Visita a Machu Picchu – Peru de Trem Vistadome : 1 dia de passeio no sítio arqueológico

vista clássica de Machu Picchu - Peru(foto: vista clássica de Machu Picchu)

Bom, Machu Picchu dispensa apresentações, é simplesmente o sítio arqueológico mais visitado da América do Sul e uma das 7 novas maravilhas do mundo. Isso todo mundo já sabe. Então o post de hoje vai ter uma abordagem tipo relato – vou mostrar como foi nossa visita da saída do hotel até a chegada e visita a Machu Picchu.

Pedimos um táxi na recepção do hotel bem cedo, já que nossos tickets de trem (comprados antecipadamente pelo site, com cartão de crédito) tinham partida da estação de Poroy, a uns 15 km de Cuzco (não me lembro quanto tempo demoramos para chegar, só sei que foi bem rápido).

Eu na estação de Poroy… até que a estação é bem arrumadinha, o banheiro estava limpo e havia telas de lcd informando os horários dos trens.

Estação de Poroy - como ir a Machu Picchu de trem (vistadome)

Assim que autorizaram o povo a entrar no trem, lá fomos nós… infelizmente eu e o Gustavo pegamos lugares separados, ele em uma fileira, e eu na outra…

Dentro do trem Vistadome , que leva a Machu Picchu

O trem é muito confortável, as janelas são grandes, a paisagem é linda – e há um bom café da manhã, servido em copos e pratos de cerâmica local (foi o que disseram, pelo menos). no trecho da volta, há um divertidíssimo desfile de moda andina, com música e tudo, sendo que os modelos são os próprios funcionários do trem. Coitados, eles pagaram muito mico, e eu ri muito.

trem Vistadome - Peru

trem Vistadome - Peru

café da manhã servido no trem vistadome, que leva a Machu Picchu

Chegando à estação de Aguas Calientes, a gente desce do trem, caminha uns 10 minutos, passa por um local bem sujo, com muitos ambulantes peruanos querendo te vender um monte de tranqueiras, vai seguindo o fluxo (afinal todo mundo desceu do trem e vai para Machu Picchu né…)  até que você enxerga a fila para pegar o ônibus para Machu Picchu, ou você sobe andando, mas é muito longe e a subida é monstro… O ticket para esse ônibus você compra na hora ou adquire antecipadamente na secretaria de turismo em Cuzco, como nós fizemos.

Aguas Calientes - de trem até Machu Picchu - Peru

IMG_0210

Entrada do Parque – esteja com seus ingressos (obrigatória a compra antecipada) e leve seu passaporte – lá há um carimbo especial de Machu Picchu (adoro esses carimbos-souvenir). Você pode contratar um guia no local para te explicar as construções, as histórias e tudo que envolve Machu Picchu ou fazer uma visita auto guiada, esta última nossa opção.

Leve óculos escuros, protetor solar, repelente, casaco (à tarde faz frio), capa de chuva, lanches, água, tudo dentro de uma mochilinha…vai ser muito útil ter tudo à mão e você evita de gastar em coisas superfaturadas!

IMG_0207

Quando chegamos havia muitas nuvens, mas elas foram se dissipando e conseguimos ter aquela visão clássica de todo o complexo arqueológico…

Foto clássica de Machu Picchu - Peru

Machu Picchu - Peru

O local tinha muitos turistas mas nada muito lotado ou bagunçado… havia também muitas lhamas por ali…

Lhamas em Machu Picchu - Peru

caminhando no sítio arqueológico de Machu Picchu - Peru

Sítio arqueológico de Machu Picchu - detalhes das construções

Sítio arqueológico de Machu Picchu - detalhes das janelas anti terremoto

Sítio arqueológico de Machu Picchu - detalhes das janelas anti terremoto

caminhando pelo sítio arqueológico de Machu Picchu

ruínas de Machu Picchu

caminhando pelas ruínas de Machu Picchu

Machu Picchu - Peru

Machu Picchu - detalhe de colocação das pedras nas janelas

Machu Picchu - detalhe de colocação das pedras - forma de trapézio anti terremoto

Machu Picchu - trabalho das pedras - encaixe perfeito

Morador de Machu Picchu!!

A melhor época para a visita é de maio a outubro, com dias pouco chuvosos e tempo firme. No nosso caso, fomos em um mês de agosto.

Lá pelas 16h, começamos a percorrer o caminho de volta, pegamos o ônibus até Aguas Calientes e de lá nosso trem Vistadome rumo a Poroy. Já em Poroy, à noite, havia vários táxis na porta da estação de trem. Pegamos um para o nosso hotel. Estava exausta porém satisfeita. Mais um local que eu queria muito conhecer, e eu tinha visto com meus próprios olhos.

Até a próxima trip!



Esta entrada foi publicada em Machu Picchu e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Leia também:

    IMG_0450.jpg
    Erika   •   9 de abril de 2014

    Este circuito, o trekking da Laguna Llaca, foi o que deixamos para o último dia em Huaraz, mas eu gostei tanto deste passeio que eu vou publicá-lo antes de outros que fizemos por lá. Na verdade, esta caminhada pode ser […]


    20090908164921.jpg
    Erika   •   12 de dezembro de 2013

    Este tour partiu às 9:00hs da manhã da cidade de Huaraz. O passeio é o seguinte: passamos por vários povoados como Recuay, Ticapampa, Catac. Cruzamos a Cordilheira Blanca pelo túnel Kahuish em direção ao Vale de Conchucos. O trajeto é […]


    IMG_7734.jpg
    Erika   •   6 de dezembro de 2013

    [a bela Laguna Paron, na Cordilheira Blanca – Peru] Um dos vários passeios para se fazer em Huaraz, no Peru, é o mini-trekking da Laguna Paron. Trata-se de uma caminhada em volta do lago, numa trilha bem demarcada. Mais uma […]


    IMG_0161_2.jpg
    Erika   •   3 de outubro de 2013

    Depois de meses do último post da Série Peru Desconhecido, volto a publicar mais um post da série…e dessa vez será uma quantidade consecutiva de posts, talvez o blog fique monotemático por algumas semanas, mas como sairei de férias (viajando por […]


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>