Roteiro de Viagem Montenegro: O que ver e fazer em Kotor, Perast, Budva e Sveti Stefan 4


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No post de hoje do blog, vou mostrar um pouco do que conhecemos de Montenegro, em um Roteiro de Viagem neste que é um dos países banhados pelo Mar Adriático mas não tão famoso ainda para turismo como seu vizinho de fronteira, a Croácia. O país apresenta belezas naturais como praias, montanhas e fiordes. Confira o que fazer em Montenegro, as cidades mais visitadas (Kotor, Perast, Budva e Sveti Stefan) e suas atrações imperdíveis, além é claro de nossas dicas e impressões pessoais.

IMG 0919

Antes de fazer a viagem (fomos no mês de julho/2016, portanto verão na Europa), pesquisei sites e blogs, mas não achei tantas informações quanto eu desejava, em blogs europeus com conteúdo em inglês achei mais dicas práticas. A dúvida que ficamos foi – alugar carro ou fazer um tour? Como fizemos um bate-volta de Dubrovnik (Montenegro está a 2 horas de carro da cidade croata), achamos que alugar o carro para 1 dia seria muito trabalho.

 

 

Resolvemos pegar o tour em grupo por 45 EUR por pessoa (contratamos na agência Amico Tours, que fica na cidade murada em Dubrovnik), mesmo sabendo do tempo limitado em cada lugar. Fomos a este novo país apenas para fazer um reconhecimento, espero voltar algum dia com mais calma e ficar hospedada por lá. O melhor mesmo seria ter um motorista privado para levar pra lá e pra cá, mas este serviço custa caro. Cotei em algumas agências locais em Dubrovnik e custava de 350 a 500 EUR a diária.

IMG 0944

Chove muito pouco no litoral da Croácia e de Montenegro no verão, que costuma ser (muito) quente e seco. Infelizmente demos um pouco de azar no dia da nossa viagem a Montenegro porque o tempo estava instável, pegamos tempo nublado em Perast (a primeira parada), tempo bom alternando nuvens e céu azul em Kotor (onde tivemos 2:30h de parada para explorar a cidade – aqui um adendo – nós abandonamos o tour em grupo e exploramos a cidade por conta própria, aparecendo no ponto de encontro apenas no horário marcado para ir embora), e chuva torrencial, ainda que passageira, em Budva e Sveti Stefan. Nossa primeira parada foi antes de chegar em Perast e pouco depois de passarmos a fronteira com a Croácia, na cidade de Herceg-Novi. Infelizmente não carimbaram nosso passaporte. Os agentes tem cara feia e só pediram (e carimbaram) os passaportes dos 3 chineses do grupo.

IMG 0893

Perast

A pequena cidade católica de 350 (!) habitantes tem uma parada estratégica para fotos, com 2 ilhotas bem fotogênicas – St. George island e Our Lady of the Rocks.

IMG 0903

IMG 0901

Por ali, parece que o tempo parou, uma cidade que mais parece uma vila, cercada de montanhas e banhada por um braço do Mar Adriático, deve ficar ainda mais linda em um dia de céu 100% azul.

IMG 0892

Kotor

Kotor tem uma old town, é uma cidade murada como Dubrovnik e ainda tem Fiordes que emolduram e embelezam os arredores da cidade. A grande atração de Kotor em minha opinião é subir as íngremes fortificações, através de uma caminho demarcado pela muralha, para se ter uma vista panorâmica da cidade e da beleza que a cerca.

IMG 0955

Como tínhamos pouco mais de 2:30h de tempo na cidade, nos programamos para conhecer a cidade velha (Stari Grad), que fica entre a baía e as montanhas com a muralha. Há opções de lojinhas de souvenir, bares e restaurantes para turista nenhum botar defeito, mas sinceramente, vindo de Dubrovnik você não vai achar a cidade murada de Kotor grande coisa. Para quem se interessar, tem um Museu marítimo na cidade. Demos uma voltinha e fotografamos tudo, by the way.

IMG 0909

Um ponto que não me agradou em Kotor foi o turismo dos Cruzeiros. Eu particularmente acho esse tipo de turismo um pouco predatório em certas cidades da Europa. As pessoas não comem nos restaurantes (porque já comem no navio), não se hospedam na cidade (porque só vão passar o dia) e ainda superlotam locais que não comportam mais de 1550 pessoas ao mesmo tempo – caso do minúsculo centro histórico de Kotor. Considerando que toda a área é Patrimônio Mundial da Unesco, ou eles repensam e mudam a política de turismo na cidade ou perderão essa chancela em breve.

Outra dica: fomos alertados pela guia que em Kotor tem muitos pickpockets, mais conhecidos como batedores de carteira! fique atento!

GOPR5232

As Muralhas de Kotor

As muralhas de Kotor são realmente impressionantes, e ao subi-las em uma caminhada íngreme mas não impossível, você vai se deparar com uma das mais belas paisagens panorâmicas da Europa. Se para subir até o final você precisaria de mais de 3 horas, suba ao menos até a igrejinha ou pouco depois dela, que você já terá uma vista de tirar o fôlego! Há alguns pontos de entrada para a muralha e o ingresso custa 3 EUR por pessoa.

