda mais baixo!
Você ainda pode consultar se há algum cupom de desconto ainda maior no próprio site da Seguros Promo antes de finalizar sua compra!
Conheça as principais vantagens:
  • O Melhor preço garantido! Seguros Promo cobre qualquer oferta de seguro viagem.
  • Mais barato do que comprar em seguradoras.
  • Atendimento 24hs e em português!
  • 12x sem juros no cartão ou 5% de desconto no boleto.
  • Assistencia médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem e muito mais.
Comprando através do nosso blog, pelo link ou clicando na imagem acima, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda nosso site a continuar produzindo matérias de viagens 100% independentes! Muito obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6 pensamentos em “Canyon Fortaleza: trilha do mirante no Parque Nacional da Serra Geral – RS

  • Rodrigo

    Muito legal, parabéns.
    Só na minha opinião, com todo respeito, não acho que deveria ser cobrado, acho que é um direito de todos, claro que deve ser exigido o respeito ao lugar o controle para que não se polua e etc. Imagina se houvesse um asfalto que chegasse até lá, acho que perderia boa parte da graça.

    • Erika Autor do post

      Olá Rodrigo
      Obrigada pela visita e pelo comentário!

      Sou a favor da cobrança porque em geral com brasileiro as coisas só funcionam quando dói no bolso 🙂
      Mas claro cada um tem seu ponto de vista! Quanto ao asfalto para chegar até os canyons não acho primordial realmente, mas sinalização ajudaria muito!

      Volte sempre ao blog

      Erika.

      • Felipe

        Olha…. o turismo no Brasil é uma vársea, isso sim e a culpa é do governo. Em cima dos dois comentários gostaria de colocar que deveria ser bem cobrado para acesso a esses parques (Unidades de Conservação), mas para cobrar deveria ter estrutura que permitisse uma melhor visitação, seja restaurantes, quisques, banheiros e sim ASFALTO. Se a gente pegar os parques nos Estados Unidos tem asfalto DENTRO do parque como o Yosemite Park na California, a gente paga fortuna para irmos lá e aqui a gente reclama, pq num pensar para frente no Brasil investindo no turismo e na conservação, não digo dentro do parque ter asfalto, mas para chegar até ele uma melhor condição ao meu ver era o mínimo a ser exigido.

        • Erika Autor do post

          Olá Felipe, obrigada pela participação. Apesar de muita gente ser contra, acho que a cobrança de entrada em Parques Nacionais e Estaduais é necessária sim. E concordo com relação a melhores estradas de acesso aos parques. Todos que visitei até hoje encontram-se com estradas de acesso lamentáveis, à exceção do Parque Nacional de Foz do Iguaçu.

          Até mais!

  • Tatiana

    Ola,
    Parabéns pelo relato. Chegando bem cedo no canion de Fortaleza, você acha que eu faço a trilha ida e volta em quanto tempo? Ou seja, que horas eu estaria de volta em Gramado? Pretendo ir com marido e filho de 10 anos? Obrigada pela atenção.
    Tatiana

    • Gustavo

      Tatiana, obrigado.
      A trilha é relativamente curta, por volta de 3 km ida e volta, e não é demarcada – por isso, nunca deixe seu filho de dez anos sozinho. Quanto ao tempo de permanência lá, é relativo… a vista é estonteante, então dá vontade de ficar lá sentado, contemplando a natureza por um tempão. Nós permanecemos no canion por volta de quatro horas, sem contar o tempo de deslocamento de carro. É um passeio para o dia todo, e seu retorno a Gramado deve ocorrer muito provavelmente ao final da tarde. Boa Trip!!