IMG 0963

Lugar lindo demais 😍

IMG 0946

Pausa para fotos e selfies – a cada 2 minutos a gente parava e tirava fotos…é absurda a vista, me encantei! Ah, se você for no verão, vá de tênis e com sola antiderrapante, pois escorrega bastante e eu quase caí de bunda e me machuquei feio! Leve água (apesar de ter vendedores ambulantes na igrejinha) e um chapéu/boné e óculos escuros.

IMG 0933

No momento da trilha, que levamos 1:30h para subir e descer, estava um sol entre nuvens, mas aquele mormaço de verão, mega abafado…fiquei pensando nessa caminhada em dia de verão com sol a pino…não dá! Neste ponto o clima meio nublado ajudou e muito e ainda não atrapalhou as fotos! O temperatura marcava 29ºC, mas a sensação térmica, segundo o iPhone era de 36ºC 😅

GOPR5226

Budva

Seguimos viagem para Budva, um pouco mais distante, e como começou a chover, não dava para ver muita coisa do lado de fora. Resolvemos tirar um cochilo no ônibus até a chegada na cidade.

Quando entramos na cidade, vimos muitos prédios baixos, com sacadas, típicos construções de cidades balneárias – um pouco fora do meu gosto pessoal…. A guia comentou que a cidade vivia um boom imobiliário, pois os russos eram praticamente 90% dos turistas na cidade durante a temporada e o $$$$ que circula por Budva, tanto de turismo como de imóveis, mostrava a força do capital russo no país. Depois, ela comentou que os russos são a principal nacionalidade de turistas em Montenegro. Reparamos que em restaurantes, em lojas e em placas nas ruas tem muita coisa no alfabeto cirílico, estava explicado o porquê.

IMG 0970

A van parou em um estacionamento enorme perto do píer da marina da cidade, onde havia vários veleiros e iates. Budva tem um aspecto moderno e sem novidades nessa parte nova da cidade, o charme mesmo e o que vemos de diferente fica por conta da cidade velha, nos limites das muralhas da cidade – sim, Budva é mais uma cidade murada em Montenegro, e na região do Mar Adriático.

IMG 0981

A Stari Grad de Budva é menor e não tem o mesmo charme de Split e Dubrovnik, na Croácia. Sei que não é certo comparar, mas juntando os 2 países em uma mesma viagem fica difícil evitar. De qualquer forma, fomos explorar com todo afinco 😄

IMG 0986

Para atrapalhar nosso passeio no centro velho e na praia, choveu forte durante quase 30 minutos das 2 horas livres que tínhamos na cidade. Notamos que tanto a praia quanto a cidade velha tinham em sua esmagadora maioria turistas sérvios, russos e ucranianos.

IMG 0983

Dentro da dos limites da cidade velha, muitos restaurantes, lojinhas, galerias de arte e as típicas ruas de pedra estreitas de cidades medievais.

IMG 0979

No trecho de frente para o mar, a Citadela tem lindas vistas para a cidade e um pequeno museu, mas não conseguimos ir. Com relação às praia, águas cristalinas, limpas e calmas formam uma verdadeira piscina. Tinha muita gente e estava bem nublado, mas mesmo assim a paisagem é linda. Para curtir a praia ali é que acho meio muvucado, mas quem gosta de agito e festas está no lugar certo.

IMG 0974

Os restaurantes do lado de fora das muralhas são maiores e mais baratos para comer e beber, mas os preços são muito bons em toda a cidade (Para os padrões europeus, Montenegro é um país muito acessível e barato). Resolvemos fazer uma parada no Restaurant e Pizzeria Sambra, na cidade velha, onde comemos uma pizza, suco natural e água e saiu 11 EUR para 2 pessoas. Para quem gosta de beber, a cerveja é bem mais barata que uma garrafa de água. A partir de 50 cents de EUR você garante sua beer. Com relação à comida, vimos abundância de ostras e mexilhões nos cardápios.

IMG 0976

Sveti Stefan

A 5 km de Budva fica um lugar lindo e paradisíaco – o lugar mais fotogênico da costa montenegrina, Sveti Stefan. No entanto, como o paraíso nunca é para todos, o ponto mais famoso da localidade é justamente uma ilhota exclusiva e privada, onde funciona o Hotel Aman Sveti Stefan. As diárias ali custam a partir de 1000 EUR. Para o resto dos mortais, basta contemplar a ilha, que tem uma praia exclusiva (à direita da foto) – ou frequentar a praia vizinha (à esquerda na foto), que é pública. Para quem não vai se hospedar, mas quer conhecer a propriedade, há restaurantes e cafés que podem ser frequentados mediante reserva.

IMG 0990

O mirante de Sveti Stefan foi nossa última parada antes de retornar à Dubrovnik. Ao invés de pegar a rodovia (E65 e E80) contornando as cidades da Baía de Kotor (trajeto que é feito na ida), a van pega um ferry em Lepetane – Kamenari para encurtar a volta.

E você? Já visitou Montenegro? Conheceu mais lugares? Deixe suas dicas e roubadas na caixa de comentários!

Até a próxima trip!


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

 

Promoção de Hotéis:

Ao efetuar sua reserva de hotel em nosso parceiro Booking.com, ganhamos uma pequena comissão – você não paga nada mais por isso e ainda ajuda nosso blog a se manter sempre atualizado e com novidades.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 pensamentos em “Roteiro de Viagem Montenegro: O que ver e fazer em Kotor, Perast, Budva e Sveti Stefan